ktm-200-duke-abs-2019-1

KTM 200 DUKE ganha ABS na versão 2019

Entrada ao universo ‘ready to race’ no Brasil, a KTM 200 DUKE recebeu freios ABS para atender à legislação – que obriga a adoção de ABS ou CBS em motos novas, produzidas a partir de janeiro, de até 250 cm³. Com o novo sistema o preço também foi reajustado, subindo para R$ 17.900,00, sem incluir despesas com frete e seguro. Atualizando a 200, a marca afasta de vez a hipótese de trazer a KTM 250 DUKE ao Brasil – confirmando as informações que levantamos em setembro passado. Relembre.

Entrada ao mundo 'ready to race', KTM 200 DUKE ganha freios ABS na versão 2019

Entrada ao mundo ‘ready to race’, KTM 200 DUKE ganha freios ABS na versão 2019

* LEIA, TAMBÉM *
– Teste KTM 200 DUKE: diversão em pequena escala (2016)
– KTM 250 DUKE não está nos planos para o Brasil (2018)
– KTM 390 DUKE ABS chega por R$ 23.990 (2018)

Exceto pelo novo sistema de freios, a KTM 200 DUKE ABS 2019 é a mesma motocicleta que conhecemos por aqui desde 2016. O modelo se destaca pelo motor monocilíndrico arrefecido a líquido, que gera 26 cv (a 10.000 rpm) e torque de 1,95 kgf.m (a 8.000 rpm), números superiores aos das 250 cilindradas mais vendidas no Brasil. Além disso, a ‘Dukinha’ também tem outros mimos que previlegiam sua vocação esportiva, como a suspensão dianteira invertida.

No teste que realizamos após seu lançamento, tecemos elogios à ciclística e esportividade da pequena guerreira. “É uma motocicleta com vários diferenciais quando comparada com uma 250 cc ou 300cc. Suspensão invertida, computador de bordo, ciclística de dar inveja e um ótimo sistema de frenagem” dissemos – relembre.

KTM 200 DUKE – líder de vendas

No Brasil, quem representa as motos da KTM é a Dafra, que monta os modelos austríacos em sua fábrica de Manaus (como já fazia com a BMW Motorrad, por exemplo). Atualmente, a empresa mantém apenas dois modelos de rua à venda no País, as DUKE 200 e 390. Segundo a Fenabrave, de 2016 até fevereiro de 2019 foram emplacadas 1.429 unidades da 200, ante 983 da 390 DUKE.

Nova geração da Duke 390 (foto) chegou ao Brasil no ano passado. Ainda assim, até o momento, é a 200 quem lidera as vendas da marca no Paísnova-ktm-390-duke-preco

Nova geração da Duke 390 (foto) chegou ao Brasil no ano passado. Ainda assim, até o momento, é a 200 quem lidera as vendas da marca no País

separador_ktm



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever