Jean confirma o 7º lugar; Kolberg sobe uma posição

Dakar, Senegal – Em um dos mais duros Dakar de todos os tempos, o brasileiro Jean Azevedo andou entre os melhores pilotos do mundo e conquistou a s‚tima coloca‡Æo.

Na etapa de ontem, devido a um problema no motor no dia anterior, o piloto, poupou o acelerador e chegou na 19¦ posi‡Æo. “NÆo tinha nada a ganhar hoje. Era chegar e confirmar este excelente s‚timo lugar”, disse ao descer do p¢dio armado no Lago Rosa, tradicional linha de chegada do Dakar. Saudado pelo restante da equipe Petrobras Lubrax, Jean levou um banho de champanhe e foi jogado para o ar. Depois, concedeu entrevistas e foi cumprimentado por pilotos e dirigentes da prova.

O vencedor entre as motos foi o francˆs Cyril Despres. Assim como Jean, Despres preferiu nÆo arriscar. Ele foi o 16§ na etapa, mas manteve a apertada diferen‡a de 9min 17seg sobre o espanhol Marc Coma.

A etapa de hoje teve apenas 31 quil“metros de trecho cronometrado, ante os 8.956 quil“metros percorridos de Barcelona a Dakar. Nas motos, nÆo houve mudan‡as na classifica‡Æo geral por conta do pequeno trecho. J  entre os carros, uma das altera‡äes na tabela envolveu os brasileiros Klever Kolberg/Lourival Roldan. A dupla brasileira chegou na 9¦ coloca‡Æo e subiu uma posi‡Æo na tabela, confirmando a incr¡vel recupera‡Æo ap¢s o problema na embreagem do Mitsubishi Pajero. Ao longo do rali, Kolberg e Roldan chegaram a estar entre os dez primeiros colocados, ca¡ram para a 55¦ posi‡Æo e terminaram em 16§ lugar. “NÆo era o resultado esperado, mas um £nico problema no carro nos prejudicou muito”, disse Kolberg. “Mas estamos muito satisfeitos por termos andado sempre pr¢ximos dos mais r pidos”, completou Lourival Roldan.

A vit¢ria sobre quatro rodas ficou novamente nas mÆos do francˆs St‚phane Peterhansel e de seu navegador Jean-Paul Cottret. “Peter” j  venceu o Dakar seis vezes em motos e no ano passado conquistou o p¢dio nos carros, igualando-se a Hubert Auriol, o £nico at‚ entÆo a vencer em duas categorias a maior prova off road do mundo. Foi a quinta vit¢ria consecutiva da Mitsubishi. A marca japonesa comemora tamb‚m o d‚cimo t¡tulo nas areias do deserto.

Peterhansel e Cottret ficaram com uma vantagem de 27min 14seg de seus companheiros de equipe, Luc Alphand e Gilles Picard. Na terceira posi‡Æo na geral, chegou a dupla feminina Jutta Kleischmidt / Fabrizia Pons.

Nos caminhäes, vit¢ria tranquila para Firdaus Kabirov, da Kamaz. O russo ganhou o Dakar 2005 com uma grande vantagem de 6 horas, 04 minutos e 19 segundos sobre a dupla Yoshimasa Sugawara / Katsumi Hamura (Hino). Na etapa de hoje, de 68 quil“metros, Vladimir Tchaguine fez o melhor tempo – 24 minutos e 52 segundos.