Foto: Rafael Zenni, piloto da equipe Suzuki/Petrobras na categoria Pro, no Arena Cross

Leandro Silva levanta a arquibancada e vence em São Manuel

Foto: Rafael Zenni, piloto da equipe Suzuki/Petrobras na categoria Pro, no Arena Cross

Foto: Rafael Zenni, piloto da equipe Suzuki/Petrobras na categoria Pro, no Arena Cross

O piloto foi o destaque da nova categoria Pro na primeira etapa da competição e abriu vantagem na disputa por equipe

A abertura do Arena Cross 2009 foi um verdadeiro show para o público. Mesmo largando em segundo, Leandro Silva faturou a etapa e levou sua equipe Honda/Pirelli a largar na frente na disputa por equipes. A competi ção foi realizada no Recinto Mário Covas, em São Manuel, interior de São Paulo e, contou com cerca de oito mil pessoas. Os vencedores das outras categorias foram Hector Assunção – Team Honda (categoria Junior), Matheus Corguinha – Beijoca Lingerie (categoria 85cc), Gustavo Pessoa – ASW (categoria 65cc) e Enzo Lopes – Freeday (categoria 50cc).

“Fiz aniversário ontem. Essa vitória foi meu presente. Com esse novo formato a disputa foi muito acirrada. Mas graças a Deus consegui a vitória e larguei na frente no campeonato”, disse Leandro, que lamentou a ausência dos pais na pista, mas dedicou a vitória a eles.

O novo formato de disputas da categoria Pro (fusão da MX1 e MX2) entre os melhores pilotos nacionais da categoria causou grande impacto e levou o público ao delírio. A locução dos profissionais Chicão e Zezito completou a grande festa que tev e as arquibancadas lotadas.

Na primeira bateria da categoria Pro, Wellington Garcia (Honda/ASW) chegou a liderar a prova nas primeiras voltas, mas foi superado por Leandro Silva (Honda/Pirelli) que assumiu a liderança até o final e chegou em primeiro. Já na segunda e decisiva bateria, os motores roncaram mais fortes levantando o público. A largada foi igual à primeira bateria, mas Leandro Silva estava inspirado e conseguiu boa ultrapassagem vencendo a etapa de abertura.

Os organizadores do Arena Cross acertaram em cheio: a categoria Pro proporcionou baterias de altíssimo nível com disputas emocionantes. “Apesar do mau tempo, o público compareceu e a etapa de abertura foi maravilhosa. A disputa da categoria Pro foi ótima”, analisou Carlinhos Romagnolli, diretor da Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos, empresa que realiza o Arena Cross. “Com eçamos com o pé direito e tenho certeza que vamos fechar a temporada, em outubro, com chave de ouro”, acrescenta.

Tharcílio Baroni Júnior, prefeito de São Manuel, fez as honras na solenidade de abertura do evento. “São Manuel se projeta no mundo dos esportes com o Arena Cross. Muito obrigado ao Carlinhos (diretor da organização), patrocinadores, pilotos e público. E parabéns para todas as mães presentes”, disse.

Junior – A nova geração off-road ganhou espaço e fez bonito na arena. Hector Assunção liderou a prova de ponta a ponta não dando chances aos adversários. “Foi uma boa prova e consegui manter a liderança para conquistar a primeira etapa. Agora vou continuar treinando porque ainda tem muitas corridas pela frente”, disse o atleta. Na segunda e terceira posições ficaram Gustavo Takahashi e Rodrigo Rodrigues respectivamente . Os protagonistas nesta categoria são os pilotos com idade limite de 20 anos, que sobem das categorias juvenis. Assim, têm a oportunidade de mostrar talento na Júnior antes de entrar na disputa com os pilotos profissionais da categoria Pro.

85cc – Mesmo largando em segundo, Matheus Corguinha faturou a primeira etapa. “Não larguei bem, mas consegui ultrapassar o Gustavo e administrar a corrida até o final. Vou continuar treinando muito forte”, contou o piloto, que foi consolidando a vitória a cada volta. Em segundo ficou o Anderson Amaral seguido de Everaldo Lima Filho, natural de Goiânia.

65cc – Com muita vontade Gustavo Pessoa não deu chances aos adversários e faturou a primeira etapa da competição. “Eu treinei bastante e merecia essa vitória. A pista estava muito boa. Foi de coração e dedico essa conquista a toda minha família”, disse o atleta muito feliz. Na segunda posição ficou Wilgner Francisco, que se recuperou nas últimas voltas, seguido de Pepê Bueno.

50cc – Foi a primeira categoria a entrar na arena. Os pequenos pilotos aceleraram como gente grande. Enzo Lopes conquistou a primeira colocação. “Estou muito feliz com a vitória”, disse. Nessa categoria são atletas de cinco a nove anos. O mais jovem é Lucas Torres da Costa de apenas cinco anos que ficou na décima posição.

Disputa por equipes – é válida para a categoria Pro. As equipes são formadas por dois pilotos que somam pontos individualmente para sua equipe. Quem saiu na frente na disputa foi a equipe Honda/Pirelli que somou 64 pontos. O time campeão será decidido através de pontos, ou seja, a equipe que somar a maior pontuação ao final da temporada se rá a grande campeã do Arena Cross 2009.

O próximo desafio do Arena Cross está marcado para o dia 30 de maio, em São José, Santa Catarina.

Resultados – pilotos e equipes
Pro – 1 – Leandro Silva (Honda/Pirelli)
2 – Wellington Garcia (Honda/ASW)
3 – Rafael Zenni (Suzuki/Petrobras)
4 – Jean Ramos (Honda/Pirelli)
5 – Marcelo Lima (Honda/Mobil)

Junior – 1 – Hector Assunção (Team Honda)
2 – Gustavo Takahashi (Team Honda)
3 – Rodrigo Rodrigues (ASW)
4 – Rodrigo Andrade (Team Honda)
5 – João Paulo Feltz (Privado)

85cc – 1 – Matheus Corguinha (Beijoca Lingerie)
2 – Anderson Amaral (Privado)
3 – Everaldo Lima Filho (Team Honda)
4 – Raul Faustino (Honda)
5 – Marcos Paulo Holtmann (RR Moto)

65cc – 1 – Gustavo Pessoa (ASW)
2 – Wilgner Francisco (Escola Criativa)
3 – Pepe Bueno (Castello Works)
4 – Kioman Navarro (Tonim Bala)
5 – João Gabriel Michelin (Posto Sólon)

50cc – 1 – Enzo Lopes (Freeday)
2 – Guilherme Torres da Costa (Lem)
3 – Guilherme Grasse Rodrigues (GPC veículos)
4 – Lucas Cabral (GPC veículos)
5 – Leonardo da Silva (Jarva Racing)

Disputa por equipes:
1 – Honda/Pirelli
2 – Honda/ASW
3 – Suzuki/Petrobras
4 – Honda/Mobil
5 – KTM/Red Nose
6 – 2B Racing
7 – MX Parts/Rede Farma Total