Notícias e Conteúdo
Gerais

Pelé e a Honda: conheça a moto do rei do futebol

08/09/2021 - por

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé,  foi consagrado no Brasil como rei do futebol e emplacou de vez a Honda no país quando foi garoto propaganda da marca. A moto que Pelé adotou faz 45 anos em 2021 e vamos apresentá-la agora.

pelé e a cg 125

Assim, Pelé foi ‘a cara’ da CG 125 no Brasil

A primeira duas rodas do rei do futebol foi uma CG 125  de 1976. A oportunidade surgiu porque Pelé foi chamado para fazer a campanha publicitária da primeira geração da CG 125 e a moto foi a primeira na linha de produção da fábrica da Honda em Manaus (AM).

 

Publicidade

Pelé, o rei das pistas?

pelé

O rei do futebol tornou-se garoto propaganda da moto mais famosa da Honda no Brasil

O fundador e presidente da Honda, Soichiro Honda, convidou Pelé para o desafio de ser a cara da marca no Brasil através da divulgação da primeira CG. Foi então que Pelé ajudou a Honda a emplacar no país e ganhou a ‘carteirinha’ da nação CGzeira. 

pelé

Pelé entrega uma camisa autografada para Soichiro Honda

Na época os clubes ainda não falavam em restrições de jogadores de futebol para pilotar motocicletas. Assim, o rei do futebol se tornou a marca registrada da CG 125 no Brasil e os motociclistas passaram a procurar ‘a moto do Pelé’ para comprar. 

Veja também:

A CG 125 do Pelé

Detalhes cromados era o forte da primeira CG no Brasil

Publicidade

A laranjinha do Edson Arantes logo ganhou fama de robusta e econômica. Dessa forma, o modelo de 1976 era movido por um motor de 124 cm³ que oferecia 11 cv a 9.000 rpm e 0.94 kgf.m a 7.500 giros

Assim, a CG da década de 70 foi a primeira moto produzida em solo nacional com motor 4Tempos. A primeira geração recebeu um sistema elétrico de 6 Volts e o câmbio era de quatro marchas. 

Na recepção do CETH (Centro de Educação de Trânsito Honda) em Indaiatuba, 36 anos de história estão expostos..... na parede. De moto "antiga" mesmo, só a primeira CG 125 fabricada no Brasil, em 1976 - esta laranjinha no primeiro plano.

A CG 125 de 1976 exposta na recepção do CETH (Centro de Educação de Trânsito Honda) em Indaiatuba

Contudo, Pelé só poderia ter pressa no gramado, tendo em vista que a velocidade final da sua CGzinha era de pouco mais de 100 km/h.

 

Estilo da moto do rei

A CG 125 de 1976 será uma das motos históricas expostas na inauguração do Fan Club

Por fim, o modelo foi um grande marco para a marca no país

A CG 125 cresceu rapidamente devido às poucas opções no mercado que entregassem fácil manutenção, preço acessível e economia.

Publicidade

Mais silenciosa que as concorrentes, a CG do Pelé tinha um design característico da Honda na época: linhas suaves e arredondadas. Dessa forma, modelo explorou bem os itens cromados e componentes circulares como farol, painel de instrumentos e piscas. 

Logo a primeira geração do modelo ficaria conhecida como ‘CG bolinha’, sendo o ponta pé inicial de uma história de sucesso que perdura até hoje. As versões de 125 cilindradas viveram de 1976 a 2019, quando a Honda já produzia as CG 160. Por fim, a laranjinha do Pelé deu lugar à irmã mais velha, a 160, líder isolada entre as motos mais vendidas do Brasil.

buscar conteúdo

Encontre notícias e conteúdos sobre motos.

buscar nos classificados

Encontre a moto dos seus sonhos!

É expressamente proibida a reprodução de qualquer matéria sem a prévia autorização do Motonline e dos autores (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98).
Proibida a reprodução parcial ou integral mesmo que citada a fonte. Todos os direitos reservados. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
© 1999 a 2015. WEBTRENDS NEGOCIOS DE INTERNET LTDA.
X