Kasinski Comet GT 650R

Kasinski Comet GT 650R
Recomendação:
Satisfação Geral:
Dirigibilidade:
Visual:
Consumo:
Conforto:
Custo X Benefício:
Performance:
Leia as Avaliações Deixe sua Avaliações
Sobre a Kasinski Comet GT 650R
GT 650: naked de média cilindrada mais acessível

Ficha Técnica

Cilindrada: 647,00
Tipo de Motor: 4 tempos
Arrefecimento: Líquido
Combustível: Gasolina
Potência Máxima: 81.50 a 9250 rpm
Torque Máximo: 6.90 a 7250 rpm
Transmissão: 6 marchas
Injeção: Eletrônica
Suspensão dianteira: Invertida
Partida: Elétrica
Chassi: Aço
Peso (seco): 193,00kg
Peso em movimento: 0,00kg (MVOM)
Largura: 785mm
Altura: 1125mm
Altura do Banco: 835mm
Distância entre Eixos: 1445
Pneu Dianteiro: 120/70 - ZR 17
Pneu Traseiro: 160/60 - 17
Balança: Convencional

Outras Versões

Comet GT 650R:   2013 / 2012 / 2011 / 2010 / 2009 / 2008
mais opções

Todas as Avaliações da Kasinski Comet GT 650R

Recomendo
Classificação
Comentários:
eu recomendo ja andei em outras 600 e nao vi diferença a nao ser pelo ronco de um v2 eu e meu irmao na estrada atingimos 202km/h de peito e ja cheguei a 215km/h sozinho e so nao andou mais por falta de pista pois em 5ª marcha ela deu 205km/h a 10mil rpm.estou muito satisfeito tanto com a moto quanto com a cc!
Prós:
peças de reposição como pastilhas de freio,filtro de oleo, etc.. baixo custo comparados a moto 600 de 4cilindro,consumo em estradas otimo media de 19km/l em 2em media de 120km/h, anda muito nao deixa a desejar pra nenhuma outra 600.ja estou com ela a 7meses e com 11mil rodados nao tive nenhum problema ate hj tudo nos conformes!
Contras:
em transito congestionado por virar pouco a direçao atrapalha a manobra e em cidades que e dificil vc por uma terceira por causa dos pares e semafaros o consumo cai pra 15km/l.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
11000
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 04/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
17 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Ótima moto, todas as Hyosung são. O problema é a CR Zongshen, só querem lucro e esquecem de tratar bem os clientes. A Kasinski queimou o filme com as primeiras motos injetadas, material de qualidade ruim (cabos, cachimbos, fiação) e, principalmente, rede totalmente despreparada, mexânicos trocadores de peça que não sabem lidar com injeção eletrônica e seus sensores e dispositivos.

Minha dica é: visite a concessionária perto de você, veja como te tratam, converse com os mecânicos. Se te parecer boa a concessionária, COMPRE A MOTO, porque ela é boa, gostosa de andar e com o melhor custo-benefício nessa faixa de preço. Porta de entrada pras grandes. Apesar dos problemas, estou super satisfeito e não me arrependo nada.

