Pódio como há tempos não víamos, com duas Yamaha nas posições mais cobiçadas da prova

MotoGP: Viñales vence prova disputadíssima em Assen

Uma vez mais o circuito de Assen, na Holanda, foi palco de uma grande batalha frame a frame na MotoGP. Maverick Viñales (12, Monster Energy Yamaha MotoGP) reencontrou a vitória após dez provas, mas para isso teve de superar Marc Márquez (93, Repsol Honda Team) e Fabio Quartararo (20, Petronas Yamaha SRT), o impetuoso novato que conquistou a pole e fez grande corrida – liderando por mais de cinco voltas, inclusive. E assim ficou o pódio, com duas Yamaha e uma Honda nos degraus mais altos.

Maverick Viñales reencontra o caminho para a vitória na Holanda! Piloto encerra jejum da Yamaha, há dez corridas sem vencer, e celebra seu sexto troféu na MotoGP

Maverick Viñales reencontra o caminho para a vitória na Holanda! Piloto encerra jejum da Yamaha, há dez corridas sem vencer, e celebra seu sexto troféu na MotoGP

Apesar da redenção da Yamaha, que vem fazendo mais uma temporada de resultados pouco expressivos, Valentino Rossi (46, Monster Energy Yamaha MotoGP) acabou abandonando a disputa após um acidente com Taakai Nakagami (30, LCR Honda), ainda na sexta volta. Além disso, essa tinha tudo para ser uma corrida da Suzuki após a brilhante largada de seus pilotos Alex Rins (42) e Joan Mir (36), que saltaram à frente e chegaram a liderar as primeiras voltas com uma dobradinha. Porém, Rins caiu na quarta volta e Mir não conseguiu se manter na ponta, concluindo a prova na oitava colocação – nada mal para um novato que acaba de chegar da Moto3.

Rins OUT

Rins OUT

Depois de fazer ótima largada, Alex Rins cai sozinho e abandona a prova

Yamahas no topo

Yamahas no topo

Pódio como há tempos não víamos, com duas Yamaha nas posições mais cobiçadas da prova

Tempos difíceis

Tempos difíceis

Rossi e Nakagami se tocam e abandonam a prova. Definitivamente, não está fácil pra ninguém

Garoto prodígio

Garoto prodígio

'El Diablo' Fábio Quartararo, de apenas 20 anos, conquista segundo pódio consecutivo na MotoGP

Pega secundário

Pega secundário

Enquanto Viñales, Márquez e Quartararo brigavam pela liderança, Ducatis e Suzuki disputavam o quarto posto

Márquez cada vez mais próximo do título na MotoGP

Depois de um pequeno revezamento e uma disputa milimétrica pelas primeiras colocações, Viñales tomou o primeiro lugar e Márquez não ofereceu resistência, acatando as orientações da equipe e conformando-se com um segundo lugar. A posição lhe garantiu 20 pontos, o suficiente para abrir 44 pontos de diferença para Andrea Dovisioso (4, Ducati Team) na liderança do campeonato. Vale lembrar, também, que a próxima corrida acontece na Alemanha, onde o espanhol venceu todas as provas que disputou, em todas as categorias.

Ou seja, tudo caminha para mais um título de Marc Márquez na MotoGP – o sexto na categoria principal e seu oitavo no Mundial de Motovelocidade. O piloto soma agora 160 pontos, ante 116 de Dovizioso. Danilo Petrucci (108), Alex Rins (101) e Valentino Rossi (72) fecham o top5. Após dois pódios consecutivos, Quartararo está na sexta colocação, com 67 pontos. A próxima prova será o GP de Sachsenring, dia 7 de julho.

Mais um pódio e 20 pontos para a conta. Tudo dando certo nos planos de Marc Márquez para seu oitavo título no Mundial - o sexto na MotoGP

Mais um pódio e 20 pontos para a conta. Tudo dando certo nos planos de Marc Márquez para seu oitavo título no Mundial – o sexto na MotoGP

MotoGP – 8ª etapa, Holanda – Resultados

1 – Maverick Viñales 12 – Yamaha
2 – Marc Márquez 93  Honda
3 – Fabio Quartararo 20 – Yamaha
4 – Andrea Dovizioso 4 – Ducati
5 – Danilo Petrucci 9 – Ducati
6 – Franco Morbidelli 21 – Yamaha
7 – Cal Crutchlow 35 – Honda
8 – Joan Mir 36 – Suzuki
9 – Jack Miller 43 – Ducati
10 – Andrea Iannone 29 – Aprilia
11 – Pol Espargaro 44 – KTM
12 – Francesco Bagnaia 63 – Ducati
13 – Aleix Espargaro 41 – Arpilia
14 – Miguel Oliveira 88 – KTM
15 – Hafizh Syahrin 55 – KTM
16 – Tito Rabat 53 – Ducati
17 – Karel Abraham 17 – Ducati

OUT
Johann Zarco 5 – KTM
Takaai Nakagami 30 – Honda
Valentino Rossi 46 – Yamaha
Alex Rins 42 – Suzuki

Separador_MotoGP



Guilherme Augusto

@obomguiaugusto >> Amante de motos em todas suas formas e sons (se for de 2T, melhor). Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever