Yamaha XTZ 125X

Yamaha XTZ 125X
Recomendação:
Satisfação Geral:
Dirigibilidade:
Visual:
Consumo:
Conforto:
Custo X Benefício:
Performance:
Leia as Avaliações Deixe sua Avaliações
Sobre a Yamaha XTZ 125X
A XTZ 125 X é construída sobre a trail XTZ 125, mas traz como diferenciais as rodas de aro 17 polegadas e pneus de perfil esportivo, principal característica do conceito motard. Assim como nas supermotards de maior cilindrada, a XTZ 125 X chama atenção pela capacidade de fazer curvas e mudanças rápidas de direção. Mesmo em comparação a uma motocicleta street, a X leva algumas vantagens como: maior altura em relação ao solo.

Ficha Técnica

Cilindrada: 125
Tipo de Motor: 4 tempos
Arrefecimento: Ar
Combustível: Gasolina
Potência Máxima: 10 cv a 7.500 rpm
Torque Máximo: 1,0 kgf.m a 6.000 rpm
Transmissão: 5 marchas
Injeção: Carburada
Suspensão dianteira: Garfo telescópico, mola e óleo / 180 mm
Partida: Elétrica
Chassi: Aço
Suspensão traseira: Braço oscilante, único amortecedor com mola a óleo e gás, Active Monocross / 180 mm
Peso (seco): 105
Comprimento: 2050
Largura: 510
Altura: 1100
Altura do Banco: 815
Distância entre Eixos: 1345
Pneu Dianteiro: 100/80 - 17 MC 52P
Pneu Traseiro: 110/80 - 17 MC 57P
Capacidade do tanque: 11
Balança: Convencional

Outras Versões

XTZ 125X E:   2015 / 2014 / 2013 / 2012 / 2011 / 2010 / 2009 / 2008 / 2007
XTZ 125X K:   2013 / 2012 / 2011 / 2010 / 2009 / 2008 / 2007
mais opções

Todas as Avaliações da Yamaha XTZ 125X

Recomendo
Classificação
Comentários:
Pra quem só quer ir daqui até ali, ela é ótima. Eu particularmente uso ela pra tudo, e descobri rapido as suas limitações, escolhi ela por questão de segurança.
Quem puder pegar uma moto maior eu recomendo, mas pra quem não pode, sem problemas... Ela faz tudo que uma moto maior faz, só que "naquelas".
Prós:
Muito facil de guiar, consumo exelente, pega facil tanto no calor quanto no frio, freia bem para a categoria, velocimetro é bem preciso, faz curva melhor do que uma tornado e uma falcon que eu ja tive.

Já teve dias em que rodei mais de 350km no dia e ela nunca reclamou, nem mostra sinal de que vai reclamar.

Inclusive fiz algumas (até o momento 4) trilhas leves e médias (sem nenhuma alteração da versão X)
Não posso dizer que a moto é boa na terra, mas sabendo tocar ela vai... Com algumas dificuldades a mais apenas.

Até hoje não queimou se quer 01 lâmpada
Contras:
Motor fraco comparado com as outras 125cc do mercado, o pior cambio que ja usei na vida, o kit plastico risca e desbota não importa o quanto vc cuide, a roda traseira sai facil do chão ao passar por irregularidades no asfalto, o banco da moto é mais fino do que a minha perna (não sou "gordo").

