ALL realiza campanha de segurança em cruzamentos

Blitz educativa ‚ dirigida para motoristas e pedestres que circulam nos cruzamentos de Embu-Gua‡£.

A Am‚rica Latina Log¡stica (ALL) realiza amanhÆ, dia 04 (ter‡a-feira), blitze de seguran‡a nas passagens em n¡vel (cruzamento da rodovia com a ferrovia) de Embu-Gua‡£. O objetivo da a‡Æo ‚ minimizar o risco de acidentes envolvendo ve¡culos, pedestres e trens em cruzamentos dos principais munic¡pios onde h  circula‡Æo ferrovi ria.

Cerca de 10 colaboradores que fazem parte do programa de voluntariado da empresa Amigo da Comunidade, participarÆo da campanha na cidade. Al‚m da orienta‡Æo aos motoristas, os volunt rios tamb‚m distribuirÆo materiais informativos como folders e kits com jogos educativos para crian‡as.

“Muita gente nÆo d  importƒncia ao cruzamento f‚rreo e atravessa sem certificar-se de que nÆo est  vindo nenhum trem”, diz o gerente da Unidade de Produ‡Æo da ALL, Saulo Rech Borella.

As blitzes de seguran‡a serÆo realizadas nas PNs da Rua Celso Ten¢rio de Brito (9h30 …s 11h) e Estrada de Embu-Gua‡£ – Cip¢ (14h …s 15h30).

Em Embu-Gua‡£, a ALL conta com o apoio da Secretaria Municipal de Trƒnsito, o que garante credibilidade e seguran‡a … campanha.  a primeira vez que uma a‡Æo de conscientiza‡Æo deste tipo ‚ realizada na cidade.

Sinaliza‡Æo – Pelo C¢digo de Trƒnsito Brasileiro, institu¡do pela Lei 9503 (artigos 9§ – par grafo 1§ -, e 21§), de 23/09/97, a responsabilidade de sinaliza‡Æo nas Passagens em N¡vel ‚ da Prefeitura. Mas, como a seguran‡a ‚ uma das principais prioridades da ALL, a empresa investiu na campanha e sinalizou 269 PNs em toda sua malha (estados de SP, MT, MS, RS, PR e SC).

A a‡Æo faz parte da Campanha de Seguran‡a em Passagens em N¡vel 2007, com investimento de R$ 1 milhÆo na instala‡Æo de novas sinaliza‡äes, manuten‡Æo das j  existentes e blitz educativa.

“Tanto a sinaliza‡Æo das Passagens em N¡vel quanto as blitz educativa tˆm como objetivo conscientizar pedestres, motoristas e crian‡as dos perigos que a ferrovia pode oferecer. Este ‚ um importante instrumento para diminuir o ¡ndice de acidentes no per¡metro urbano das cidades”, explica Simone Bissoto, gerente de Rela‡äes Corporativas da ALL.

Durante a campanha, as sinaliza‡äes instaladas foram placas de Pare, placa de Pare/Olhe/Escute, Cruz de Santo Andr‚, marca‡Æo de solo com “X”, tachäes e faixas de solo de proibida a ultrapassagem e lombada.

Para definir qual o tipo de sinaliza‡Æo que cada PN iria receber, a empresa analisou o fluxo de ve¡culos no local, visibilidade da rodovia, da ferrovia e velocidade m‚dia. A ALL tamb‚m est  analisando todas as PNs que j  possuem sinaliza‡Æo que, se necess rio, ser  refor‡ada.

Campanhas – Para minimizar os riscos de incidentes envolvendo ve¡culos e pessoas com composi‡äes ferrovi rias, a ALL realiza, h  seis anos, campanhas de conscientiza‡Æo em passagens em n¡vel no trecho que administra no sul do pa¡s. Desde que foram iniciadas, essas a‡äes j  reduziram em 64% o ¡ndice de acidentes nas passagens em n¡vel.

Neste ano, a empresa est  expandindo as campanhas de conscientiza‡Æo tamb‚m para o trecho adquirido em maio do ano passado (ferrovias Ferroban, Ferronorte e Novoeste).

Nos munic¡pios em que realiza a campanha, a ALL sempre busca o apoio da prefeitura e dos ¢rgÆos de trƒnsito, o que garante o melhor aproveitamento da a‡Æo.

Preferencial – De acordo com o C¢digo Nacional de Trƒnsito, a linha f‚rrea ‚ sempre preferencial, e ‚ infra‡Æo grav¡ssima, sujeito a perda de sete pontos na carteira, transp“-la sem parar. A multa para esta infra‡Æo ‚ de 175,84 ufirs (R$ 186,39). Isso porque que o trem, ao contr rio dos demais ve¡culos, precisa de mais de 500 metros para parar totalmente, mesmo ap¢s o maquinista acionar os freios. “No inverno, o risco de acidentes aumenta. As pessoas dirigem com os vidros do carro fechados e, com o som ligado em volume alto, nÆo se escuta a buzina do trem”, alerta o gerente.