Foto: Felipe Zanol está prestes a conquistar o título do Campeonato Português de Enduro FIM

Felipe Zanol está a um passo do título do Campeonato Português de Enduro FIM

Foto: Felipe Zanol está prestes a conquistar o título do Campeonato Português de Enduro FIM

Foto: Felipe Zanol está prestes a conquistar o título do Campeonato Português de Enduro FIM

Piloto brasileiro patrocinado pela ASW precisa de um sétimo lugar para ser campeão neste final de semana, em Figueira da Foz

O brasileiro Felipe Zanol está prestes a conquistar o título do Campeonato Português de Enduro FIM, neste final de semana (12 e 13), em Figueira da Foz. O piloto chega à sexta etapa da competição com uma grande vantagem sobre os adversários na categoria Elite 2 e precisa somente de um sétimo lugar na prova para garantir a vitória. Com 195 pontos somados até agora, Zanol, que conta com o patrocínio da ASW, tem uma vantagem de 19 pontos sobre o segundo colocado, o português Mário Patrão.

O brasileiro fez uma ex celente campanha desde o início do campeonato. Prova disso é a diferença garantida sobre os adversários. A conquista deste título é muito esperada pelo piloto e pelo Team CRN/Motofundador, a equipe portuguesa da qual Zanol faz parte. Por isso, a diferença na pontuação é muito importante. “Conseguir esta folga na pontuação nos momentos finais do campeonato foi fundamental. Mesmo assim, não posso relaxar, porque isso pode ser muito perigoso. Não quero correr riscos. É muito importante conseguir as duas vitórias nesta última etapa, além do mais, terminar a competição vencendo é muito mais gostoso”, declarou o mineiro que utiliza durante as provas que disputa camisa e calça ASW Podium 08, capacete Acerbis Impact 08 e bota Acerbis X-Tight 08.

Zanol conta que está com os treinos em dia e pronto para fazer uma boa prova. “Consegui treinar bastante. As duas últimas semanas foram bem produtivas. Era necessário, até porque depois do Português terei duas etapas do Campeonato Mundial na seqüência. Serão três finais de semana seguidos de prova.”

O brasileiro avaliou de forma positiva sua evolução desde o início do campeonato. “Consegui evoluir muito no Português. Tenho conseguido vencer o Mário Patrão, que é um forte adversário. Este é o meu primeiro ano na competição e apesar de não conhecer os locais das provas, consegui fazer boas corridas. O segredo é fazer corridas tranqüilas e usar a cabeça”, contou. “Este título está sendo muito aguardado por mim, pela minha equipe e por todos que estão a meu lado”, finalizou Zanol.