Notícias e Conteúdo
Novidades

Emissões: veja em quais cidades da Europa é proibido andar de moto

02/07/2022 - por

Em muitas cidades da Europa, a proibição de circulação de veículos – em função das emissões de poluentes – já é uma realidade. Com as motos não é diferente e elas podem até ser restritas em algumas zonas urbanas. Veja onde já é proibido andar de moto.

Porque é proibido andar de moto em certos locais

Assim como acontece no Brasil com o Promot, a Europa tem seus regulamentos de emissões como o Euro. Os padrões são definidos em uma série de diretivas da União Europeia, que tem na agenda a introdução progressiva de padrões cada vez mais rigorosos.

Publicidade

Normas mais rígidas colocaram um fim a versão de rua da Yamaha R6, ainda antes da pandemia

 

Publicidade

No velho continente, a regra para veículos de duas e três rodas (motocicletas) foi introduzida pela primeira vez em 1999. Desde então as exigências vêm aumentando progressivamente. Tudo isso pretende trazer ares menos poluídos para a população.

A lei também faz com que motores recebam ajustes, modelos saiam de linha, ou mesmo uma moto velha fique tão nociva e fora de moda para as cidades como um cigarro aceso. Confira como a tabela evoluiu:

Norma Euro e emissões para veículos de duas e três rodas
Padrão Data de início CO (g/km) NOx (g/km) HC (g/km) PM (g/km) NMHC (g/km)
Euro I 1999 13.0 0.3 3.0
Euro II 2003 5.5 0.3 1.0
Euro III 2006 2.0 0.15 0.3
Euro IV 2016 1.14 0.09 0.17
Euro V 2020 – atual 1.00 0.06 0.10 45 68
Publicidade

Futuro das motos vai se afunilando para as elétricas, mesmo para os modelos destinados ao serviço governamental

 

Veja também:

Veja onde o cerco apertou!

A mais recente restrição de motos em áreas de cidade vem da Espanha. Em Barcelona, desde janeiro, ciclomotores e motos construídas em 2002 ou antes com motores de combustão interna estão restritos. Não podem circular entre as 7 horas da manhã e as 8 horas da noite, durante a semana.

Publicidade

Por lá, a zona proibida cobre uma área de 95 quilômetros quadrados, dentro dos anéis viários da cidade espanhola. No caso da capital britânica, Londres, houve a expansão do programa Ultra Low Emission Zone (ULEZ), que permite apenas a entrada de motos que atendam pelo menos ao Euro3.

Andar de moto pela Europa com aquele modelo velho cheio de estilo já é impossível em algumas regiões

Na terra da rainha, a próxima etapa desta zona de baixas emissões deve ocorrer em 2023. E isso não incluirá apenas a cidade de Londres, mas toda a região londrina. Ou seja, dos 21 quilômetros quadrados iniciais em 2019, a zona de baixas emissões vai aumentar para cerca de 1.569 km².

Passamos para a capital francesa, Paris. Desde julho de 2019, apenas motocicletas que atendam ao Euro2 são permitidas entrar na cidade, de segunda a sexta-feira (8h às 20h). Na Itália – casa das saudosas Cagiva, Vespa e Lambretta – os motores de dois tempos estão agora proibidos de rodar em cerca de 200 cidades.

Publicidade

A capital Roma, por exemplo, recebe motos apenas de forma escalonada. Ou seja, só são permitidos a entrada de motos com motores Euro2 (2003 em diante) ou Euro3 (2006). Tudo isso ainda dependendo da área. É, os tempos estão mudando…

buscar conteúdo

Encontre anúncios, guias, notícias e conteúdos sobre motos.

É expressamente proibida a reprodução de qualquer matéria sem a prévia autorização do Motonline e dos autores (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98).
Proibida a reprodução parcial ou integral mesmo que citada a fonte. Todos os direitos reservados. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
© 1999 a 2015. WEBTRENDS NEGOCIOS DE INTERNET LTDA.