Notícias e Conteúdo
Guia de Motos

Dafra ZIG 50: review no Guia de Motos [vídeo]

14/07/2020 - por

Fazendo jus ao nome, o Guia de Motos é um espaço onde você encontra diversas informações sobre modelos que estão (ou já estiveram) à venda no Brasil. Assim, há dados, fotos, ficha técnica, notícias linkadas e avaliações de usuários, destacando os prós e contras da moto em questão. Dessa forma, hoje o assunto é a Dafra Zig 50.

Dafra Zig 50 no Guia de Motos

Publicidade

À venda de 2012 a 2017, a Zig 50 era uma variação da Zig 100, modelo criado com a missão de representar a marca no nicho das CUB – historicamente dominado pela Honda Biz. Assim, na prática o objetivo da Dafra era aproveitar a brecha na legislação dos ciclomotores, oferecendo uma ‘cinquentinha’ baseada em um modelo que já estava em sua linha de produção. Deu certo.

A Zig 50 é uma moto para quem quer (muita) economia e precisa de agilidade

Publicidade

Desse modo, o sucesso do modelo (e do segmento) se traduz em números. De 2012 a 2016, um total de 49.866 unidades foram montadas pela marca.

O fim das cinquentinhas

Bom, da tal brecha todos lembramos bem. Até 2015, os ciclomotores (veículos de até 50 cc e que não excedessem 50 km/h) não tinham uma legislação específica, cabendo aos municípios o regramento e fiscalização pela sua circulação. Na prática, isso significa que a grande maioria dos veículos não era emplacado, assim como os condutores não possuíam Carteira Nacional de Habilitação.

Publicidade

Nova legislação extinguiu as cinquentinhas das ruas – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Entretanto, naquele ano o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) obrigou o licenciamento dos ciclomotores pelos Detran estaduais, tal qual acontecia com as motocicletas. A nova regra passou a valer no início do ano seguinte.

Além de necessidade de emplacamento, é preciso ter licença para rodar com cinquentinhas. Assim, estamos falando da Autorização para Conduzir Ciclomotor - Foto: Agência Brasil

Além de necessidade de emplacamento, é preciso ter licença para rodar com cinquentinhas. Assim, estamos falando da Autorização para Conduzir Ciclomotor – Foto: Agência Brasil

Dessa forma, os custos para emplacar as cinquentinhas somado ao investimento para obtenção da CNH A ou ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotor) fez o segmento ser extinto de um ano para outro. Junto deles, as representantes do segmento, entre elas a Zig 50.

Publicidade

Consumo: Zig 50 prometia fazer quase 70 km/litro

Setenta quilômetros por litro. Assim mesmo, escrito por extenso para dar a grandeza que o número merece. Isso porque a promessa da Dafra é que a ZIG 50 rodava até 67 km/litro.

Além da notória economia de combustível, a ‘Zigzinha’ também prometia durabilidade. Afinal, segundo a Dafra, o modelo passou por um extenso período de testes antes de chegar ao mercado. Assim, no lançamento do modelo a empresa afirmou que “o produto foi avaliado em mais de 100 mil quilômetros rodados em diferentes regiões do país a fim de aperfeiçoar o nível de resistência e qualidade nos mais diferentes climas e tipos de terrenos”.

Solução ou problema?

Zig 50 em ação durante seu lançamento, há quase dez anos

Principais características

Para garantir que o ciclomotor não ultrapassasse os 50 km/h, a Zig 50 tinha um limitador no CDI (Ignição por Descarga Capacitiva) – posteriormente muitas vezes adulterado pelos usuários, claro. Assim, o modelo respeitava a velocidade imposta pela legislação independente qual de suas quatro marchas estivesse engatada.

Essa é a irmã maior, Zig 100, que colecionada semelhanças com a caçula. Assim, não é difícil entender porque a Zig 50 se tornou um sucesso que vendeu quase 50 mil unidades
Publicidade

Essa é a irmã maior, Zig 100, que colecionada semelhanças com a caçula. Assim, não é difícil entender porque a Zig 50 se tornou um sucesso que vendeu quase 50 mil unidades

O motor de 49,5 cm³ produzia 3,2 cv de potência e 3,1 kgf.m de torque máximos. Assim, o propulsor tinha a missão de carregar apenas 94 quilos, peso do modelo já considerando tanque cheio e todos os demais fluídos.

A Zig 50 ainda tinha painel com indicador de marcha e nível de combustível, rodas de liga leve e partida elétrica e a pedal. O banco era forrado com material antiderrapante e o ciclomotor contava, também, com gancho porta-sacolas na carenagem central para o transporte de pequenos objetos.

Preço do Zig 50

Publicidade

Segundo a Fipe, o ciclomotor tem preço variando de R$ 2.162 a R$ 3.372. Vale lembrar, claro, que trata-se de um valor médio, que irá variar de acordo com as condições nas quais se encontram a unidade específica do modelo – veja como funciona a Tabela Fipe aqui.

Você tem (ou já rodou com) uma Zig 50? Opine sobre ela no Guia de Motos!

buscar conteúdo

Encontre anúncios, guias, notícias e conteúdos sobre motos.

É expressamente proibida a reprodução de qualquer matéria sem a prévia autorização do Motonline e dos autores (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98).
Proibida a reprodução parcial ou integral mesmo que citada a fonte. Todos os direitos reservados. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
© 1999 a 2015. WEBTRENDS NEGOCIOS DE INTERNET LTDA.