Yamaha XJ6 N

Yamaha XJ6 N
Recomendação:
Satisfação Geral:
Dirigibilidade:
Visual:
Consumo:
Conforto:
Custo X Benefício:
Performance:
Leia as Avaliações Deixe sua Avaliações
Sobre a Yamaha XJ6 N

A Yamaha XJ6 foi uma motocicleta naked de quatro cilindros, porta de entrada no mundo das 600 cc no universo da marca. Lançada em 2009, foi um dos modelos mais emblemáticos de sua época e disputava mercado com a famosa Honda CB 600F Hornet, numa briga que move com muitos fãs até hoje.

 

Yamaha XJ6, ficha técnica, consumo, fotos

Em 2009 chegou ao mercado nacional a Yamaha XJ6. A moto tinha como base a interessante Yamaha FZ6, mas com conjunto “amansado”. Assim, rendia ‘apenas’ 77,5 cv de potência máxima a 10.000 rpm. O modelo naked também entregava torque máximo de 6,1 kgf.m aos 8.000 rpm. Em resumo, a XJ6 oferece um comportamento mais calmo e econômico, mas com um som delicioso.

A ciclística do modelo também tinha suas características próprias. A XJ6 tinha na dianteira roda de aro 17 vestindo pneu 120/70 ZR e na traseira a roda também de 17 polegadas tinha pneu de 160/60-ZR. No restante, a Yamaha XJ 6 oferecia um visual esportivo e encorpado.

O tanque era volumoso, largo e com capacidade para 17,3 litros. O farol tinha formato de diamante e o guidão de tipo tubular chegava cromado. Um design que agradou muitos e inspirou outros modelos da marca, como a primeira reestilização da Fazer 250.

 

Consumo da moto XJ 6

Além disso, a moto naked fazia médias de consumo em torno de 18 km por litro na cidade e 22 km/l na estrada. Em 2013, a Yamaha XJ6 recebeu novidades, mecânicas e visuais. A moto ganhou aletas laterais maiores, piscas de cor transparente, duas alças de liga leve para o garupa e o painel display digital em LED. O motor recebeu cabeçote retrabalhado, virabrequim reforçado e dutos de admissão modificados. Assim o propulsor operava de forma mais mansa e teve reduzido os seus níveis de emissões. Era também a sua última atualização.

 

Quem substituiu a Yamaha XJ6

No lugar da moto de quatro cilindros, a marca investiu em modelos mais confortáveis, econômicos e previsíveis. A Yamaha trocou a XJ 6 pela MT 07, com seu motor de dois cilindros em linha. A novidade pode ter desagradado alguns, mas os números de vendas mostraram que os japoneses acertaram na estratégia.

No período em que XJ e MT estavam juntas nas lojas, a novidade MT atropelou a velha XJ6. Em 2017, a MT vendeu quase o dobro da naked quatro cilindros: 1.406 registros ante 868. Em 2018, outra lavada acima dos 50% de diferença: 1.507 emplacamentos contra ‘apenas’ 1.064. Em 2019, a Yamaha retirou a XJ6 das lojas.

 

Mercado e preço da XJ6

Se a Yamaha XJ6 tinha configuração mais tímida que a rival Honda Hornet, também era consideravelmente mais barata. Voltando no tempo, em 2010, o modelo da Honda com ABS custava cerca de R$ 8 mil a mais que a rival. Ou seja, quase 16 salários mínimos (na época, R$ 510) de diferença.

Com isso, na hora de fechar negócio na concessionária a Hornet partia dos R$ 36.000, enquanto a XJ6 surgia mais convidativa, por ‘apenas’ R$ 28.300. Hoje, ambas as motos seguem “quentes” no mercado de usadas, com o modelo da Yamaha se mantendo mais acessível.

Vídeo da Yamaha XJ6 N

Ficha Técnica

Cilindrada: 600
Tipo de Motor: 4 tempos
Arrefecimento: Líquido
Combustível: Gasolina
Potência Máxima: 77,5cv a 10.000 rpm
Torque Máximo: 6,08 Kgf.m a 8.500 rpm
Transmissão: 6 velocidades
Injeção: Eletrônica
Suspensão dianteira: Garfo telescópico / 130 mm
Partida: Elétrica
Chassi: Tubular em aço – tipo “Diamond”
Suspensão traseira: Braço oscilante – monocross / 42 mm
Peso (seco): 205
Peso em movimento: 210 (MVOM)
Comprimento: 2120
Largura: 770
Altura: 1085
Altura do Banco: 785
Distância entre Eixos: 1440
Pneu Dianteiro: 120/70 – ZR17 M/C 58W
Pneu Traseiro: 160/60 – ZR17M/C 69W
Capacidade do tanque: 17
Balança: Convencional

