Scooters eletrônicas chegam ao Rio de Janeiro

Marca do Grupo Zeppini intensifica suas ações no mercado de Veículos Elétricos e já disponibiliza sua linha de produtos para 2009

Chegam esta semana aos concessionários da Motor Z no estado do Rio de Janeiro, a linha 2009 de scooters elétricas. Os três novos modelos são mais potentes e incorporam novidades tecnológicas na linha da marca pioneira na fabricação e comercialização de veículos elétricos no Brasil. No estado do Rio de Janeiro, a Motor Z já atua, com revendas exclusivas, nas cidades de Itaboraí, Búzios, Campo de Gaytacazes entre outras e também na capital Rio de Janeiro, no bairro da Barra da Tijuca. Com motores entre 800 e 1500 watts, as três novas scooters foram oficialmente apresentadas no Salão da Motocicleta, realizado no final de outubro em São Paulo.

As scooters elétricas Motor Z continuam práticas e podem ser reabastecidas numa tomada residencial comum, 110 ou 200 volts, e têm autonomia média de 40 quilômetros com apenas uma recarga. Como não poluem e não emitem ruídos, as scooters são uma alternativa para uso em condomínios e também para deslocamentos urbanos de pequenas e médias distâncias.

São grandes as inovações que a Motor Z apresenta ao público preocupado com as questões ecológicas. Maior torque e potência, pilotagem mais estável, novo sistema de suspensão telescópica e com design remodelado, os modelos 2009 dão continuidade ao pioneirismo, marca registrada da empresa de São Bernardo do Campo, e mostram a evolução dos modelos elétricos.

“A segunda geração das scooters Motor Z traz diversas inovações que tornam os modelos ainda mais atraentes ao público.É o resultado de um ano de trabalho em inovação, feita em conjunto com o departamento de engenharia e desenvolvimento de novos produtos, além é claro, da opinião dos nossos clientes em todo o país”, afirma Paulo Rogério Fernandez, diretor executivo do Grupo Zeppini.

O consumidor poderá conhecer os modelos da linha 2009 em uma das 57 revendas da marca Motor Z ou por meio da internet, no site da empresa (www.motor-z.com.br). Para adquirir uma scooter elétrica, o consumidor pode fazer a compra pelo endereço eletrônico, via consórcio ou financiamento bancário, que varia de acordo com a região.