final-arena-cross-2017-1

Jean Ramos fatura o bicampeonato no Arena Cross

O paranaense Jean Ramos (Yamaha Geração) confirmou seu favoritismo e venceu o Arena Cross 2017. Para conquistar o bicampeonato, usou parcimônia. O piloto venceu duas etapas anteriormente e entrou na pista de Lençóis Paulista, onde aconteceu a final neste final de semana, com 17 pontos de vantagem. Então, com o regulamento sob os braços, fez uma corrida equilibrada e sem correr riscos, ficando com o quarto lugar nas duas baterias. No final deu certo e, assim como em 2016, o brasileiro levou para casa o título.

Mais do que muito braço, foi preciso ter a melhor estratégia. Jean Ramos é bicampeão do Arena Cross. Foto: Tiago Lopes/Yamaha Geração

Mais do que muito braço, foi preciso ter a melhor estratégia. Jean Ramos é bicampeão do Arena Cross. Foto: Tiago Lopes/Yamaha Geração

Em abril, Jean Ramos e sua YZ450F venceram a abertura do campeonato, voltando ao ponto mais alto do pódio também na etapa seguinte. Após, chegou à final com a missão de confirmar o título – o que fez com sabedoria, controlando as duas baterias da noite para evitar que um erro grave lhe tirasse o troféu. “Arena Cross é emoção até a última volta. Na primeira bateria fui um pouco mais agressivo e na segunda administrei o resultado. Foi uma das provas mais longas da minha vida. Mas graças a Deus deu tudo certo. O campeonato não foi vencido só hoje, mas ao longo de toda temporada”, destacou o campeão.

Hector Assunção fez sua parte. Piloto ficou em segundo na etapa final, mas não conseguiu passar os pontos de Ramos. Foto: Wander Roberto/Vipcomm

Hector Assunção fez sua parte. Piloto ficou em segundo na etapa final, mas não conseguiu passar os pontos de Ramos. Foto: Wander Roberto/Vipcomm

Apostando em um eventual erro de Jean, a dupla de Honda Racing tratou de fazer sua parte e conquistar uma dobradinha o português Paulo Alberto venceu a etapa final e o paulista Hector Assunção chegou em segundo. Com o resultado, Hector somou 117 pontos (contra 126 de Ramos) e ficou com o vice-campeonato, seguido por Paulo, com 113. “Claro que corremos para ser campeão. Não deu, mas estou contente com o resultado desta última etapa, em que fiz dobradinha com o Paulo Alberto, e com o vice-campeonato. Em 2018 vamos para cima”, destacou Hector. “Fizemos a nossa parte mais uma vez. Estou feliz com o desempenho nesta reta final. Agora estamos na expectativa de fazer uma temporada ainda melhor em 2018″, completou o português.

Rafael Becker vence na 50cc do Arena Cross 2017

Rafael Becker é o fenômeno das 50cc. Piloto venceu todas as etapas e liderou a final de ponta a ponta. É o terceiro título do garoto no Arena Cross. Foto: Tiago Lopes/Arena Cross

Rafael Becker é o fenômeno das 50cc. Piloto venceu todas as etapas e liderou a final de ponta a ponta. É o terceiro título do garoto no Arena Cross. Foto: Tiago Lopes/Arena Cross

Se na categoria Pro o título veio com disputas acirradas e na escolha certa das estratégias, na 50cc o jovem e talentoso Rafael Becker sobrou em pista. O piloto venceu todas as etapas da temporada, incluindo a final, no interior paulista. Com quatro vitórias em quatro etapas, os 90 pontos garantiram o terceiro título do piloto no Arena. O vice-campeão foi Luiz Tapari, que terminou com 61 pontos, seguido de perto pelo terceiro colocado, Francisco Emílio, que encerrou o ano com 60 pontos.

Resultados da final do Arena Cross 2017

1. Paulo Alberto / 1-1 nas baterias

Lençois Paulista, no interior de São Paulo, recebeu a final do Arena Cross. Em 2017, evento adotou formato internacional. Foto: MM Imagens/Arena Cross

Lençois Paulista, no interior de São Paulo, recebeu a final do Arena Cross. Em 2017, evento adotou formato internacional. Foto: MM Imagens/Arena Cross

2. Hector Assunção / 3-2 nas baterias
3. Humberto Martin / 5-3 nas baterias
4. Jean Ramos / 4-4 nas baterias
5. Jetro Salazar / 7-5 nas baterias

Classificação final Arena Cross 2017

Jean Ramos #1 – Yamaha/Geração – 126 pontos
Hector Assunção #30 – Honda Racing Brasil – 117 pontos
Paulo Alberto #211 – Honda Racing Brasil – 113 pontos
Humberto Martin #101 – Rota K – Reganhão Racing/Kawasaki – 106 pontos
Adam Chatfield #407 – Dunas/Honda – 102 pontos
Jetro Salazar #920 – Escuderia X/Honda – 82 pontos
Dudu Lima #2 – Kawasaki/EMG – 80 pontos
João Pedro Ribeiro #282 – Ipiranga/Honda – 58 pontos
Marcello Lima #5 – Kawasaki/EMG – 53 pontos
10º Caio Lopes #134 – Rota K – Reganhão Racing/Kawasaki – 49 pontos
11º Lucas Dunka #934 – Escuderia X/Honda – 41 pontos
12º Fábio Santos #4 – Yamaha/Geração – 38 pontos
13º Thales Villardi #27 – Subs27/Husqvarna – 38 pontos
14º Leandro Pará #958 – Escuderia X/Honda – 21 pontos
15º Mattis Karro #91 – Honda/Racing – 2 pontos

Separador_motos

Fonte: Vipcoom; Imprensa Geração Racing; Romagnoli



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.