Maio Amarelo

Maio Amarelo, mas deveria ser vermelho!

Vermelho de raiva! Só para ilustrar esse tal de Maio Amarelo, veja alguns números, todos disponíveis no site da Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP):Maio Amarelo

Roubos e furtos de motos

  • 9.659 roubos roubos e furtos de motocicletas no primeiro trimestre/2017 (Estado de São Paulo);
  • 3.482 só em março;
  • 4 ocorrências por hora em média;
  • 3.109 em janeiro;
  • 2.978 em fevereiro (menos dias úteis?);
  • 20% é o percentual de boletins de ocorrência relativos a roubos e furtos de motos;
  • 21% é o percentual de motocicletas em relação à frota de veículos no Estado de São Paulo (Renavan – 2016).

Analistas especializados olharam para estes números e aprofundaram um pouco mais a tragédia e o resultado está publicado no Boletim Tracker-Fecap, resultado da parceria entre o Grupo Tracker, empresa de rastreamento e localização de veículos do Brasil, e a Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP). Veja a seguir alguns resultados desta análise:

  • 50% dos roubos ocorrem à noite no Estado de São Paulo;
  • 39% dos roubos no Estado de São Paulo ocorrem na cidade de São Paulo;
  • 28% dos furtos no Estado de São Paulo ocorrem na cidade de São Paulo;
  • 30% dos furtos ocorrem à noite na cidade de São Paulo;
  • 37% dos furtos ocorrem de manhã na cidade de São Paulo;
  • 46% dos roubos ocorrem à noite na cidade de São Paulo;

Mortes no trânsito

  • 50.000 pessoas morrem em acidentes de trânsito por ano no Brasil;
  • 140 por dia, em média, no Brasil;
  • 8,1 homicídios a cada 100 mil habitantes no Estado de São Paulo em 2016;
  • 13,2 mortes no trânsito a cada 100 mil habitantes no Estado de São Paulo em 2016.

Para alertar para estes números catastróficos (das mortes no trânsito), o Sindseg SP, o Sincor-SP, a Abraciclo e muitas outras instituições públicas e privadas realizam no Estado de São Paulo e em todo o Brasil diversas ações educativas neste Maio Amarelo, criado para mobilizar e conscientizar a população sobre este assunto.Separador_motos



Sidney Levy

Motociclista e jornalista, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. É editor de conteúdo do Motonline desde 2009.