Sei que se eu quiser vender ela terei de abaixar o preço. Meu colega que também tem uma XTZ 125 (só que trail) diz as mesmas coisas do que eu disse acima, exceto o carburador dele que estava com um vazamento, o carburador novo custava algo próximo a R$900,00
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
26000
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 14/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
841 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Custo benefício acima da média por ser uma moto confiável e econômica, mas nem pense em pegar estrada , uma CG ML com garupa é capaz de ultrapassá-lo e o que mais peca ... conforto. Abraços
Prós:
Dirigibilidade incrível ,Visual satisfatório,consumo bom 33 km (maximo) com 110kg em cima e mecânica super confiável.
Contras:
Conforto horroroso por causa do banco estreito e duro , preço de algumas peças muito alto isso quando tem a pronta entrega (jogo de embreagem com campana e tudo o mais,"sensor" mecânico do velocímetro , tanque de combustível),na prática velocidade e torque inferiores aos concorrentes.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
20000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Alto
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 22/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
3 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
O que deixou a desejar foi o atendimento da concessionária Yamaha de Caxias do Sul. Pós venda péssimo.
Prós:
Com os pneus para asfalto a moto é muito boa nas curvas em asfalto, eu realmente sentia confiança para dirigir ela no seco.
Muito ágil em qualquer situação.
Contras:
Ela tinha um problema no câmbio, que as vezes não engatava a próxima marcha e também dificuldade de colocar no neutro.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
20000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 22/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
2 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Excelente custo beneficio, ainda mais para quem gosta de motos no estilo off-road. Sem contar que é bem menos visada pelos ladrões que suas concorrentes.
Prós:
Eu tive uma XTZ125 K 2006 por 4 anos, eu vendi ela com 64 Mil KM rodados, nunca me deixou na mão. Sempre fiz todas as revisões em concessionaria, e o único problema que tive foi com a batéria. Viajei muito com ela, eu e minha esposa fomos para o sul de minas por diversas vezes e a moto nunca deu problema. Uma excelente moto.
Contras:
Falta um pouco de potencia em subidas, ainda mais quando se está com guarupa, o banco poderia ser um pouco mais macio.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
64000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 22/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
2 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
Economia, não só de combustível mas no valor de peças de desgaste como pastilhas de freio, e outras de motor, que nunca precisei trocar mas pesquisei o valor antes de comprar a moto.
A moto parece uma bicicleta, e isso não é ruim, facilita muito a pilotagem devido ao baixo peso e facilidade de mudar a direção.
Contras:
banco fino, mais de 40 minutos sentado começa a incomodar.
freio traseiro trava com muita facilidade, provavelmente porque a traseira da moto é muito leve.
Problema do vazamento de combustível no suspiro do carburador que acontece nas 2010 pra frente, pra resolver tem de comprar agulha e sede da boia novas, na internet, marca trilha ou a agulha e sede da suzuki yes 2011 pra frente(mesmo carburador). A yamaha não vende a sede e a orientação dos mecânicos é a troca por um carburador novo, no valor de R$1000,00, parece piada. Vou comprar a agulha e sede da Yes e trocar na próxima semana e ver se resolve. É um problema que incomoda bastante, todo lugar que estaciona a moto vaza um pouco, a minha garagem manchou o chão todo por causa disso.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
8016
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 14/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
43 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Excelente moto com algumas ressalvas. Trata-se de um modelo específico para cidade. Até os 90 km/h desenvolve bem, depois disso é sofrível. Máx de 110 Km/h (sem garupa), mas comprei sabendo e pra rodar 95% na cidade. Se você tem intenção de apenas uso urbano, pode comprar sem medo. Comprei uma usada com 2.600 km (hoje com 9.200), até agora não apresentou nenhum problema. Revisões e peças compatíveis para uma 125cc. Tem um visual descolado e já fui abordado algumas vezes por despertar curiosidade. No início achei o banco um pouco duro, mas me acostumei após pouco tempo de uso. Antes dessa moto, tive 3 street (CG 125, Strada 200 e factor 125) e o grande diferencial foi a facilidade para mudar de direção em curto espaço e baixa velocidade, é algo fantástico!!! Tem um torque pra saídas muito bom. Em se tratando de ser uma yamaha, senti evolução saindo da honda, desde quando tive uma factor (rodei 11.000 km com esta, sem problemas). O atendimento na cc da minha cidade (Vitória/ES) é muito bom. Por duas vezes andei na BR, subindo a serra, cerca de 100 km, do tipo, devagar e sempre, mas não recomendo pra esse fim. Recentemente (com 8.800km) troquei o pneu traseiro (cerca de R$280,00 - Pirelli). Vou aferir se de fato dura isso mesmo ou mais, pois comprei a moto usada e não sei como o proprietário anterior a utilizava. Não troquei nada mais além de óleo, filtro e o pneu até agora.
Prós:
- Muda muito facilmente de direção por ser muito leve;
- Excelente para corredores (muito fina);
- Consumo: 35 à 40 dependendo da tocada;
- Manutenção barata e fácil;
- Nem muito alta nem tão baixa (tenho 1,77);
- Freio à disco na dianteira;
- Partida elétrica.
Contras:
- Específica para cidade;
- Com gaurpa sente muito (fraca);
- Carburada;
- Não possui marcador de combustível;
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem:
9200
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 06/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
49 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Uma boa moto pra inciar,me arrependo um pouco pelo preço que paguei na yamaha zero km.Poderia ter gastado menos e ter praticamente a mesma coisa por outra moto 125cc carburada.Ela é otima no dia dia o banco deixa a deseja(na estrada tem que parar de uma em uma hora pra alongar).Eu tenho 1,73cm e fico bem nela,acredito que a altura minima seja na casa dos 1,65cm.
Prós:
Bom porte,pelos graficos na moto,consumo na casa dos 30 a 35 km/l andando normal.Tem otima estabilidade,faz curvas que nem motos esportivas.Bom torque.
Contras:
Bancos sao duros,a ausência do medidor de combustivel ou pelo menos uma luz indicadora de que esta acabando,o banco faz com que o carona deslize pras suas costas e painel muito pobre.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Utilitário (Trabalho)
Terreno Testado:
Estrada
Quilometragem:
2000
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 03/05/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
15 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Ótima moto. Foi a minha primeira moto e vendi apenas para subir de categoria, indo agora para as 250cc. Andei com a mesma por 2 anos e 8 meses e quando vendi, estava com 16mil kms e o único problema que tive foi com a bateria, que veio de fábrica, era a amperagem menor do que a especificada no manual. Após solucionado o problema, só me preocupei com as revisões periódicas e troca de óleo. As médias de consumo sempre foram de 38km/Lts à 35km/Lts, sempre com gasolina aditivada. Nesse período que estive com a Xtz 125XE, muitas pessoas perguntavam se era importada, de competição entre outras curiosidades, pelo fato de ser motard e por uma mulher pilotá-la. Sempre chamava atenção por onde passava. Muito fácil de dirigir e os pneus streets sempre deram muita confiabilidade ao realizar curvas, tanto na cidade, rodovias ou ate mesmo na terra. Acredito que o único contra é o fato da concessionária ter uma alta rotatividade de funcionários, o que comprometia a qualidade do serviço. Raramente, precisei de peças que não fossem as da revisão, mas caso necessitasse, encontraria tanto na concessionária, quanto em motopeças pela cidade. No mais, uma excelente moto que gostaria de ter mantido comigo, caso as condições financeiras permitissem. Não me arrependi em nenhum momento ter realizado a compra da mesma e sempre a indico para quem deseja comprar moto para uso misto.
Prós:
Excelente nível de consumo, ótima dirigibilidade, ótima posição de pilotagem, confortável, além de ser uma moto leve e incomparavelmente, a mais bonita das 125cc - 150cc. Custo de manutenção quase inexistente. Em 2 anos e 8 meses, troquei o pneu traseiro apenas porque furou e fiz troca de óleo a cada 2 mil kms. Design muito bonito e atual.
Contras:
Atendimento da concessionária e pouca força do motor em subidas leves ao andar com garupa. Certo, é uma 125cc, mas mesmo assim, em relação as rivais, ela sofria um pouco. Nada que prejudique a moto, são só minhas impressões.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
16000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
Recomendo
Classificação
Prós:
Excelente solução para as grandes cidades brasileiras, a motard é a moto, suspensão de trail e pneus de street. Excelente consumo, peças baratas, mas praticamente não quebra.
Contras:
Com a relação de trail acaba ficando um pouco limitada. Poderia ser 150 cc, utilizo no dia a dia e pego serra todos os dias, na subida é um pouco sofrido, mas na descida sai de baixo, faz curva igual a Sport e Street.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano
Quilometragem:
8000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 22/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
1 pessoa gostou
Recomendo
Classificação
Comentários:
Foi minha primeira moto, não tenho do que reclamar. Pesquisei muito antes de comprar e se pudesse voltar no tempo, faria tudo de novo!
Desistam dessa onda de Bros, a moto é um cavalo manco.
Prós:
Economia fantástica!! Faço cerca de 45KM/L e só uso gasolina Aditivada ou Podium
Desempenho melhor que muita 125/150 por aí
Torque superior comparado à cilindrada
MANUTENÇÃO é mínima! Mínima mesmo!! Só óleo, graxa e pista!!
Suspensões bem ajustadas e ótimas pra buraqueira do asfalto
Final 90~100Km/h...Quem quiser mais que isso de uma 125 é retardado, a proposta da moto é urbana com um toque de esportividade e versatilidade de terreno.
MUUUUUITO leve, pra que tá iniciando é a melhor escolha!
Motor valente! Pode levar ao limite que aguenta ainda mais!
Contras:
Carburada - não é bem um contra, mas uma convenção...Manutençao de carburador é barata, em compensação desempenho de injeção é superior.
Banco MUITO estreito...chega a doer se ficar mais de 20 minutos sentado.
Farol ilumina pouco pra uma rodovia, no caso da cidade poderia ser melhor também
Piscas traseiros não são flexiveis( do contrário do dianteiro), podem quebrar com facilidade...como aconteceu comigo
Poderia vir um marcador de combustivel e conta-giros
Alça para garupa é muito feia e mal dimensionada.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
6200
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 14/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
12 pessoas gostaram
mais opções

Guias de motos Yamaha

foto moto yamaha/xt-660-r Yamaha XT 660 R
Yamaha XT 660 R
foto moto yamaha/tt-r-125 Yamaha TT-R 125
Yamaha TT-R 125
foto moto yamaha/rdz-125 Yamaha RDZ 125
Yamaha RDZ 125
foto moto yamaha/fjr-1300 Yamaha FJR 1300
Yamaha FJR 1300
foto moto yamaha/xmax Yamaha XMax
Yamaha XMax

Notícias sobre motos da Yamaha

capa noticia Honda, Bajaj ou Yamaha? Veja moto mais vendida na Colômbia
Honda, Bajaj ou Yamaha? Veja moto mais vendida na Colômbia
Honda, Bajaj ou Yamaha? Veja moto mais vendida na Colômbia
capa noticia Humilhou? Honda Tornado 250 vendeu 10x mais que Yamaha
Humilhou? Honda Tornado 250 vendeu 10x mais que Yamaha
Humilhou? Honda Tornado 250 vendeu 10x mais que Yamaha
capa noticia Yamaha renova Tracer 900 para 2025, mas não como gostaríamos
Yamaha renova Tracer 900 para 2025, mas não como gostaríamos
Yamaha renova Tracer 900 para 2025, mas não como gostaríamos
capa noticia Yamaha já fez carro com motor de R1, mas nunca colocou à venda
Yamaha já fez carro com motor de R1, mas nunca colocou à venda
Yamaha já fez carro com motor de R1, mas nunca colocou à venda