Seleção brasileira chega na Itália ansiosa para testar as motocicletas

Seleção brasileira chega na Itália ansiosa para testar as motocicletas

Seleção brasileira chega na Itália ansiosa para testar as motocicletas

Programação da equipe nacional inclui sessões de treinos na pista de Mantova nesta quarta-feira; O principal objetivo é fazer história no Motocross das Nações

A Seleção Brasileira está em solo italiano para a disputa do Motocross das Nações 2009, marcado para este final de semana no autódromo de Franciacorta -Daniel Bonara-. Depois de 11 horas de avião e mais duas horas e meia de carro, a delegação nacional instalou-se nesta terça-feira na cidade de Brescia ansiosa para testar as motocicletas. A programação inclui sessões de treinos nesta quarta-feira, na pista de Mantova.

-A viagem, apesar de longa, foi boa. Brescia tem um centro bem legal e é sempre interessante conhecer lugares novos. Agora, vamos descansar para aproveitar da melhor forma possível os treinamentos com as motocicletas-, disse o mineiro Antônio Jorge Balbi Júnior, que irá correr na categoria Open (450cc). A seleção conta com outros dois pilotos do Team Honda: Wellington Garcia, da MX1 (450cc), e Swian Zanoni, da MX2 (250cc).

As motocicletas que o Brasil irá utilizar foram preparadas pela equipe de apoio do time, a italiana Martin Racing, e são do nível das máquinas que correm o Mundial de Motocross. De acordo com Balbi, o clima está muito positivo na equipe. -O mais importante é que os pilotos estão bastante unidos. Vamos nos concentrar ao máximo até o final de semana. A primeira parte da missão está cumprida, que era chegar até aqui-, concluiu o piloto.

Formato de disputa – A principal característica do Motocross das Nações é o formato de disputa por equipes, ou seja, a soma dos resultados dos três pilotos é o que define a classificação de cada país participante. Em 2009, o evento tem recorde de inscritos, com 108 pilotos de 36 nacionalidades. Esta é a terceira temporada seguida que o Team Honda irá representar o Brasil no evento. A equipe, anteriormente formada por Balbi, Wellington e Leandro Silva, conquistou as melhores classificações da história (14º lugar em 2008, na Inglaterra, após o 16º lugar de 2007, nos Estados Unidos). O atual campeão do Motocross das Nações é o time norte-americano.

Programação* – Motocross das Nações 2009

(horário locais – cinco horas a mais com relação a Brasília)
3/10 – Sábado
10h às 10h40 – Treino livre MX1
11h às 11h40 – Treino livre MX2
12h às 12h40 – Treino livre Open
14h30 – Bateria qualificatória MX1 (20 minutos + duas voltas)
15h30 – Bateria qualificatória MX2 (20 minutos + duas voltas)
16h30 – Bateria qualificatória Open (20 minutos + duas voltas)

04/10 – Domingo
8h40 às 9h – Aquecimento Bateria B
9h10 às 9h30 – Aquecimento finalistas MX das Nações – Grupo 1
9h40 às 10h – Aquecimento finalistas MX das Nações – Grupo 2
11h – Bateria B (30 minutos + duas voltas)
13h08 – Final 1 MX das Nações – MX1 + MX2 (30 minutos + duas voltas)
14h38 – Final 2 MX das Nações – MX2 + Open (30 minutos + duas voltas)
16h08 – Final 3 MX das Nações – MX1 + Open (30 minutos + duas voltas)

* a programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.