yamaha-salao-duas-rodas-1

Salão Duas Rodas 2019 ganha data; relembre a última edição

Quer sentir de perto todas as emoções de um dos maiores salões de motos do mundo sem sair do Brasil? Então anote na agenda! O Salão Duas Rodas 2019 acontecerá de 19 a 24 de novembro, no São Paulo Expo (mesmo local que recebeu a última edição), na capital paulista. O evento será organizado pela empresa Reed Exhibitions Alcantara Machado que assinou um contrato junto da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) garantindo a realização do Salão até 2025.

Maior evento do segmento na América Latina, o Salão Duas Rodas 2019 já tem data para acontecer: de 19 a 24 de novembro. Relembre como foi a última edição

Maior evento do segmento na América Latina, o Salão Duas Rodas 2019 já tem data para acontecer: de 19 a 24 de novembro. Relembre como foi a última edição

O Salão Duas Rodas 2019 irá surfar na boa onda que (finalmente) vive o setor de motocicletas no País. Depois de seis anos consecutivas de queda (de 2011 a 2017, quando as vendas caíram de 1,9 milhão para 846 mil unidades/ano), em 2018 o segmento mostrou recuperação, fechando o calendário com mais de 930 mil motos comercializadas. Aliás, há uma série de motivos para acreditarmos na retomada do crescimento do setor, saiba mais aqui.

* Leia, também *
O mercado de motos, sem maquiagem (com números de venda por marca, estilo e tamanho de motor)
Otimismo acelera o mercado de motos no Brasil

Abraciclo e Reed Exhibitions Alcantara Machado assinam contrato de oito anos, garantindo mais quatro edições do Salão

Abraciclo e Reed Exhibitions Alcantara Machado assinam contrato de oito anos, garantindo mais quatro edições do Salão

Otimismo

A previsão é que em 2019 sejam produzidas 1.080.000 motocicletas em solo brasileiro e o Salão Duas Rodas tem papel de destaque na retomada do crescimento. “Além de representar a força desse importante setor econômico, a 15ª edição do Salão Duas Rodas será realizada em um momento estratégico de retomada de mercado e certamente veremos grandes lançamentos, novidades e uma série de atrações, para que o evento continue sendo um dos maiores e melhores do mundo no segmento”, afirma Leandro Lara, diretor do Salão Duas Rodas.

Salão Duas Rodas 2019 e 2017 – relembre a última edição

Como dito dois parágrafos acima, o Salão Duas Rodas é importante para o segmento, servindo como um termômetro do mercado. Prova disso foi que a edição de 2017, que ocorreu em novembro daquele ano, teve um clima de ‘retomada’, mostrando que as esperanças no nicho haviam sido renovadas por parte das marcas, empresários e público – o que, de fato, aconteceu. Relembre aqui.

Com o maior stand no Salão Duas Rodas 2017, a Honda apresentou 77 modelos, entre conceitos, motos de competição e motocicletas que em breve chegariam às ruas - como a CBR 1000RR Fireblade

Com o maior stand no Salão Duas Rodas 2017, a Honda apresentou 77 modelos, entre conceitos, motos de competição e motocicletas que em breve chegariam às ruas – como a CBR 1000RR Fireblade

Aproveitando para fazer uma síntese dos principais expositores, comecemos pela que ocupou a maior área quadrada do São Paulo Expo. A HONDA apresentou (nada menos de) 77 modelos em seu stand, com destaque para lançamentos que chegariam em breve ao mercado, como as novas CBR 1000RR Fireblade, X-ADV e Biz. Relembre.

Yamaha apostou na interatividade, com músicas ao vivo, presença de artistas e experiências de pilotagem ao público. Também exibiu itens de Valentino Rossi e seus principais lançamentos da época, como a então recém lançada Fazer 250 ABS

Yamaha apostou na interatividade, com músicas ao vivo, presença de artistas e experiências de pilotagem ao público. Também exibiu itens de Valentino Rossi e seus principais lançamentos da época, como a então recém lançada Fazer 250 ABS

Já a YAMAHA apostou em experiências sensoriais, através, por exemplo, do simulador Yamaha Motion Sphere – onde, com R1 de verdade dentro de um globo, os visitantes sentiam na pele como é pilotar uma superesportiva numa pista de corrida. A marca também expôs roupas de Valentino Rossi e lançamentos recentes, como a Crosser 150Z (aquela com paralama dianteiro alto) e a nova geração da Fazer 250 ABS. Saiba mais.

A sensação no stand da KTM foi a (então) nova DUKE 390 ABS, que em breve chegaria ao mercado. A DUCATI apresentou motos como a Supersport S, a 959 Panigale e o novo modelo de entrada da marca, a Monser 797. Já a SUZUKI exibiu motos de alta cilindrada, como GSX-R 1000 e V-Strom 650XT, e também modelos da Kymco e HaoJue.

A VESPA também tinha um stand, lembra? E nele apresentou seu scooter de entrada, o Classic VXL 150, que seria ofertado por R$ 18.500,00, e um novo modelo de negócios no País – que, de fato, não se viu nas ruas. Outra baixa no mercado foi a INDIAN, que apresentou cautela no Salão Duas Rodas e acabou interrompendo as operações no Brasil no ano seguinte.

KAWASAKI apresentou as novíssimas Versys-X 300 e Z900RS, que em breve chegaram ao mercado, assim como as novidades da BMW Motorrad. O stand da HARLEY-DAVIDSON também era um espetáculo à parte, com música ao vivo e exposição das novas touring e família Softail. Next 300 e Apache RTR200 foram destaque no espaço da DAFRA e a TRIUMPH mostrou novidades em sua linha clássica e bigtrail.

Em 2017 a ROYAL ENFIELD debutou no Salão, apresentando seu lineup e uma edição especial de motos clássicas. E para 2019, quais serão as novidades das marcas? Estamos aguardando!

Separador_textos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever