Publicidade

A BMW M 1000 RR venceu todas as provas na categoria principal da Ilha de Man 2024! Veja como foi o desempenho esmagador da marca e suas equipes na corrida mais perigosa do mundo. Aliás, mais que vitórias, foram dobradinhas.

BMW vence corrida mais perigosa do mundo

Os pilotos da BMW M 1000 RR dominaram as provas para motos de 1000 cilindradas. O feito aconteceu no mais recente “TT” Troféu Turístico da Ilha de Man. Em resumo, os pilotos da marca comemoraram um resultado triplo de 1º e 2º lugar.

Ou seja, nas três corridas de 1000 cc realizadas, houve três vitórias e três segundos lugares para a BMW modelo M 1000 RR. Entretanto, o destaque foi também o piloto britânico Davey Todd, que primeiro venceu a corrida Superstock e depois conquistou a vitória no prestigiado Senior TT.

Davey Todd

Davey Todd foi o grande vencedor da corrida mais perigosa do mundo

Publicidade

Além de Todd, outro britânico, Peter Hickman, saiu vitorioso na corrida de Superbike. Além disso, junto destes dois o australiano Josh Brookes também ajudou a conquistar os segundos lugares do pódio.

Com o resultado, os pilotos da BMW gravaram mais um capítulo na história de sucesso da marca alemã na Ilha de Man. Em suma, um legado que começou há exatos 85 anos, com a primeira vitória de Georg Meier.

TT da Ilha de Man

Com mais de 260 acidentes fatais no currículo, o TT da Ilha de Man é considerada a prova mais perigosa do mundo

Veja também:

Publicidade

Motos BMW na Ilha de Man

Desde 2014, os pilotos de corridas de estrada da BMW têm tido sucesso na Ilha de Man com a BMW S 1000 RR e a BMW M 1000 RR. A mais recente S 1000 começou a ser produzida no Brasil ainda no ano passado, na fábrica da marca em Manaus.

M 1000 RR

Não disponível no Brasil, M 1000 RR é uma máquina de corrida com a base da S 1000 RR

Trata-se de uma motocicleta com equipada com o motor de quatro cilindros, com 210 cavalos de potência a 13.750 rpm e 11.3 kgf.m de torque máximo a 11.000 rpm – com transmissão de 6 velocidades, com Shift Assistant Pro, para mudanças sem acionamento da embreagem.

Já a M 1000 RR é basicamente uma S 1000 RR apimentada. Uma moto que entrega 212 cv e torque de 11,5 kgf.m, suficiente para acelerar até os 306 km/h. Por fim, pacote Motorsport da moto ainda conta com chassi de fibra de carbono, reduzindo o peso para apenas 192 kg, 5 kg mais leve que a S 1000 RR.

Publicidade

Fernando Santos
Jornalista amante do mundo da moto, vivendo destinos e sons. Ávido por novidades e crescido com o cheiro de motor dois tempos. [email protected]