Notícias e Conteúdo
Lançamentos

Terceira geração da BMW S 1000 RR chega ao Brasil

26/09/2019 - por

O mercado das superesportivas segue movimentado, com novas opções desembarcando no cenário nacional. É neste embate de atualizações que a terceira geração da BMW S 1000 RR chega ao Brasil. A terceira geração do modelo estreia aqui na sequência da Ducati, que mostrou a Panigale V4S e da Kawasaki, que apresentou a nova Ninja ZX-10R SE 2020.

Com 8 cv a mais e 11 kg a menos, a nova geração da BMW S 1000 RR está disponível nas lojas brasileiras. O preço: R$ 91.950

Com 8 cv a mais e 11 kg a menos, a nova geração da BMW S 1000 RR está disponível nas lojas brasileiras. O preço: R$ 91.950

Publicidade

O novo motor de quatro cilindros em linha oferece agora 207cv a 13.500 rpm11,52 kgf.m de torque. Com um aumento de 8 cv em relação a geração anterior, a superesportiva teve todos os elementos reprojetadas. A nova receita conta com um propulsor mais leve em uma moto com o total de 11 quilos a menos que o modelo antecessor: agora são 197 kg.

O preço da BMW S 1000 RR

O modelo já pode ser reservado nas concessionárias pelo preço sugerido de R$ 91.950. Vale lembrar que recentemente a BMW Group Brasil anunciou investimento de R$ 4,7 milhões na fábrica de Manaus, a única unidade de produção exclusivamente voltada à montagem de motocicletas fora da Alemanha.

Publicidade
Modos de pilotagem e outros recursos eletrônicos 'amansam' a moto para uso nas ruas, mas é para as pistas que ela foi feita

Modos de pilotagem e outros recursos eletrônicos ‘amansam’ a moto para uso nas ruas, mas é para as pistas que ela foi feita

Mais leve e potente

Apesar da BMW S 1000 RR manter a configuração tradicional de quatro cilindros em linha, adota o sistema de válvulas variáveis ShiftCam. A ideia é extrair máxima potência e torque, não apenas em altas rotações, mas em faixas baixas/médias de giro. Com uma entrega mais uniforme, linear, o modelo tende a ser mais fácil de controlar para quem a utiliza nas ruas.

Publicidade

Quase 50% da redução total de peso da motocicleta, que emagreceu 11 kg, deve-se ao novo chassi. Somado a isso, uma nova combinação de amortecedor na suspensão traseira Full Floater Pro e braço oscilante mais leve, prometem maior rigidez e aderência.

Painel TFT de 6,5"

Painel TFT de 6,5"

Chassi garantiu redução de pso

Chassi garantiu redução de pso

Novo conjunto do quadro Flex-Frame

Nova dianteira, sem os faróis assimétricos

Nova dianteira, sem os faróis assimétricos

A BMW S 1000 RR recebeu a tarefa de peso de ser a moto de número 80 mil

Publicidade
Com novo comando de válvulas, motor produz 207 cv

Com novo comando de válvulas, motor produz 207 cv

Propulsor mais leve e potente

Visual totalmente novo - com novo sub chassi, inclusive

Visual totalmente novo - com novo sub chassi, inclusive

Modos de pilotagem para pista e ruas

Pensando no uso em estrada, a terceira geração da BMW S 1000 RR oferece os modos de pilotagem RAIN, ROAD, DYNAMIC e RACE. Claro, mantendo o objetivo de uma superesportiva, a marca apresenta possibilidades para as pistas.

Na opção Modo Pro, que oferece três opções adicionais de pilotagem (Race Pro 1-3), é possível um ajuste individual de funções de gerenciamento de sistemas como controle dinâmico de tração DTC, ABS e deslizamento das rodas, bem como a curva do acelerador (ajuste de torque).

Publicidade

Outros recursos do Modo Pro são o Launch Control (controle de tração) e o Limitador de Pit Lane configurável. O HP Shift Assistant Pro (assistente de troca de marchas) também é item de série. Para segurar tudo isso, freios ABS.

bmw-s-1000-rr-2020-4

Painel tecnológico e visual renovado

O painel de instrumentos da S 1000 RR foi revisado, com a tela TFT de 6,5 polegadas. Opções de display como Pure Ride mostram informações para o uso regular na estrada, enquanto três telas “Core” são projetadas para uso nas pistas de corrida.

Publicidade

Desde o lançamento da primeira geração, há 10 anos, o farol dianteiro assimétrico (distinto em tamanho) se estabeleceu como uma marca da superesportiva e o novo modelo rompe com essa proposta. Segundo a marca a ideia busca agora “revolucionar em termos de estilo” apresentando novas luzes de LED em formato agressivo.

Geração anterior era caracterizada pelos faróis assimétricos e 'brânquias de tubarão' na carenagem

Geração anterior era caracterizada pelos faróis assimétricos e ‘brânquias de tubarão’ na carenagem

Na lanterna traseira, as luzes de mudança de direção (pisca) e de freio estão integradas em uma única unidade de LED. O tanque de combustível mais estreito e uma angulação do guidão mais ampla fecham o pacote que apresenta uma nova abordagem para a BMW S 1000 RR.

vinheta-instagram_9

buscar conteúdo

Encontre anúncios, guias, notícias e conteúdos sobre motos.

É expressamente proibida a reprodução de qualquer matéria sem a prévia autorização do Motonline e dos autores (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98).
Proibida a reprodução parcial ou integral mesmo que citada a fonte. Todos os direitos reservados. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
© 1999 a 2015. WEBTRENDS NEGOCIOS DE INTERNET LTDA.