Inspeção de segurança veicular pode reduzir em 34% as mortes no trânsito

Estudos realizados pelo GMA – Grupo de Manutenção Automotiva, que foram apresentados em audiência pública em Brasília, no último dia 14 de outubro, mostram que a implantação da Inspeção Técnica Veicular pode reduzir em até 30% o número de acidentes, salvando 12 mil vidas ao ano (média de 33 pessoas ao dia).

A inspeção também contribui sensivelmente para economia em gastos com a saúde pública, o que permitirá aumentar a aplicação de recursos em melhorias de infra-estrutura, como aumento de leitos hospitalares e políticas de prevenção de doenças, lembrando que, segundo o IPEA (dados de 2006), os custos com a saúde pública em geral chegam a R$ 24,6 bilhões de reais por ano, metade do orçamento da Previdência Social .

A Inspeção Técnica Veicular já existe em quase 50 países de todos os continentes com resultados que demonstram a eficácia da medida na redução de acidentes de trânsito.

No Brasil, a norma 14.624 da ABNT, prevê que serão inspecionados 10 sistemas dos veículos e mais de 300 itens desses sistemas com o objetivo de assegurar que, principalmente, componentes ligados diretamente à segurança do veículo (direção, freios, suspensão, pneus e rodas) funcionem adequadamente.

Enquanto no Japão ocorrem 1,77 mortes para cada 10.000 acidentes, na Europa 2,7 mortes / 10.000 acidentes e Costa Rica 2,8 mortes / 10.000 acidentes, no Brasil, o número é muito inferior são 12,4 mortes / 10.000 acidentes, perto de cinco vezes mais do que o caso da Costa Rica, ainda em evolução positiva, mas que é o pior dentre os paises que mais avançaram nesse quesito.

A medida também tem impacto econômico e representa a geração de 65 mil postos de trabalho em oficinas de reparação, montadoras, indústria de autopeças, estações de inspeção e criação de sistema de desmontagem e remanufatura de peças.

Saiba mais sobre a Inspeção Técnica Veicular – Desde 1997, existe a resolução nº 84 do Contran (artigo 104 do Código de Trânsito Brasileiro, conforme lei 9.503 de 23/09/97), que prevê a implantação da Inspeção Técnica Veicular no País e que ainda não foi implementada. Em 2001, houve outra tentativa com a apresentação à Câmara dos Deputados o projeto de lei 5.979 que estabelecia as condições para a implantação da inspeção de segurança e que até hoje aguarda um parecer no Congresso.