Antonelli: "É uma emoção incrível"

Moto3™: Nicco Antonelli estréia primeiro pódio da carreira com vitória

Poucos podiam antever uma corrida de Moto3™ tão emocionantes neste Grande Prêmio da República Checa, em Brno, que terminou com Nicco Antonelli (Ongetta-Rivacold) garantindo o primeiro pódio da carreira e logo com vitória sobre os mais experientes Enea Bastianini e Brad Binder.

Antonelli: "É uma emoção incrível"

Antonelli: “É uma emoção incrível”

É certo que esta 11ª corrida do ano não começou da melhor forma, com dois acidentes com quatro pilotos, cada um a aumentar o tempo de apresentação da bandeira vermelha ainda na primeira volta. Na Curva 1 os protagonista do contratempo foram Tatsuki Suzuki (CIP), Niklas Ajo (RBA Racing Team), Philipp Oettl (Schedl GP Racing) e Jules Danilo (Ongetta-Rivacold).

Enquanto isso, na Curva 3, os envolvidos foram Andrea Locatelli (Gresini Racing Team Moto3), Lorenzo Dalla Porta (Husqvarna Factory Laglisse), Hiroki Ono (Leopard Racing) e Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team). Rodrigo precisou de mais atenção da equipe médica ainda na pista, o que deixou a prova em bandeira vermelha antes do piloto ser transportado para o Centro Médico para mais exames. O argentino foi depois até ao Hospital de Brno onde se confirmou uma fratura. Quem também não saiu muito bem do incidente foi o nipónico Ono, que sofreu pequena fratura no pé direito.

Trinta minutos após a primeira largada, acontecia a segunda, desta vez para uma prova de apenas 12 voltas das 19 inicialmente previstas. Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0) voltou a fazer boa largada a partir do terceiro posto do grid e a assumir a liderança, mas pouco depois era batido por Efrén Vázquez (Leopard Racing) e com o líder da classificação e colega de equipe do espanhol, Danny Kent, também chegando a liderar.

Moto3_Antonelli_16_08

Nico Antonelli da Ongetta-Rivacold

Mas a luta pela liderança foi muito forte ao longo de toda a corrida, com mais três pilotoschegando à cabeça do pelotão. Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo), foi o primeiro a superar Kent, na terceira volta depois de ter largado da 12ª posição do grid, mas foi sol por pouco tempo. Antonelli, que tinha largado da pole com a Honda da Ongetta-Rivacold chegou à liderança na quarta volta depois de ter estado em sexto após uma péssima largada.

Mas estava tudo ainda em aberto. O colega de equipe de Oliveira, Brad Binder, também passou pela liderança da prova e houve momentos em que se chegou mesmo a pensar que a formação iria conseguir um duplo pódio com o sul-africano e o português. Contudo, a duas voltas do final o italiano saltou de novo para a frente e começou a isolar-se um pouco, o bastante para garantir a primeira vitória da carreira com uma margem de 0,152s.

Enquanto isso, atrás dele assistia-se a uma fenomenal batalha pelas restantes posições do pódio, com as decisões apenas conhecidas no final da última volta. Bastianini (Gresini Racing Team Moto3), que veio de 15º do grid, acabou terminando na segunda posição, à frente de Brad Binder. Quem também chegou a estar na zona do pódio foi Romano Fenati (SKY Racing Team VR46) depois de ter largado de 22º do grid, mas acabou terminando em sexto, atrás de Efrén Vázquez e de Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0).

O líder do Campeonato Kent foi sétimo, com Miguel Oliveira em oitavo, enquanto Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC) e John McPhee (Saxoprint RTG) completando a lista dos dez primeiros.

Situação do campeonato 2015 após 11 etapas – Moto3™:

Moto3_campeonato_16_08

Banner GP Dorna