enduro-da-independencia-tunico-maciel-honda-crf

Enduro da Independência: Tunico e Grecco dividem liderança

A previsão da organização de que a edição de 2018 do Enduro da Independência seria a mais desafiadora de seus 36 anos de história está se confirmando. Com duas etapas realizadas, a prova chegou à metade nesta quinta-feira e tem dois pilotos, de equipes distintas, empatados na categoria Master. o campeão do Rally dos Sertões Tunico Maciel (Honda Racing) e Jomar Grecco (Yamaha O2BH América Racing) conquistaram os mesmos 94 pontos.

Tunico Maciel, campeão do Rally dos Sertões 2018, divide a liderança no Enduro da Independência. Piloto busca título inédito na categoria Master - Foto: Idário Café/Mundo Press

Tunico Maciel, campeão do Rally dos Sertões 2018, divide a liderança no Enduro da Independência. Piloto busca título inédito na categoria Master – Foto: Idário Café/Mundo Press

O segundo dia de provas foi tomado pelas pedras, paredões e degraus. Os pilotos partiram de Lavras e passaram por Ingaí, São Tomé das Letras e Conceição do Rio Verde até a chegada em Lambari (MG) – totalizando 182 km de percurso.  “Foram muitas trilhas com médias bem apertadas, tivemos que acelerar bem para andar no tempo, ainda assim teve um trecho que cheguei a atrasar um minuto. O percurso estava bem sinalizado, a planilha bem feita e o hodômetro batendo direitinho. Na primeira parte fiz um segundo lugar e na segunda parte venci novamente, conquistando a vitória no dia”, afirmou o vencedor, Jomar Grecco, que compete que com uma Yamaha WR 450F e foi só elogios ao modelo: ‘minha moto esteve fantástica’.

Jomar Grecco venceu o segundo dia de disputas em Minas Gerais. Piloto acelera a Yamaha WR 450F - Foto: Adalto Motoraid/Yamaha 02BH

Jomar Grecco venceu o segundo dia de disputas em Minas Gerais. Piloto acelera a Yamaha WR 450F – Foto: Adalto Motoraid/Yamaha 02BH

Dário Júlio lidera com a CRF 230F

Na classe Brasil, Dário Júlio (Honda Racing) garantiu a segunda vitória – em duas etapas. Tetracampeão do Enduro da Independência, o piloto natural de Lavras aproveita seu conhecimento sobre a região para garantir um bom resultado nas provas. “Consegui um desempenho igual ao do primeiro dia. Andei muito concentrado, não errei, não caí e não tive problema nenhum. Estou seguindo a mesma receita, de fazer uma prova sem erros, a meta é chegar à Itajubá desta maneira”, afirmou o piloto da Honda CRF 230F.

Tetracampeão do EI, Dário Júlio busca o título na classe Brasil. E começou bem, com duas vitórias em dois dias - Foto: Idário Café/Mundo Press

Tetracampeão do EI, Dário Júlio busca o título na classe Brasil. E começou bem, com duas vitórias em dois dias – Foto: Idário Café/Mundo Press

Enduro da Independência: terceiro dia terá seis horas de prova

Está tudo certo para o terceiro round da competição. Os pilotos largam de Lambari com destino a Itajubá, passando por Heliodora. Serão 130 km em seis horas de prova. Segundo a organização, as pedras deixam a cena e o terreno começa a ficar mais liso, com muitas trilhas rápidas, trilhas em matas e descidas íngremes. A competição encerra no sábado, 08 de setembro, com uma etapa circular em Itajubá, celebrando os “balaios” entre subidas e descidas íngremes, que ficam entre Itajubá e Piranguçu. Ao todo, serão 650 km de desafios.

separador-enduro-da-independencia



Guilherme Augusto

@obomguiaugusto >> Amante de motos em todas suas formas e sons (se for de 2T, melhor). Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever