Notícias e Conteúdo
MotoGP

Yamaha domina prova da MotoGP na Holanda

27/06/2021 - por

Este domingo foi de festa no box da Yamaha. A equipe oficial da japonesa conquistou uma dobradinha no GP da Holanda, disputado em Assen, com Fabio Quartararo (20) e Maverick Viñales (12) nas duas primeiras colocações. O pódio fechou com um ótimo terceiro lugar do atual campeão Joan Mir (36, Suzuki).

Veja também:

Publicidade

MotoGP em Assen com dobradinha da Yamaha. Mir (3º), Quartararo (1º) e Viñales (2º) no pódio

Quartararo, inatingível

O dia foi de Quartararo. O francês largou da segunda colocação e passou o pole Viñales ainda nos metros iniciais. Nas primeiras voltas brigou pela ponta com Francesco Bagnaia (63, Ducati Team) e na sétima, líder, passou a abrir distância no primeiro posto.

Publicidade

Quartararo teve um dia irretocável. Abriu mais de quatro segundos e soube administrar a vantagem

Na 15ª volta Fabio já abria quatro segundos sobre os demais. A partir de então passou a ‘apenas’ administrar a prova, deixando a briga pelo segundo lugar em aberto. Viñales superou oponentes como Bagnaia e Taakai Nakagami (30, Honda) após belas ultrapassagens. A dez voltas da bandeirada a dobradinha já era clara e só estava em aberto o terceiro posto, garantido por Mir nas voltas finais.

  • No vídeo, Quartararo celebra sua quarta vitória na temporada
Publicidade

 

MotoGP: próxima etapa

Agora a MotoGP entra em um pequeno recesso. O calendário será retomado no dia 8 de agosto, com o GP da Estíria. Disputada no Red Bull Ring, a prova austríaca teve vitória da Ducati no ano passado – e com direito a novo recorde de velocidade da equipe italiana.

Mir largou do décimo lugar e chegou em terceiro. Ótimo dia do atual campeão

Publicidade

MotoGP: Cassificação após 9 etapas

Há 250 pontos em aberto e 10 provas ainda a acontecer em 2021. Assim, o campeonato segue totalmente em aberto. Apesar disso, Quartararo já abre uma vantagem importante, com 34 pontos de vantagem sobre o segundo colocado. Até aqui, o francês venceu 4 (de 9) corridas disputadas.

1) Fabio Quartararo (20, Yamaha) – 156 pontos
2) Johann Zarco (5, Ducati) – 122 pontos
3) Francesco Bagnaia (63, Ducati) – 109 pontos
4) Joan Mir (36, Suzuki) – 101 pontos
5
) Jack Miller (43, Ducati) – 100 pontos
6) Maverick Viñales (12, Yamaha) – 95 pontos
7) Miguel Oliveira (88, KTM) – 85 pontos
8) Aleix Espargaró (41, Aprilia) – 61 pontos
9) Brad Binder (33, KTM) – 60 pontos
10) Marc Márquez (93, Honda) – 50 pontos
11) Takaai Nakagami (30, Honda) – 41 pontos
12) Pol Espargaró (44, Honda) – 41 pontos
13) Franco Morbidelli (21, Yamaha) – 40 pontos
14) Alex Rins (42, Suzuki) – 33 pontos
15) Alex Márquez (73, Honda) – 27 pontos

Com problemas (e queda) no classificatório, Márquez largou do 20º lugar. Fez prova de recuperação e chegou numa quase heroico sétimo posto

MotoGP: resultados 8ª etapa (Sachsenring, Alemanha)

1) Fabio Quartararo (20, Yamaha)
2) Maverick Viñales (12, Yamaha)
3) Joan Mir (36, Suzuki)
4) Johann Zarco (5, Ducati)
5) Miguel Oliveira (88, KTM)
6) Francesco Bagnaia (63, Ducati)
7) Marc Márquez (93, Honda)
8) Aleix Espargaró (41, Aprilia)
9) Takaai Nakagami (30, Honda)
10) Pol Espargaró (44, Honda)
11) Alex Rins (42, Suzuki)
12) Brad Binder (33, KTM)
13) Danilo Petrucci (9, KTM)
14) Alex Márquez (73, Honda)
15) Enea Bastianini (23, Ducati)
16) Lorenzo Savadori (32, Aprilia)
17) Garrett Gerloff (31, Yamaha)
18) Luca Marini (10, Ducati)

Publicidade

OUT
Iker Lekuona (27, KTM)
Jack Miller (43, Ducati)
Jorge Martin (89, Ducati)
Valentino Rossi (46, Yamaha)

buscar conteúdo

Encontre anúncios, guias, notícias e conteúdos sobre motos.

É expressamente proibida a reprodução de qualquer matéria sem a prévia autorização do Motonline e dos autores (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98).
Proibida a reprodução parcial ou integral mesmo que citada a fonte. Todos os direitos reservados. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
© 1999 a 2015. WEBTRENDS NEGOCIOS DE INTERNET LTDA.