Foto: Anderson Amaral na expectativa de comemorar seu primeiro título brasileiro em Nova Friburgo

2B Duracell Racing participa de último teste antes do MX das Nações

Foto: Anderson Amaral na expectativa de comemorar seu primeiro título brasileiro em Nova Friburgo

Foto: Anderson Amaral na expectativa de comemorar seu primeiro título brasileiro em Nova Friburgo

A equipe 2B Duracell Racing parte reforçada e com motivação extra para a 6ª etapa do Brasileiro de Motocross, que acontece este fim de semana (18 e 19 de setembro), em Nova Friburgo, no Rio de Janeiro. Principal destaque do time, Balbi retorna à competição e faz sua última prova antes do Motocross das Nações, principal foco do piloto para este final de temporada.

A 2B Duracell Racing será a única equipe do Brasil a enviar dois representantes para o Nações. Além de Balbi, que representa o país na categoria MX3, Pipo foi o nome escolhido para competir na MX2.

Apesar de estarem se preparando para o Nações, os dois chegam muito focados e dispostos a conseguir um resultado excelente em Nova Friburgo, no Rio de Janeiro. “Estou super feliz de voltar às pistas do brasileiro, infelizmente eu me machuquei e não pude participar do campeonato inteiro, mas chego com muita disposição”, declarou Jorge Balbi.

Para Pipo, a competição nacional não pode ser encarada apenas como preparação. “Claro que o meu principal foco é o Nações, mas sou vice-líder no Brasileiro e não posso bobear. Por isso, estou muito concentrado e espero dar o meu melhor também nesta etapa”, disse.

Desde que se contundiu na 3ª etapa da Superliga, em Chapecó, SC, no dia 19 de junho, que Balbi não participa de uma competição nacional. O piloto passou quase 40 dias em recuperação e, depois disso, participou do “Motocross das Celebridades”, no México, e de duas etapas do Mundial de Motocross, uma em Campo Grande, no Brasil, onde a 2B Duracell foi a melhor equipe nacional e teve Balbi e Pipo como melhores brasileiros na etapa. A outra participação foi em Fermo – Itália onde Balbi foi o único brasileiro destaque entre os mais de 80 pilotos estrangeiros inscritos.

Agora, o piloto espera finalizar a temporada participando das etapas restantes do Campeonato Brasileiro. “Queria chegar nestas etapas em outras condições, brigando pelo título mas, infelizmente, não foi possível este ano por causa da contusão. Apesar disso, quero dar o meu melhor e conseguir o máximo de vitórias para a equipe”, disse Balbi.

Além dos dois, a equipe contará ainda com os pilotos Nivaldo Viana, na categoria 230cc e Anderson Amaral, na 85cc. Atualmente na terceira colocação do campeonato, Nivaldo espera realizar uma boa prova para retomar a vice-liderança da competição.

“Infelizmente, o título ficou um pouco longe pra mim. O que eu tenho que fazer agora é entrar na pista, dar o meu melhor e tentar ganhar a prova. Se alguma coisa acontecer e eu voltar a brigar pelo título, melhor ainda”, disse.

Se para Nivaldo o título está distante, para a promessa Anderson Amaral o campeonato parece ser só uma questão de tempo. Invicto na competição, o piloto espera uma posição oficial da Confederação Brasileira de Motociclismo para saber quais as chances de comemorar o título já no Rio de Janeiro.

“Faltando apenas dois dias para a prova, ainda não temos a confirmação da Confederação sobre quantas etapas da 85cc irão acontecer e, por isso, não sabemos quais as chances do Anderson ser campeão antecipado. Isto é ruim para o campeonato, para os patrocinadores e para as equipes e, quem perde, é o esporte”, lamentou Aguimar Neto, gerente da 2B Duracell Racing.

Apesar da indefinição, o piloto se mostra tranqüilo. “O importante é ser campeão depois da última etapa. Se vou ganhar agora, na próxima, ou na última, não me preocupa. O importante é estar focado. Se eu andar bem e ganhar todas, tenho certeza que serei campeão”, destacou Amaral.

Outro integrante da equipe que retorna às pistas este fim de semana é Rodrigo Lama. O piloto participa da 2ª etapa do Sergipano de MotoCross, que deve contar com cerca de 90 pilotos de todo o nordeste. A prova acontece em Itabi, que fica a 150 km de Aracaju.

A 2B Duracell Racing tem o patrocínio de Gilette, Monster Energy, Ariel, Mobil, i9/Coca-Cola, Mormaii, Café Fino Grão e Mart Plus. Os patrocinadores/fornecedores são NFS, NEYFA, Pirelli, Laquila e MRPRO.