brasileiro-de-enduro-fim-campos-do-jordao-e4-230-fernando-juruna-2

Brasileiro de Enduro FIM viaja para Campos do Jordão (SP)

Equipes e pilotos já estão prontos para a terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM. A prova acontece no próximo final de semana, dias 25 e 26, em Campos do Jordão (SP), distante 180 quilômetros da capital paulista. O município volta a receber a competição após 19 anos e aproveitará parte da pista Sobre as Nuvens, palco do Campeonato Mundial de Motocross de 1987, 1989 e 1991.

Francês Romain Dumontier lidera na Enduro GP após vencer a segunda etapa, no Rio Grande do Sul. Brasileiro de Enduro FIM acontece em Campos do Jordão (SP) neste final de semana - Foto: Rogério Leite / Mundo Press

Francês Romain Dumontier lidera na Enduro GP após vencer a segunda etapa, no Rio Grande do Sul. Brasileiro de Enduro FIM acontece em Campos do Jordão (SP) neste final de semana – Foto: Rogério Leite / Mundo Press

*LEIA, TAMBÉM*
– Yamaha vence no Brasileiro de Enduro com piloto francês
– Júlio Ferreira vence na abertura do Brasileiro de Enduro FIM

O percurso terá 45 quilômetros ao todo, no qual os pilotos completarão três voltas por dia de prova. A cidade está localizada no maciço da Serra da Mantiqueira e, portanto, o trajeto foi montado em uma das mais elevadas cadeias de montanhas do Brasil, podendo atingir mais de 2000 metros acima do nível do mar. O cenário, claro, aponta para o frio. Competidores e público podem encarar temperaturas de apenas cinco graus no final de semana.

Serão três especiais: o Enduro Teste Honda (de 3 km, com um single track dentro da mata e um percurso de cross country), o Enduro Teste Yamaha (de 4,2 km, que inclui trilhas estreitas em terreno irregular, liso e com valetas, estradas abandonadas e muitas opções de trajeto) e o Cross Teste Husqvarna (com 2,5 km, cujo percurso inclui a pista “Sobre as Nuvens” com adequações nos obstáculos e trilha em trecho de velocross). A concentração do evento ocorre no estacionamento do Estádio Municipal Benedito Vaz Dias, ao lado do Centro de Eventos. A entrada do público é gratuita.

Equipes irão encarar um percurso de 45 quilômetros, com três especiais. Trajeto aproveita a pista Sobre as Nuvens, que já recebeu o Mundial de Motocross em três ocasiões - Foto: Dines Zamai / Mundo Press

Equipes irão encarar um percurso de 45 quilômetros, com três especiais. Trajeto aproveita a pista Sobre as Nuvens, que já recebeu o Mundial de Motocross em três ocasiões – Foto: Dines Zamai / Mundo Press

Brasileiro de Enduro FIM – 3ª etapa

Júlio Ferreira é o atual líder da categoria E1, após conquistar bons resultados em Itapema (SC) e Nova Bréscia (RS), palcos das duas primeiras etapas do nacional. Rômulo Bottrel é o segundo colocado e Loandro Anton, o terceiro. Na Enduro GP, que reúne os pilotos mais rápidos do campeonato, a liderança é do francês Romain Dumontier, seguido por Gabriel Soares e Gustavo Pellin. Bruno Crivilin, atual campeão nas duas classes, também está confirmado para as disputas.

Programação
24/5 (Sexta-feira)
Das 18h às 21h – Secretaria de Prova no Restaurante Villa Montese
18h30 – Briefing

25/5 (Sábado)
Das 7h às 9h55 – Secretaria de prova, vistorias técnicas e administrativas, condução das motocicletas ao Parque Fechado
10h – Largada dos dois primeiros pilotos
16h – Chegada dos primeiros pilotos / Pré-Finish
20h – Divulgação dos resultados oficiais do dia no Restaurante Villa Montese

26/5 (Domingo)
8h30 – Briefing da Prova “Enduro para Todos”
9h – Largada dos dois primeiros pilotos
15h – Chegada dos primeiros pilotos
16h – Horário máximo para chegada dos pilotos
17h – Divulgação dos resultados oficiais no Paddock

Classificação após duas provas

Categoria Enduro GP
1 – Romain Dumontier – 87 pontos
2 – Gabriel Soares – 82 pontos
3 – Gustavo Pellin – 81 pontos

Categoria E1
1 – Júlio Ferreira – 87 pontos
2 – Rômulo Bottrel – 83 pontos
3 – Loandro Anton – 81 pontos

Categoria E2
1 – Romain Dumontier – 97 pontos
2 – Gabriel Soares – 91 pontos
3 – Diego Colett – 80 pontos

Categoria E3
1 – Gustavo Pellin – 100 pontos
2 – Crispy Arriegada – 82 pontos
3 – Nicolas Rodriguez – 80 pontos

Categoria EJ
1 – Patrik Capila – 97 pontos
2 – Washington Murillo – 84 pontos
3 – Augusto Benvenutti – 74 pontos

Categoria E4 Pró
1 – Anderson da Luz – 47 pontos
2 – Judi Brescansin – 47 pontos
3 – Vitor Borges – 40 pontos

Categoria E35
1 – Nielsen Bueno – 100 pontos
2 – Anderson Vieira – 80 pontos
3 – André Urso – 74 pontos

Categoria E40
1 – José Mário da Fonseca – 97 pontos
2 – Cassiano Tebaldi – 82 pontos
3 – Adriano de Ávila – 70 pontos

Categoria E45
1 – Frederico Garcia – 88 pontos
2 – Maurício Fernandes – 86 pontos
3 – Fábio Bizarria – 81 pontos

Categoria E50
1 – Daniel dos Reis – 77 pontos
2 – Washington da Silva – 70 pontos
3 – Marcos Benvenutti – 67 pontos

Categoria E4 230
1 – Fernando Pereira – 97 pontos
2 – Flávio Volpi – 89 pontos
3 – Agenor Varela – 42 pontos

Categoria EA
1 – Juliano Wilgen – 97 pontos
2 – Felipe Schwantz – 82 pontos
3 – Diego Schneider – 40 pontos

EFeminina
1 – Bárbara Neves – 50 pontos
2 – Tainá Aguiar – 42 pontos
3 – Beatriz Miozzo – 22 pontos

Categoria Youth
1 – Leonardo Kauffmann – 50 pontos
2 – Vinicius Aguilar – 42 pontos
3 – Bruno Massa – 37 pontos

Juvenil
1 – Frederico Rangel
2 – Bruno Tennut
3 – Danilo Sfalsim

Cadete
1 – Miguel Margon
2 – Estevão Rangel
3 – Fernando Almeida

Infantil
1 – Theo Cravo
2 – Pedro Henrique
3 – Arthur

separador_enduro



Guilherme Augusto

@obomguiaugusto >> Amante de motos em todas suas formas e sons (se for de 2T, melhor). Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever