Moto2_destaque_18_07

Moto2™: Rabat vence e Redding aumenta vantagem

Tito Rabat conseguiu sua segunda vitória na Moto2™ após ultrapassagem tardia em Takaaki Nakagami, e assim levando a melhor no Red Bull Grande Prêmio de Indianápolis deste domingo. Após mais uma animada batalha, Scott Redding aumentou a vantagem na liderança do Campeonato ao bater Pol Espargaró na luta pelo 3º lugar.

Tito Rabat, Tuenti HP 40, Indianapolis

Tito Rabat, Tuenti HP 40, Indianapolis

Rabat conseguiu a segunda vitória do ano, depois de ter vencido em Jerez no início da temporada. O piloto da Tuenti HP 40 rider – companheiro de equipe de Espargaró – veio do quarto posto do grid, isso depois de ter chegado a estar em quinto nos momentos iniciais. O seu outro companheiro de equipe, Axel Pons, não correu por causa de uma febre, o que deixou o grid com apenas 32 participantes.

Nakami, Rabat e Redding no pódio de Indianapolis

Nakami, Rabat e Redding no pódio de Indianapolis

Uma forte largada do pole, Redding, permitiu ao britânico da Marc VDS Racing Team defender-se dos ataques de Espargaró até à primeira curva. Nakagami (Italtrans Racing Team) era terceiro, mas fez grande manobra para roubar o segundo posto de Espargaró na Curva 10. Na segunda volta Nakagami passou para a liderança e – em busca da primeira vitória – não perdeu a posição até à 23ª volta. O ataque de Rabat aconteceu na segunda metade da corrida, primeiro passando Redding na 19ª volta, antes de ultrapassar o companheiro de equipa Espargaró duas voltas mais tarde. A manobra para a liderança surgiu na Curva 1 na 23ª das 25 voltas da corrida, o que impediu Nakagami de obter a primeira vitória da carreira.

Atrás, Espargaró – que tinha largado em segundo – lutou com o principal rival, mas espalhou na segunda curva e viu-se forçado a defender-se dos ataques de Dominique Aergerter (Technomag carXpert) durante o resto da prova. Simone Corsi (NGM Mobile Racing), Mika Kallio (Marc VDS Racing Team), Johann  Zarco (Came Iodaracing Project), Xavier Simeon (Maptaq SAG Zelos Team) e o vencedor de Sachsenring, Jordi Torres (Aspar Team Moto2), foram os nomes que completaram a lista dos dez primeiros, enquanto Kyle Smith (Blusens Avintia) foi o único a ir ao chão, na 12ª volta.

O Campeonato segue  para Brno no próximo fim-de-semana com Redding na frente da classificação, agora com 26 pontos de vantagem sobre Espargaró. O vencedor de hoje, Rabat (113 pontos, contra 159 do líder) mantém a terceira posição, a 46 do líder.