Aaa, não sei porque notas baixas no consumo, pra mim, uma moto de 650cc com 82cv que faz 21km/L (se andar a 110 ou 120km/h) é super econômica. Fiz uma viagem de 1.300km junto com uma er6-n (660cc 2 cilindros), uma xj6 (600cc 4 cilindros) e uma Ninja 250R (250cc 2 cilindros) e a única mais econômica foi a ninjinha, com uma média 25-26km/L.
Prós:
Tem bom preço de aquisição, é bonita e chamativa, performance adequada, bom consumo. Não acho o banco desconfortável, é realmente duro, mas por um motivo que desconheço, mesmo sendo duro, em viagens de horas a fio me pareceu mais confortável que o de motos mais acolchoadas (andei de er6-n e xj6).
Contras:
O conta-giros tem um problema em muitas GT650 pela fixação rígida demais, que o leva ao excesso de vibração. O acabamento não é lá essas coisas. O escapamento é uma bazuca a la Suzuki (pelo menos não é cromado). O uso em cidade com trânsito travado é ruim, minha cidade possui poucos vias expressas e exige muitas trocas de marcha, é a menos maneável que as concorrentes, ruim para pessoas de baixa estatura.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
9000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Alto
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 03/05/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
10 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
e otima muito da
Contras:
so e uma moto so pra asfalto ok so pra isso na terra não
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
13500
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 09/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
52 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
A moto em si é muito boa, tem algumas falhas devido a péssima nacionalização realizada pela kasinski, mas são defeitos facilmente sanados, pela substituição por outras peças disponíveis no mercado. O motor é um caso à parte, sua robustez é impecável, seu torque é muito bom, e tem uma potência fenomenal, para esta moto subido ou descida é a mesma coisa, o motor não liga para isso, mas definitivamente não é uma moto para iniciantes, o tato do acelerador não é muito preciso, e quem não tem experiência vai arrancar no sinal de uma roda só.. O consumo poderia ser melhor que os 16 km/l que faço na cidade, mas na estrada acho os 21 km/l "aceitáveis", o peso da moto é outro porém, eu particularmente não gosto de motos que pesam mais de 200kg em ordem de marcha, acho que isso acaba prejudicando uma condução mais ágil na cidade, porém na estrada isso não faz diferença, o conjunto de suspensões e freios tornam a moto uma naked esportiva muito boa de curvas e segura na hora dos apertos. Se está interessado em adquirir alguma, recomendo que tenha paciência para ler os fóruns disponíveis pela internet para resolver os pequenos defeitos costumeiros da moto "não irá gastar mais de 300 reais para sanar todos os problemas da moto", ou senão compre uma usada com os mesmos já resolvidos, não irá se arrepender! Certamente não existe nada no mercado brasileiro que chegue perto desta moto em quesito custo x benefício, uma 650 com 89cv com preço de 250/300 é uma barganha boa, agora tenha em mente que o salto de categoria é grande, e os gastos aumentam na mesma proporção que a emoção proporcionada por esta máquina!
Prós:
Motor fenomenal, design, freios potentes, custo benefício imbatível, conforto em viagens, ronco do motor, vai muito bem na tocada esportiva.
Contras:
O nome kasinski, péssimo pós venda, consumo alto: 16km/l, motor que esquenta muito, posição de pilotagem muito projetada, peso, garupa muito alta.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem:
12000
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 27/05/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
37 pessoas gostaram
Não Recomendo
Classificação
Comentários:
Fuja! Um lixo.
Prós:
Bonita
Contras:
O painel deu pau, a parte elétrica deu pau, a moto morria toda hora, teve listas e mais listas de peças para trocar. Foi estudo de caso na concessionária que eu levava. Um engenheiro da Kasinski foi na concessionária e não resolveu. Perdi diversos compromissos por falha elétrica. Concessionária sem conhecimento de injeção eletrônica, falta de peça por quase um mês (não funcionava) e ficava mais um mês lá.

Custo de manutenção altíssimo. Um lixo de empresa. Tenho dó de quem abriu concessionárias. Foram meio ingênuos, meio visionários e se deram mal. Devem ganhar algum dinheiro, mas nada paga a dor de cabeça que esses caras tem. Me livrei da marca, graças à deus.

Pesada, 2 cilindros ruins, péssimo consumo, péssima performance, agilidade ruim, um monte de reclamação.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
0
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Alto
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 15/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
35 pessoas gostaram
Não Recomendo
Classificação
Comentários:
Troquei painel em garantia e o painel apresentou o mesmo defeito no mesmo dia.
Moto desde o dia da compra, apresenta problema de falha na aceleração. Troquei cabo de vela e velas por orientação da CC, quase R$ 200,00, e nada de melhora.
Alguns usuários alegam que a moto chega a fazer 22 km/l, a minha apenas uma vez, fez 17. Já fiz uma viagem toda andando a 100/110, e moto mantém a média de 14km/l.

2 protocolos no SAC desde Janeiro, nunca tive retorno. Diversos email enviados a fábrica, nunca tive retorno. 1 reclamação em site de reclamações, 1 retorno pedindo dados e só.

