Marc está muito perto de conquistar seu sétimo troféu no Mundial de Motovelocidade

MotoGP: Márquez vence em Chang e está a caminho do título

A Tailândia estreou no Mundial de Motovelocidade como sede da 15ª etapa da temporada, neste domingo, com vitória de Marc Márquez (93, Repsol Honda Team). O piloto faturou a pole, manteve-se entre os ponteiros durante todo o tempo e garantiu a vitória na última curva da última volta, fazendo jus ao favoritismo ao título. O segundo lugar ficou com Andrea Dovizioso (4, Ducati Team) e o terceiro com Maverick Viñales (25, Movistar Yamaha MotoGP).

Márquez vence sétima prova na temporada e pode conquistar quinto título na MotoGP já na próxima etapa, no Japão

Márquez vence sétima prova na temporada e pode conquistar quinto título na MotoGP já na próxima etapa, no Japão

A prova disputada no Circuito de Chang teve ritmo intenso, favorecido pelo desenho do traçado (com longas retas e freadas fortes) e calor de 57 graus que cozinhava o asfalto. Da primeira fila largaram Márquez, Valentino Rossi (46, Movistar Yamaha MotoGP) e Dovi, que lutaram pela liderança durante praticamente toda a prova – inclusive, com a Yamaha liderando por quatro voltas. Contudo, Rossi perdeu desempenho e foi ultrapassado pelo colega de equipe, Viñales, num resultado quase animador da Yamaha (que está em seu maior jejum de vitórias da história do Mundial).

Sete títulos

Sete títulos

Marc está muito perto de conquistar seu sétimo troféu no Mundial de Motovelocidade

Quase...

Quase...

Rossi largou da primeira fila e se manteve na ponta durante toda a prova - até liderou por quatro voltas, antes de perder rendimento

Duelo Márquez e Dovi

Duelo Márquez e Dovi

Assim como em 2017, pilotos protagonizam principais duelos da categoria. Contudo, antes eram 5 pontos de diferença e agora são 72

Brilho nos olhos

Brilho nos olhos

Bom desempenho da dupla Viñales e Rossi mostra que a Yamaha pode estar no caminho da redenção para sair de seu jejum de vitórias

A dez voltas do fim, a Ducati de Dovi fez valer a força de seu motor e tomou a ponta na reta principal, trazendo a Honda de MM93 consigo e, na volta final, Márquez mostrou a experiência de um multicampeão e deixou Dovi para trás numa manobra impecável. Com o resultado Márquez mantém seus 72 pontos de vantagem na liderança e pode garantir o campeonato antecipado já na próxima etapa, no Japão. Se o fizer, Marc conquista seu sétimo título no mundial e quinto na MotoGP.

Agora, Marc Márquez tem 246 pontos, ante 174 de Dovi e distantes 159 de Rossi. Jorge Lorenzo (99, Ducati Team), que não correu pois está se recuperando de um acidente na última etapa e outro nos treinos livres para este GP, é o quarto colocado com 130 pontos, mesma pontuação de Viñales, que fecha o “top5″. A próxima etapa da MotoGP acontece no dia 21 de outubro em Montegi, no Japão. No ano passado a corrida teve Dovi, Márquez e Danilo Petrucci nas três primeiras posições, respectivamente.

Separador_MotoGP



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.