Ministério quer triplicar alunos na educação profissional a distância

O Minist‚rio da Educa‡Æo quer triplicar o n£mero de alunos matriculados na educa‡Æo profissional e tecnol¢gica.

Uma importante estrat‚gia que favorecer  esta meta foi publicada nesta sexta-feira, 27, no Di rio Oficial da UniÆo. O Edital de Sele‡Æo n§ 001/2007, parceria entre a Secretaria de Educa‡Æo Profissional e Tecnol¢gica (Setec/MEC) e a Secretaria de Educa‡Æo a Distƒncia (Seed/MEC) tem o objetivo de formar uma rede de educa‡Æo profissional nas institui‡äes p£blicas de ensino (federais, municipais e estaduais), por meio da modalidade educa‡Æo a distƒncia.

“Pretendemos estabelecer uma rede nacional de forma‡Æo de professores, com equipes t‚cnicas de orienta‡Æo escolar voltada para a educa‡Æo profissional de n¡vel m‚dio, utilizando recursos e metodologias da educa‡Æo a distƒncia”, explica o secret rio de Educa‡Æo Profissional e Tecnol¢gica, Eliezer Pacheco.

As institui‡äes p£blicas federais, estaduais ou municipais poderÆo apresentar propostas para a implanta‡Æo dos cursos t‚cnicos de n¡vel m‚dio. Para tal, terÆo que apresentar um plano de adequa‡Æo da escola para que seja oferecida essa modalidade de curso a distƒncia.

A primeira etapa ser  a sele‡Æo das institui‡äes que ofertarÆo os cursos. Em seguida, serÆo oferecidos cursos de forma‡Æo para os professores em educa‡Æo profissional a distƒncia. A terceira e £ltima etapa ser  a oferta de curso t‚cnico de n¡vel m‚dio a distƒncia aos alunos daquela localidade.

Objetivo – O objetivo do Minist‚rio da Educa‡Æo ‚ que todos os munic¡pios brasileiros tenham, pelo menos, uma escola oferecendo a educa‡Æo profissional. “Hoje temos um total de 700 mil matriculados no ensino profissionalizante. A nossa meta ‚ que esse n£mero chegue a dois milhäes nos pr¢ximos quatro anos”, afirmou Eliezer Pacheco.

As escolas tˆm prazo de 60 dias para elabora‡Æo e envio de propostas. O resultado final ser  divulgado em janeiro de 2008. No per¡odo de janeiro a mar‡o de 2008, estÆo previstas atividades para a adequa‡Æo das institui‡äes, prepara‡Æo dos orientadores educacionais, produ‡Æo de material did tico e demais ajustes. A previsÆo de in¡cio dos cursos ‚ a partir de mar‡o de 2008. Mais informa‡äes na p gina eletr“nica da Setec.