Notícias e Conteúdo
Mercado

Kymco tira ‘scooter desconhecido’ de linha no Brasil

10/03/2022 - por

Mais uma notícia do efervescente mercado brasileiro de scooter. Porém, ao invés de um lançamento, desta fez apresentamos uma baixa. Hoje a JTZ Motos confirmou a descontinuidade do Kymco Agility 16+ 200i ABS.

Praticamente um desconhecido do consumidor médio, o scooter de 200 cilindradas sai de linha após apenas três anos de produção por aqui. Além disso, não deve deixar um grande número de fãs tristes, afinal emplacou menos de 260 unidades enquanto esteve nas lojas.

scooter kymco agility sai de linha
Publicidade

Apresentado em 2019, o scooter Kymco Agility foi possivelmente uma vítima do próprio preço. Modelo sai de linha com menos de 300 unidades emplacadas no Brasil

 

Publicidade

Kymco tira scooter Agility 200i de linha

A aposentadoria do modelo foi oficializada por um comunicado enviado pelo grupo JTZ à imprensa. Nele, a empresa confirma a decisão e busca tranquilizar os proprietários do modelo, afirmando que ‘a rede autorizada da marca continuará a atender as demandas do modelo, com fornecimento de peças e manutenções’.

Grupo JTZ afirma que seguirá oferecendo peças e assistência técnica aos proprietários do Agility 200i. Além disso, lembra que tem vários modelos de 125 a 550 cilindradas

Publicidade

Além disso, destaca seu compromisso com o setor no território nacional. Assim, lembra que a Kymco segue oferecendo os scooter People GTi 300, Downtown 300i ABS e AK 550i, enquanto a Haojue mantém os Lindy 125 e VR 150 nas lojas.

E o material encerra em tom de mistério. Logo após lembrar o recente lançamento da NK 150, afirma que a JTZ ‘ainda prepara mais novidades para este ano de 2022, em outras categorias, outros segmentos e até mesmo outras marcas‘. Sim, outras marcas. Ao que tudo indica em breve a Zontes irá desembarcar no país.

Total de emplacamentos – scooter Agility 200

Ano
Unidades emplacadas
2.022 (janeiro a março) 19
2.021 110
2.020 130
Total 259

Fonte: Fenabrave

Veja também:

Publicidade

 

Como é o Agility 200i

Com nome extenso, o Kymco Agility 16+ 200i ABS chegou ao Brasil em 2019, após ser apresentado no Salão Duas Rodas de 2017. Apostava na comodidade, oferecendo assoalho plano e bom espaço aos pés, compartimento sob o banco,  gancho porta objetos e bauleto de 26 litros. Já o pacote eletrônico era simples, sem painel digital, tomada USB ou sistema smartkey, por exemplo.

freios scooter kymco agility 200

Com pacote eletrônico bastante simples e motor ainda arrefecido a ar, o trunfo do Agility estava nos freios. Era o único da categoria com ABS nas duas rodas e aerokip na dianteira

Publicidade

Uma curiosidade era o motor. Apesar do nome comercial, o modelo tinha 160 (e não 200) cilindradas. É movido por propulsor de 163 cm³, arrefecimento a líquido e injeção eletrônica, que entrega 12,5 cv de potência e 1,3 kgf.m de torque máximos, a 7.500 e 5.500 rpm. São números tímidos para ‘um 200cc’, afinal modelos como o PCX 150 entrega 13,2 cv e 1,38 kgf.m.

Quanto custa o scooter kymco agility

Segundo a tabela Fipe, um Agility 200 ano 2020 custa em média R$ 13 mil, enquanto os remanescentes nas lojas saem por mais de R$ 16 mil

Já o ponto forte eram os freios. Há sistema com ABS nas duas rodas e aerokip na dianteira, para melhorar as respostas ao manete. Além disso, há pinça de dois pistões e discos de 260 mm na frente e 240 mm atrás – estrutura igual ao do Downtown 300, que tem discos do mesmo diâmetro.

Publicidade

 

Quanto custa o scooter Agility 200i ABS

O preço do Agility nunca foi competitivo. Quando chegou ao país, tinha preço sugerido de R$ 11.990, custando mais caro que o líder de vendas PCX (R$ 11.620) e pouco menos que o Yamaha NMax (R$ 12.390), sendo menos equipado que os concorrentes. Atualmente, um usado é encontrado a partir dos R$ 13.190, enquanto um 0km remanescente sai por R$ 16.825. Os números são da Tabela Fipe.

buscar conteúdo

Encontre anúncios, guias, notícias e conteúdos sobre motos.

É expressamente proibida a reprodução de qualquer matéria sem a prévia autorização do Motonline e dos autores (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98).
Proibida a reprodução parcial ou integral mesmo que citada a fonte. Todos os direitos reservados. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
© 1999 a 2015. WEBTRENDS NEGOCIOS DE INTERNET LTDA.