Foto: Bitenca

Escalada, Strada com defeito, câmbio duro

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Boa Tarde! Atualmente, possuo uma GS 500 E ano/mod 01/02. Estou super satisfeito com a moto: a ciclística é fantástica, o desempenho me surpreendeu, dentre outras coisas. A questão é: surgiu a oportunidade de eu adquirir uma Bandit 600 ano/mod 01/01(é, infelizmente para eu ter uma moto desse porte, só usada mesmo). Gostaria de saber qual a opinião de vcs à respeito dessa “escalada”. Esclarecendo que a moto é de procedencia confiável. Desde já agradeço pela atenção. Felipe, 26, São Mateus, ES
R: Felipe, a escalada não será tanta assim, a GS500 é uma moto média tanto quanto a Bandit 600. A maior diferença que você vai sentir é causada pela configuração do motor, que na Bandit é de quatro cilindros contra dois na GS. Vai ter um pico de potência maior na Bandit em detrimento de torque em baixa, mas isso será quase imperceptível porque em velocidades normais o que a sua nova moto proporciona é bastante razoável. Vai sentir melhor aceleração e uma ciclística um pouco mais pesada, por causa da maior massa do motor. Vai perder em economia de combustível também, mas isso faz parte, boa sorte

Queria uma ajuda d vocês, tenho uma cbx 200 strada, ano 2001, troquei as valvulas a 3 (tres) meses, fiz uma limpeza geral nocarburador, troquei reparo, boia, lavaei até o tanque, só que toda vez q passo dos 20 a 30 kilometros rodados que o motar já quente, a moto começa a falhar, engasgando, será que pode ser a parte eletrica quando esquenta, peço uma ajuda de voces, não sei mais o que fazer, Andress, 29, Brasília, DF.
R: Andress, há três componentes que fazem um motor funcionar: Compressão, Combustível e Ignição. Você deve verificar as condições desses itens para garantir o funcionamento do motor.
1- meça a compressão do motor e verifique se está dentro do valor especificado (veja num manual de serviço). Verifique as folgas das válvulas e tenha certeza que o comando está sincronizado e sem folga excessiva na corrente. Se estiver ok;
2- Verifique as condições do carburador, nível de bóia, agulhas e giclês limpos, nas posições originais de fábrica, Teste o fluxo de combustível pela torneira, preencha um copo e veja se a gasolina flui corretamente. Se não for isso;
3- Teste a ignição com o dispositivo apropriado ou substitua o CDI e o disparador um de cada vez para testar se a condição do defeito se resolve.
De acordo com o jeito da falha um mecânico experiente pode ter a intuição de identificar rapidamente esse problema, mas se não for possível consiga um manual de serviço e verifique esses três itens. Boa sorte.

Foto: Divulgação Suzuki Freewind

Foto: Divulgação Suzuki Freewind

Olá! possuo uma CB500 1998, nunca tive moto grande antes, a maior que tive foi uma Twister, andando com a 500, percebi que as vezes é ruim de engatar, passar da primeira para a segunda marcha, parece que enrosca e não entra a marcha e só depois de 2 ou 3 tentativas a desgraçada entra, porque sera que acontece isso? para engatar as outras marchas é tranquilo, entra facinho, o unico problema é da 1 para a 2? por favor me de resposta! obrigado! 22, Dois Vizihos, PR
Marlon, Normalmente ao mudar para uma moto maior você vai sentir o cambio mais duro, porque nelas tudo é maior e mais pesado. Mas nada tão problemático assim, verifique se o óleo é o especificado no manual e troque. Se não resolver pode ser que tenha que abrir o cambio para consertar. Pior do que não entrar é a marcha escapar, se isso acontecer pare imediatamente e mande consertar. Servicinho caro esse amigo, prepare-se.