Eu recomendaria a moto se tivessem um pós venda, mas a Kasinski não tem. Não compre dor de cabeça, foi a pior besteira que fiz.
Sim, a moto já deu várias alegrias, muitas viagens, mas isso não compensa os transtornos e gastos com viagem para deixar a moto para arrumar, ficar dias sem a moto, e quando você vai buscar, nada fizeram ou dizem que o problema não foi detectado.

Boa sorte para quem quiser se arriscar, pois é realmente um risco, alguns não tem problema algum, outros tem demais. Só acho que ninguém deva comprar uma moto contando com a sorte, e deve sim, comprar uma moto pela eficiência do produto e do atendimento.
Prós:
Boa aparência, ótima para pista e para cidade, se não fosse os problemas de fábrica.
Contras:
Cliente não tem assistência do SAC, concessionárias brigam para arrumar algo que veio com defeito e nunca conseguem, ou seja, a bucha sempre fica pra você.
Painel defeituoso de fábrica.
Moto muito gastona, mas nem todas, vai entender. (quando faz 15 fico feliz)
Esterço muito limitado, dificulta manobrar a moto para sair, etc.
Não se deve comprar algo pensando em vender, mas se pensar em vender, terá dor de cabeça.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Pista
Quilometragem:
7500
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
Recomendo
Classificação
Comentários:
É uma boa moto. Uso diariamente para trabalho e aos finais de semana para passeios. Na cidade o consumo varia de 14 km/l a 16 km/l, num trajeto de 16 km e com muito transito. Na estrada o consumo está variando de 19 km/l até 21 km/l, sempre a média de 100/110 km/h e com garupa e baú.

Para o transito urbano, a moto é bem ágil, apresentando restrições apenas nas mudanças de corredor. O cambio é bom mas na cidade exige uma grande quantidade de mudanças de marcha.

A posição de pilotagem é agradável e não cansa na estrada, o porém fica por conta do banco que é muito duro. Após algumas horas começa a dor a retaguarda!! Para o garupa o desconforto é um pouco maior. A pedaleira é estreita e não segura os pés adequadamente. A posição também é um pouco elevada, fazendo com que o garupa fique com os joelhos muito dobrado, cansando muito rápido. O banco também não ajuda muito.
Prós:
Visual moderno, todos olham na rua! Os Freios são bons. O motor tem bom torque. Mesmo para uma 650 cc, anda bem no transito urbano. Posição de pilotagem é confortável.
Contras:
Mão de obra da concessionária é uma das mais caras. Revisão a cada 3 mil km é pouco para uma moto que se diz estradeira. Banco do garupa.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Utilitário (Trabalho)
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
3270
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
mais opções

Guias de motos Kasinski

foto moto kasinski/gf-125 Kasinski GF 125
Kasinski GF 125
foto moto kasinski/rx-125 Kasinski RX 125
Kasinski RX 125
foto moto kasinski/prima-150 Kasinski Prima 150
Kasinski Prima 150
foto moto kasinski/mirage-250 Kasinski Mirage 250
Kasinski Mirage 250
foto moto kasinski/prima Kasinski Prima
Kasinski Prima

Notícias sobre motos da Kasinski

capa noticia 500 Milhas Brasil - Kasinski Comet GT 650R conquista pódio na categoria SuperSport
500 Milhas Brasil - Kasinski Comet GT 650R conquista pódio na categoria SuperSport
500 Milhas Brasil - Kasinski Comet GT 650R conquista pódio na categoria SuperSport
capa noticia Ex-parceira da Kasinski, marca apresenta nova moto elétrica adventure
Ex-parceira da Kasinski, marca apresenta nova moto elétrica adventure
Ex-parceira da Kasinski, marca apresenta nova moto elétrica adventure
capa noticia Aquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil
Aquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil
Aquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil
capa noticia Motos Kasinski: que fim levou sua parceria, a Hyosung
Motos Kasinski: que fim levou sua parceria, a Hyosung
Motos Kasinski: que fim levou sua parceria, a Hyosung