Outras Versões

XJ6 N 600:   2018 / 2016 / 2015 / 2014 / 2013 / 2012 / 2011 / 2010
XJ6 N 600 (ABS):   2019 / 2018 / 2017 / 2016 / 2015 / 2014
XJ6 N ABS:   2019 / 2018 / 2017 / 2015
XJ6 N SP:   2017 / 2015 / 2014 / 2013
XJ6 N SP (ABS):   2015 / 2014
mais opções

Todas as Avaliações da Yamaha XJ6 N

Recomendo
Classificação
Comentários:
Muita gente Reclama aqui que falta proteção aerodinâmica, cara, é uma Street NAKED! Quer proteção aerodinâmica compre uma XJ6F e não Reclame!
Prós:
* Visual, Linda Demais.
* Painel de Instrumentos de Fácil Leitura.
*conforto.
*Distância Entre-Eixos.
*Distribuição de Peso e Centro de Gravidade.
*Posição de Pilotagem.
*Ângulo de esterço do Guidão.
*Agilidade, e bom torque em Baixas rotações.
*Preço, não é tão cara e faz frente bonito em relação a concorrência.
Contras:
*Peso, somente para manobrar a moto desligada. Chato, mas Normal para uma moto desse porte.
*Tanque Pequeno, entorno de 17 Litros, dificulta para viagens um pouco mais longas.
*A Limitação do Motor, Um Crime que a Yamaha cometeu limitando tanto um motor tão Potente, mas mesmo assim o desempenho é excelente.
*Falta de Apoio para o Garupa, O que foi resolvido no modelo 2014.
*Preço das peças de reposição Originais, a Yamaha é bisonha até no preço das peças de motos de baixa cc, as peças da fazer tem um preço parecido com as da Xj.
*Consumo, que não é nada mal, mas quem quiser desfrutar a Essência da sinfonia do Motor tetra, dando um gás as mais na motoca também usando um escapamento esportivo e remapeando a mesma, vai sentir uma certa diferença com relação ao consumo.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Dei umas voltas
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
0
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 04/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
19 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
A xj6-f (como foi a que eu testei), se mostrou uma moto muito fácil de ser pilotada, e com potencia no ponto certo para quem quer sair de uma 250, como a fazer no meu caso.
A moto arranca muito forte e linearmente, o que não a torna tão perigosa quanto a dosagem no acelerador, pode enrolar o cabo, sentir o coice, mas sem muito perigo, como levantar a frente ou perder o controle do guidon.
Se mostra muito confortável, principalmente na maciez da suspensão.
Prós:
Economia em relação as concorrentes, tanto em valor de adquirição e custos para mantê-la.
Revisões não tanto frequentes.
Torque em baixas e médias rotações.
Maciez da suspensão.
Conforto.
Aerodinâmica (no caso da xj6-f)
Facilidade em pilotar.

