Notícias e Conteúdo
Segurança

Empresa trabalha em cinto de segurança para motos

21/05/2021 - por

Cinto de segurança para motos não é uma ideia exatamente nova, tampouco amplamente bem aceita no segmento. Porém, isso não impede a Italdesign de trabalhar em um novo dispositivo para motociclistas.

Veja também:

Novo cinto de segurança para motos prende o motociclista em uma ‘plataforma inteligente’, que pode ejetá-lo ou mantê-lo preso à moto

Antes de falar do futuro cinto de segurança para motos, vamos abrir um parênteses. Sim, a Italdesign é aquela empresa italiana famosa por projetos sobre quatro rodas, como quando deu origem ao primeiro VW Golf ou ao Lotus Esprit. Nas motos, concebeu o design das Ducati 860 GT e Suzuki RE5.

Publicidade

Produto está sendo desenvolvido pela Italdesign, referência global em design. No seu portfólio está a interessante Suzuki RE 5, movida por motor Wankel

Teve ainda uma sére de outros trabalhos mundialmente reconhecidos, como com os relógios Seiko e as câmeras fotográficas Nikon. Além dos profissionais do design, possui uma renomada equipe de engenharia, da qual surgiram, dentre outras iniciativas, a do cinto para veículos de duas rodas.

Novo cinto de segurança para motos

O seu novo produto teve patente divulgada nesta semana. Ainda sem nome público, o sistema não é um ‘mero’ cinto de segurança em si mas uma plataforma que une o motociclista à moto – e o prende nela, quando for necessário.

O sistema basea-se em um encosto rígido, em formato de concha, no qual o piloto é preso por um cinto em cada ombro e outro na cintura. Ao invés de estar fixo sobre a moto, ele é conectado por uma junta flexível que permite alguns movimentos ao motociclista. Além disso, o sistema flexível permite que todo o casco se desprenda da moto imeditamente caso seja preciso.

Como funcionará na prática

O novo cinto de segurança para motos promete trabalhar em conjunto do computador de bordo da motocicleta para saber qual é a melhor forma de proceder. Assim, pode segurar o piloto junto à moto em casos de colisões menores (como ao atingir um carro em sua lateral, evitando contato do motociclista com os vidros e carroceria do veículo) ou o ejetando em uma queda em alta velocidade.

Publicidade

Motociclista ficaria preso nos ombros e cintura. Expectativa é que pilotar com um cinto de segurança agrade quem está vindo dos carros

 

Se a ideia soa estranha aos mais experientes, pode interessar aos recém-chegados ao universo das duas rodas. Motoristas de carros que planejam fugir do caos do trânsito ao migrar para scooter podem se sentir mais seguros com o novo equipamento. Mas isto, só o tempo dirá.

buscar conteúdo

Encontre anúncios, guias, notícias e conteúdos sobre motos.

É expressamente proibida a reprodução de qualquer matéria sem a prévia autorização do Motonline e dos autores (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98).
Proibida a reprodução parcial ou integral mesmo que citada a fonte. Todos os direitos reservados. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
© 1999 a 2015. WEBTRENDS NEGOCIOS DE INTERNET LTDA.

Cotar Seguro da Sua Moto