Kasinski Mirage 650

Kasinski Mirage 650
Recomendação:
Satisfação Geral:
Dirigibilidade:
Visual:
Consumo:
Conforto:
Custo X Benefício:
Performance:
Leia as Avaliações Deixe sua Avaliações
Sobre a Kasinski Mirage 650
A Kasinski Mirage 650 ofereceu um visual agressivo em sua linha custom de média cilindrada, lembrando o estilo moderno da Harley-Davidson V-Rod e da Yamaha V-Max. O modelo tinha como diferencial um desenho mais atual, com tanque afilado, quadro a mostra e lanterna traseira com LEDs. Além disso, o lado mais tradicional se fazia presente com o motor de dois cilindros em “V” a 90 graus e muitos cromados.

Ficha Técnica

Cilindrada: 647
Tipo de Motor: 4 tempos
Arrefecimento: Líquido
Combustível: Gasolina
Potência Máxima: 80,7 cv a 9.250 rpm
Torque Máximo: 6,90 kgf.m a 7.250 rpm
Transmissão: 5 velocidades
Injeção: Eletrônica
Suspensão dianteira: Telescópica invertida
Partida: Elétrica
Ajuste da suspensão dianteira: Ajuste de regulagem
Chassi: Aço
Suspensão traseira: Balança bi-choque
Peso (seco): 214
Comprimento: 2430
Largura: 890
Altura do Banco: 675
Distância entre Eixos: 1665
Pneu Dianteiro: 120/70 - ZR - 18
Pneu Traseiro: 180/55 - ZR - 17
Capacidade do tanque: 16
Ajuste da suspensão traseira: Ajustável
Balança: Convencional

Outras Versões

Mirage 650:   2013 / 2012 / 2011 / 2010 / 2009
Mirage Power (650cc):   2013 / 2011 / 2009 / 2008 / 2007 / 2006 / 2005
mais opções

Todas as Avaliações da Kasinski Mirage 650

Não Recomendo
Classificação
Prós:
A proposta da moto é interessante comparada com as concorrentes diretas drag star 650, shadow 600 e 750.
Quem gosta do estilo custom e gosta de andar um pouco mais forte a motocicleta é essa. Tem um freio a disco duplo na dianteira e disco atrás também que respondem muito bem . Transmissão por correia que é super silencioso e evita aquela sujeira e manutenção constante.
Moto muito forte o dobro das concorrentes e um consumo bom pra cavalaria apresentada . Faço 15 a 17 urbano e 20 a 22 garupado na estrada ( tudo depende da mão ).
Tem um visual moderno e agradável. Os espelhos originais são muito bons.
Moto confortável e uma excelente posição de pilotagem.
Contras:
Tem que buscar uma moto realmente com procedência . Infelizmente um dono porco e serviço porco feito por oficinas duvidosas será dor de cabeça certa. O proprietário é o maior problema , pois começa a dar " jeitinho " em tudo e quer economizar absurdamente não levando em consideração que se trata de uma média cilindrada e com peças caras .
Quem fizer o serviço realmente precisa conhecer a máquina se não já viu....
As carenagens são plástico de qualidade ruim.
A elétrica precisa estar muito bem alinhada , caso contrário será uma dor de cabeça atrás da outra e FI na tela o tempo todo .
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Estrada
Quilometragem:
50
Manutenção:
Difício
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Avaliação de ERICK DE MACEDO GRUND
Enviada em 10/07/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
2 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
Beleza, não tem custom mais bonita! Design moderno e esportivo! Em nada lembra as tradicionais customs, com aquele ar antigo! Foi a única que me atraiu!
Maior potência máxima da categoria, 80,7 cv! É um motorzão!
Maior curso de suspensão da categoria: dianteira invertida com regulagem e curso de 126 mm: traseira com regulagem em 5 posições e curso de 130 mm.
Altura do solo: 16 cm - se não me engano, é a maior entre as customs!
Um amigo que já teve um a Shadow 750, deu uma volta, inclusive em rua com paralelepípedo, e disse que a Mirage é bem mais macia!
Consumo entre 16 a 18 km/l na cidade! Ainda quero viajar com ela, por enquanto, ainda não deu!
É minha primeira moto custom, e provavelmente será a única! Prefiro as on/off e big trail!
Ainda estou me acostumando com uma custom, pois tinha uma Ténéré 250, bem mais leve e mais macia!!
Se for possível, não venderei, e comprarei o meu sonho de consumo que é a Ténéré 660 standart!
Contras:
Kasinski!
Descontinuada!
Concessionária com preços de peças muito alto!
Comparando com a Ténéré 250, é muito dura! kkkk
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
12500
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 06/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
16 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
Bonita, potente, estabilidade, freios. Prazer ao pilotar. Bom consumo para este motor, média de 18 km/l. Minha segunda Mirage 650 que comprei com 800 km.
Contras:
Bancos que precisam ser modificados para deixar mais confortável, farol fraco necessitando lâmpada melhor e/ou colocar farol auxiliar. Podia ter uma sexta marcha.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Estrada
Quilometragem:
5800
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 02/09/2020
SIM
Esta análise foi útil para você?
11 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
Uma Custom de estilo, motor potente e confortável, preço acessível. Apesar de não ter representante da fabrica no país as peças na sua maioria são fáceis de achar ou importar.
Contras:
Fabricante sem representação no Brasil.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
25000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 09/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
21 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
Beleza, não tem custom mais bonita! Design moderno e esportivo! Em nada lembra as tradicionais customs, com aquele ar antigo! Foi a única que me atraiu!
Maior potência máxima da categoria, 80,7 cv! É um motorzão!
Maior curso de suspensão da categoria: dianteira invertida com regulagem e curso de 126 mm: traseira com regulagem em 5 posições e curso de 130 mm.
Altura do solo: 16 cm - se não me engano, é a maior entre as customs!
Um amigo que já teve um a Shadow 750, deu uma volta, inclusive em rua com paralelepípedo, e disse que a Mirage é bem mais macia!
Consumo entre 16 a 18 km/l na cidade! Ainda quero viajar com ela, por enquanto, ainda não deu!
É minha primeira moto custom, e provavelmente será a única! Prefiro as on/off e big trail!
Ainda estou me acostumando com uma custom, pois tinha uma Ténéré 250, bem mais leve e mais macia!!
Se for possível, não venderei, e comprarei o meu sonho de consumo que é a Ténéré 660 standart!
Fiz a revisão dos 12.000 km, mais instalação do GPS,+/- R$650,00.
Contras:
Kasinski!
Descontinuada!
Concessionária com preços de peças muito alto, mas encontra-se pela internet.
Comparando com a Ténéré 250, é muito dura! kkkk
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
12500
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 13/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
16 pessoas gostaram
mais opções

Outras motos Kasinski à venda

De R$ 22.500,00 a R$ 22.500,00 entre 2 ofertas
Kasinski Mirage 650
R$ 22.500,00
Kasinski Mirage 650
Kasinski Mirage 650
R$ 23.000,00
Kasinski Mirage 650

Guias de motos Kasinski

foto moto kasinski/mirage-150 Kasinski Mirage 150
Kasinski Mirage 150
foto moto kasinski/mirage-650 Kasinski Mirage 650
Kasinski Mirage 650
foto moto kasinski/prima-150 Kasinski Prima 150
Kasinski Prima 150
foto moto kasinski/prima Kasinski Prima
Kasinski Prima
foto moto kasinski/rx-125 Kasinski RX 125
Kasinski RX 125

Notícias sobre motos da Kasinski

capa noticia Ex-parceira da Kasinski, marca apresenta nova moto elétrica adventure
Ex-parceira da Kasinski, marca apresenta nova moto elétrica adventure
Ex-parceira da Kasinski, marca apresenta nova moto elétrica adventure
capa noticia Aquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil
Aquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil
Aquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil
capa noticia Motos Kasinski: que fim levou sua parceria, a Hyosung
Motos Kasinski: que fim levou sua parceria, a Hyosung
Motos Kasinski: que fim levou sua parceria, a Hyosung
capa noticia Kasinski: nada mudou
Kasinski: nada mudou
Kasinski: nada mudou