Contras:
Velocidade final.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Dei umas voltas
Terreno Testado:
Urbano
Quilometragem:
0
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 22/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
10 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
Desempenho, simplicidade., fácil de pilotar.
Contras:
Painel simples, falta entre as outras coisas marcador de marchas.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
3500
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 13/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
28 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
Torque em todas as marchas inclusive em baixa rotação, fácil manejo, moto simples, manutenção simples, freios ABS muito bons. Fácil ultrapassagem na estrada.
Contras:
Consumo além do esperado, falta marcador de machas no painel, pouco conforto para o carona.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
2550
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 08/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
15 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Trabalho em outra cidade, viajo com ela e acho muito confortável e com ótima estabilidade, ando uma hora pra ir e outra pra voltar, a comparado as outras motos que tive, esta não cansa nada, nem dores nas costas sinto. gosto muito desta minha moto, pra trocar só se for por outra.
Prós:
Muito facil de pilotar, consumo muito bom pra categoria, muito confortável.
Contras:
falta de pinos de fixação de elástico pra bagagem, poucos acessórios no mercado
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
12600
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 20/02/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
18 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
A dirigibilidade e econômia da moto são espetaculares o torque em baixa e as retomadas de velocidade são espetaculares para seus 77,5 CV.
Contras:
Preço das peças de reposição.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
9000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
Recomendo
Classificação
Comentários:
Estou surpreendido pois é uma moto boa, sempre tive moto trail, e iria comprar uma xt660, mas na hora da compra decidi mudar meu estilo, pois já tinha feito uma pesquisa anterior com amigos que andam a bastante tempo com motos 4cilidros e a xj6 foi bem recomendada por eles e pesquisei na net em blogs, só falam coisas boas da moto então decidi apostar e estou satisfeito. recomendo .. fiz um passeio recente para IGUAPE-SP.(festa do padroeiro da cidade).
Prós:
comprei neste mês uma OKM e estou muito satisfeito não encontrei defeito só elogios pois nunca tinha andado em uma antes de comprar só andei em hornet, bandit 650, 1250. moto bem agil no transito econômica. e passa dos 180 km facil recomendo..
Contras:
N/D
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Dei umas voltas
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Pista
Quilometragem:
0
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
Recomendo
Classificação
Prós:
Agilidade, economia, conforto, Dirigibilidade
Contras:
falta um local para fixar mochila de acento e outros tipo de bagagens e um para-barro no pneu traseiro.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
3000
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
Recomendo
Classificação
Comentários:
acho que a moto poderia ter uns cavalos a mais pra poder entrar na briga com a hornet! matendo ai pelo menos igual a fz., e um comentario que muita gente deve fazer é: porque não tem abs? mal de yamanha tbm.
Prós:
moto muito boa, fácil de pilotar, confortável, bom consumo na estrada e na cidade, visual que chama a atenção por onde passa.
Contras:
passagem pra segunda macha muito ruim ( acho que de todas yamaha). falta um indicador de marcha no painel.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
5000
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
Recomendo
Classificação
Comentários:
Não tenho reclamações a respeito da moto, ótimo custo benefício, sem manutenção praticamente, apenas óleo e filtro e as revisões é claro.
As revisões acredito estarem dentro do preço para uma moto de média cilindrada, todas feitas na autorizada.
Agora com 12000km vou trocar pastilha de freio traseira, pneu dianteiro acho que rodas mais uns 2 ou 3 meses, o pneu traseiro está de meia vida pra menos.
Tive outras motos como titan 125, CBR 450, Falcon 400, Tornado 250, Drag Star 650, e agora a XJ6N, e posso dizer que dentre as que citei esta é a melhor, até agora claro.
Prós:
Consumo, visual, conforto, preço.
Contras:
A roda traseira poderia ser própria para medida 180 de pneus e não como é 160, apesar de se permitir colocar um pneu 180. Apenas pela estética.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Utilitário (Trabalho)
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
12000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
mais opções

Outras motos Yamaha à venda

De R$ 34.500,00 a R$ 34.500,00 entre 6 ofertas
Yamaha XJ6 N
R$ 34.500,00
Yamaha XJ6 N
Yamaha XJ6 N
R$ 46.000,00
Yamaha XJ6 N
Yamaha XJ6 N
R$ 50.990,00
Yamaha XJ6 N
Yamaha XJ6 N
R$ 40.800,00
Yamaha XJ6 N
Yamaha XJ6 N
R$ 31.920,00
Yamaha XJ6 N

Guias de motos Yamaha

foto moto yamaha/drag-star-650 Yamaha Drag Star 650
Yamaha Drag Star 650
foto moto yamaha/xj6-n Yamaha XJ6 N
Yamaha XJ6 N
foto moto yamaha/xtz-125x Yamaha XTZ 125X
Yamaha XTZ 125X
foto moto yamaha/neo-125 Yamaha Neo 125
Yamaha Neo 125
foto moto yamaha/ybr-125-factor Yamaha YBR 125 Factor
Yamaha YBR 125 Factor

Notícias sobre motos da Yamaha

capa noticia Yamaha R 1: porque ícone da Yamaha deve sair de linha
Yamaha R 1: porque ícone da Yamaha deve sair de linha
Yamaha R 1: porque ícone da Yamaha deve sair de linha
capa noticia Exclusivo: apenas um país tem esta icônica moto Yamaha à venda
Exclusivo: apenas um país tem esta icônica moto Yamaha à venda
Exclusivo: apenas um país tem esta icônica moto Yamaha à venda
capa noticia Após Honda e Yamaha, outra marca lança 'aventureira incomum'
Após Honda e Yamaha, outra marca lança 'aventureira incomum'
Após Honda e Yamaha, outra marca lança 'aventureira incomum'
capa noticia Motos elétricas: Yamaha injetou R$ 100 MI em 'marca parceira'
Motos elétricas: Yamaha injetou R$ 100 MI em 'marca parceira'
Motos elétricas: Yamaha injetou R$ 100 MI em 'marca parceira'