Anembi Morumbi e Santa Maria vencem a Maratona Universitária da eficiência

Anembi Morumbi e Santa Maria vencem a Maratona Universitária da eficiência

Anembi Morumbi e Santa Maria vencem a Maratona Universitária da eficiência

No último sábado, os paulistanos da Universidade Anhembi Morumbi e os gaúchos da Federal de Santa Maria comemoraram a conquista da quinta edição da Maratona Universitária da Eficiência. Mais uma vez, a prova demonstrou a criatividade dos estudantes brasileiros na busca de soluções capazes de tornar os veículos mais econômicos.

A disputa aconteceu no kartódromo de Interlagos entre os dias 24 e 26 de julho. Compareceram 28 carros (14 a gasolina e 14 elétricos), representando 14 faculdades de engenharia e design de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Em 2007, a Maratona contou com a presença de 19 veículos experimentais.

A Anhembi Morumbi conquistou a categoria gasolina com o protótipo Errba 3, que foi capaz de atingir 343,17 km/l. Com a vitória, a equipe confirmou as expectativas de 2007, quando foi vice-campeã entre os elétricos, mas teve problemas com o Errba 2. O recorde de Interlagos segue com a Unicamp, que fez 367,05 km/l no ano passado.

Além de serem bicampeões, os alunos de Santa Maria conquistaram os dois primeiros lugares e pulverizaram todos os recordes entre os elétricos. O EESM-03 percorreu 29,89 km com uma bateria de moto 125 cc (12V 6Ah). O resultado superou até a marca de 29,13 km atingida na pista plana e sem curvas que foi palco da edição 2006.

Anembi Morumbi e Santa Maria vencem a Maratona Universitária da eficiênciaCarros e Motores para os Campeões – Com patrocínio da Petrobras, Fiat, FPT – Powertrain Technologies, NSK Rolamentos e apoio técnico da Heliar e VZAN, a Maratona Universitária da Eficiência 2008 premiará as três universidades que alcançarem o menor consumo energético (em cada categoria) com veículos da Fiat Automóveis e motores da FPT, para uso didático.

Biodiesel em 2009 – Consagrada como uma dos maiores provas do gênero realizadas no mundo, a Maratona Universitária da Eficiência abrirá espaço para os biocombustíveis em 2009. Em parceria com o fabricante de motores Yanmar, será criada a categoria biodiesel. Os propulsores estiveram em exposição e já despertaram o interesse de muitas equipes.

Resultados Garantidos – Todos os resultados da Maratona 2008 foram auditados pela Falcão Bauer, um dos mais avançados e conceituados centros tecnológicos do país, com mais de meio século de tradição em controle de qualidade e ensaios tecnológicos.

Além disso, na categoria de veículos elétricos, todas as baterias utilizadas pelos protótipos foram equalizadas (carregadas com igual quantidade de energia) no laboratório do fabricante, a Heliar, sorteadas entre as equipes e lacradas até o início da prova.

Confira os Resultados da Maratona 2008:
CATEGORIA GASOLINA (Universidade/Carro)
1 – Anhembi Morumbi (Errba 3): 343,17 km/l
2 – Engenharia Mauá (EcoMauá 1): 333,91 km/l
3 – Unicamp (Noen): 327,40 km/l
4 – Ulbra (Camelo 3): 267,05 km/l
5 – Federal do Rio Grande (Promic): 215,37 km/l
6 – Mackenzie (Bandeirada): 185,87 km/l
7 – Federal de Santa Maria (EESM-05): 184,02 km/l
8 – Ulbra (Camelo 5): 159,27 km/l
9 – Mackenzie (Mundrugo): 142,88 km/l
10 – Federal de Itajubá (Urb2): 111,80 km/l
11 – Fadim (Iguana): 44,39 km/l
12 – Poli-USP (Mapfre 07): não completou
13 – Engenharia Mauá (EcoMauá 2): não completou
14 – Poli-USP (i9): não completou

CATEGORIA ELÉTRICO (Universidade/Carro)*
1 – Federal de Santa Maria (EESM-03): 29,89 km/bateria
2 – Federal de Santa Maria (EESM-02): 28,28 km/bateria
3 – Federal de Itajubá (E-Urb): 25,92 km/bateria
4 – Ulbra (Camelo 4): 23,49 km/bateria
5 – Anhembi Morumbi (Errbatronic 2): 21,04 km/bateria
6 – Mackenzie (EcoMack): 12,28 km/bateria
7 – Unicamp (Tubarão): 10,63 km/bateria
8 – FAAP (Challenge I): 6,60 km/bateria
9 – FEPI Universitas (Cel D`Minas 01): 6,52 km/bateria
10 – FAAP (Fênix): 3,45 km/bateria
11 – FEPI Universitas (Cel D`Minas 02): 2,66 km/bateria
12 – Fadim (Fio 5): 2,64 km/bateria
13 – Oswaldo Cruz (Focar II): 2,49 km/bateria
14 – USP São Carlos (EESC 1): não completou

* foram utilizadas baterias Heliar FX 6D de 12V 6Ah (aplicação principal em motos de 125 cc)