Anvisa triplica lista de contaminantes e aperta o cerco à distribuidoras de água

Anvisa triplica lista de contaminantes e aperta o cerco … distribuidoras de  gua

Agˆncia Nacional de Vigilƒncia Sanit ria inclui agrot¢xicos e desinfetantes e eleva de 20 para 58 a quantidade de compostos a serem verificados para atestar a qualidade do produto. Testes devem ficar … disposi‡Æo dos consumidores.

A Agˆncia Nacional de Vigilƒncia Sanit ria (Anvisa) resolveu apertar o cerco …s distribuidoras de  gua mineral do Brasil e elevou de 20 para 58 o n£mero de substƒncias classificadas como contaminantes ao l¡quido. Entraram na lista compostos orgƒnicos e componentes de agrot¢xicos e desinfetantes.

A norma foi estabelecida atrav‚s da RDC 274 de 22 de setembro de 2005 com prazo de um ano para a adequa‡Æo das empresas. Portanto, desde o final de 2006, os testes anuais, que devem ficar … disposi‡Æo de autoridades e consumidores, j  devem ser feitos sob os novos parƒmetros.

De acordo com a Anvisa, h  uma “necessidade de constante aperfei‡oamento das a‡äes de controle sanit rio na  rea de alimentos, visando a prote‡Æo … sa£de da popula‡Æo”. A nova norma substitui a RDC 54, de 15 de junho de 2000.

Dentre as substƒncias barradas pelo ¢rgÆo, ligado ao Minist‚rio da Sa£de, estÆo o Cloreto de Vinila e o 1,2 Dicloroetano (orgƒnicas); o DDT e o BHC, presentes em pesticidas; e o Bromato e o Clorito, compostos de desinfetantes. Todas sÆo cancer¡genas, bem como boa parte do restante das inclu¡das.

A mudan‡a foi comemorada por H‚lio Carvalho, gerente de controle de qualidade da H2O Crystal, a quinta maior distribuidora do Brasil. “O cerco ao mau distribuidor est  ainda mais fechado. Mas, para que ele seja eficiente, ‚ necess ria uma fiscaliza‡Æo rigorosa e a‡äes r¡gidas para que o cidadÆo tome em casa apenas  gua mineral, que tÆo bem faz … sa£de.”

Tradi‡Æo de qualidade
A preocupa‡Æo da H2O Crystal com a qualidade da  gua mineral que distribui vem de longa data. A empresa foi uma das primeiras do Brasil a receber um certificado de registro de produto do Minist‚rio da Sa£de para comercializar este tipo de produto. Al‚m disso, o local onde se encontra a fonte est  sob vigˆncia de uma lei ambiental estadual h  mais de 30 anos.

A empresa mant‚m ainda uma constante e r¡gida preocupa‡Æo com o ecossistema, instalada numa  rea fora de per¡metro urbano com cerca de 500 hectares com fauna e flora ricas. A  gua utilizada na lavagem dos galäes, por exemplo, depois de usada, passa por um processo de limpeza que a devolve ao meio como pot vel. “Ambientalmente falando ‚ 100% correto”, diz Carvalho.

 dele tamb‚m a frase que ilustra bem a filosofia da empresa. “Da forma que ela sai da mina tem que chegar na residˆncia das pessoas.”