honda-nxr-160-bros-esdd-2-990x660

Prêmio Maior Valor de Revenda fica com a Honda Bros

selo Motos_AI_2016Uma moto da Honda é novamente a campeão do Selo Maior Valor de Revenda, levantamento promovido pela Agência AutoInforme em parceria com a Textofinal e a Molicar. Desta vez foi a Honda NXR 160 Bros, que sofreu apenas 6,7% de depreciação após um ano de uso. As vencedoras foram anunciadas hoje (20/7) em São Paulo e a Bros venceu também na categoria Trail.

O levantamento separa as motos vendidas no mercado brasileiro em 17 categorias e para serem consideradas as motos devem estar à venda por ao menos um ano para considerar a depreciação. O estudo considera o valor da moto comprada zero km e seu valor após um ano de uso para encontrar a depreciação de cada modelo. Foram consideradas 138 motos zero km mais vendidas, de 17 marcas, com base nas cotações de preços praticados no mercado em março de 2017 e março de 2018.

Executivos da Honda (com os troféus nas mãos) juntos com Koishiro Matsuo e Joel Leite, idealizadores do Prêmio Maior Valor de Revenda e a moto campeã com apenas 6,7% de desvalorização após um ano de uso, a Honda NXR 160 Bros

Executivos da Honda (com os troféus nas mãos) juntos com Koishiro Matsuo e Joel Leite, idealizadores do Prêmio Maior Valor de Revenda e a moto campeã, com apenas 6,7% de desvalorização após um ano de uso, a Honda NXR 160 Bros

“A moto proporciona o direito de ir e vir para grande parte da população”, destaca o jornalista Joel Leite, idealizador do SMVR-Motos e diretor da Agência AutoInforme. “Em 2000, pouco mais de 3,5 milhões de brasileiros utilizaram a moto para o seu transporte. Hoje são mais de 20 milhões. Daí a importância deste selo que procura incentivar a indústria e os importadores a oferecerem melhores produtos e melhores serviços de pós-vendas, de modo que o consumidor possa obter o máximo de seu investimento”, destaca Joel.

Maior Valor de Revenda: quem ganhou?

A Honda levou também o prêmio Maior Valor de Revenda em outras duas categorias: Motoneta, com a BIZ 110i/125, e Street, com a CG125/160. A Yamaha também recebeu grande destaque este ano, que levou o maior número de troféus entre as marcas presentes no mercado brasileiro. Foram cinco prêmios para motos da Yamaha: MT-09 Tracer (Crossover), MT-07 (Naked até 800 cc), MT-09 (Naked acima de 800 cc), NMax 160 (Scooter até 200 cc) e YZF-R3 (Sport até 800 cc).

Na sequência de premiação, três marcas levaram dois prêmios cada uma: BMW, com a R 1200 GS (Bigtrail acima de 800 cc) e a S 1000 RR (Sport acima de 800 cc); Triumph, com a Tiger 800 (Bigtrail até 800 cc) e a Street Twin 900 (Clássica); e Harley-Davidson, com a Softail Heritage (Custom acima de 800 cc) e Road King (Touring). Com um troféu ficaram a Shineray Phoenix 50 (50 cc), Kawasaki Vulcan S 650 (Custom até 800 cc) e a Dafra Citycom S 300i (Scooter acima de 200 cc). Confira a lista completa com as três motos com menor desvalorização após um ano de uso em cada categoria:

Categoria

Motocicleta (Marca/Modelo)

Desvalorização após um ano (%)

Street Honda CG 125/160 8,50%
Yamaha Factor 125/150 9,10%
Honda CB Twister 9,60%
Motoneta Honda Biz 110i/125i 9,10%
Yamaha NEO 125 11,00%
Honda POP 110i 11,40%
Scooter acima 200 cc Dafra Citycom 300i 12,60%
Suzuki Burgman 650 15,10%
Dafra Maxsym 400i 15,30%
Scooter     até 200 cc Yamaha NMAX 160 11,30%
Honda PCX 150 12,50%
Dafra Cityclas 200i 12,90%
Trail

Honda NXR 160 Bros

6,70%

Yamaha XTZ 150 Crosser 9,10%
Honda XRE 190 9,40%
Bigtrail acima de 800 cc BMW R 1200 GS 12,10%
Triumph Tiger Explorer 1200 13,50%
Yamaha XT 1200Z Super Ténéré 13,60%
Bigtrail até 800 cc Triumph Tiger 800 12,80%
BMW F 700 GS 14,80%
Suzuki V-Strom 650 15,10%
Crossover Yamaha MT-09 Tracer 11,70%
Honda CB 500X 12,60%
Triumph Tiger Sport 12,90%
Naked até 800 cc Yamaha MT-07 11,70%
BMW F 800 R 12,80%
Honda CB 650F 12,90%
Naked acima de 800 cc Yamaha MT-09 11,40%
BMW S 1000 R 12,50%
Kawasaki Z1000 13,40%
Sport até   800 cc Yamaha YZF R3 11,80%
Honda CBR 500R 12,70%
Kawasaki Ninja 650 13,20%
Sport acima de 800 cc BMW S 1000 RR 11,90%
Kawasaki Ninja ZX10-R 12,50%
Ducati Panigale 959 13,00%
Custom acima de 800 cc Harley-Davidson Heritage 14,60%
Harley-Davidson Roadster 1200 15,60%
Suzuki Boulevard M1800 16,60%
Custom até 800 cc Kawasaki Vulcan S 650 12,30%
Harley-Davidson Sportster 883 14,80%
Dafra Horizon 150 15,30%
Touring Harley-Davidson Road King 12,30%
Harley-Davidson Street Glide 12,30%
Honda Gold Wing 14,20%
Ciclomotor (50 cc) Shineray Phoenix 50 15,80%
Dafra Zig 50 16,90%
Traxx Sky 50 17,60%
Clássica Triumph Street Twin 900 11,80%
Triumph Bonneville 12,10%
Ducati Scrambler 13,50%

selo Motos_AI_2016



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.