Vitória "em casa" após algumas vezes bater na trave

Rodrigo Amaral vence Independência “30 anos”

O Enduro da Independência apresentou neste sábado um novo campeão na categoria Master, a principal da tradicionla competição: o piloto Rodrigo Amaral. Após quatro dias e 596 quilômetros de desafios por trilhas do Circuito do Ouro, o mineiro de Lagoa da Prata confirmou a vitória na edição comemorativa aos 30 anos do evento, a qual teve fim na Praça Mello Viana, em Sabará, Minas Gerais. O segundo colocado foi o capixaba Jomar Grecco, seguido pelo também mineiro Gianino Coscarelli.

Rodrigo Amaral em ação nas belas paisagens mineiras: prêmio aos mais regular

Rodrigo Amaral em ação nas belas paisagens mineiras: prêmio aos mais regular

Diante do equilíbrio na categoria de elite, o grande trunfo de Amaral foi justamente a constância, já que esteve sempre entre os primeiros desde a largada da prova, no Parque das Mangabeiras, na capital Belo Horizonte. Não é à toa que a modalidade foi batizada de enduro de regularidade, e finalmente o piloto levou a taça para casa. “Eu bati na trave algumas vezes e agora estou muito feliz. O Enduro da Independência é referência, o evento é o mais importante do Brasil. E ter competido com os melhores pilotos do país em uma prova de altíssimo nível técnico me deixa ainda mais orgulhoso pela conquista”, comemorou Amaral.

Vitória "em casa" após algumas vezes bater na trave

Vitória "em casa" após algumas vezes bater na trave

“Eu gostaria de parabenizar a organização do evento, que nunca mede esforços para corresponder às expectativas dos pilotos. Assim como todas as outras, a edição de 30 anos do Independência foi muito especial”, continuou o piloto. Além de ser constante, Amaral soube dosar os seus recursos. “O enduro exige muito do competidor e eu me preocupei em poupar o físico e a motocicleta para chegar inteiro após quatro dias de prova. Quero muito agradecer a Deus, minha família e aos patrocinadores por este título”, destacou.

Assim como o campeão, Gustavo Jacob, presidente do Trail Clube Minas Gerais, organizador do evento, estava com a sensação de dever cumprido. “Pela resposta dos pilotos, que elogiaram bastante, a edição de 30 anos foi um verdadeiro sucesso. A prova foi técnica e compacta, um formato que agradou muito e deve continuar nos próximos anos. Cumprimos os nossos objetivos e agora eu vou dormir tranquilo, ainda mais pelo fato de mais uma vez ninguém ter se machucado. Vamos trabalhar para que o Enduro da Independência tenha no mínimo mais 30 anos de sucesso”, concluiu.

Enduro de regularidade é marcado pelo companheirismo

Enduro de regularidade é marcado pelo companheirismo

O Enduro da Independência 2012 reuniu 333 pilotos inscritos de diversas localidades do país, divididos em 12 categorias: Master, Sênior, Over 40, Over 45, Over 50, Júnior, Dupla Graduados, Over 55, Feminina, Novatos, Dupla Estreante e Vintage. Até o momento da publicação desta reportagem, os resultados completos ainda não haviam sido divulgados pelo Trail Club de Minas Gerais, organizador do evento, através do site www.tcmg.com.br.

Resultados finais – 30ª edição do Enduro da Independência

Categoria Master
1º – Rodrigo Amaral
2º – Jomar Grecco
3º – Gianino Coscarelli
4º – Sandro Hoffmann
5º – Dário Júlio

A edição de 30 anos do Enduro da Independência tem patrocínio de Honda, Prefeitura de Sabará, Prefeitura de Mariana, Prefeitura de Belo Horizonte, Microcity, ASW Racing, Circuit Equipamentos, Exceed e Honda Peças Genuínas e conta com o apoio da Minas Adventure Tour, RS Motos, MotoStreet, Plena Alimentos, Rede Minas e Diários Associados.