Arena Cross capa

Arena Cross: com vitória Paulo Alberto assume a ponta

Depois de tropeçar na primeira etapa do Arena Cross 2016, quando ficou em quarto, o português Paulo Alberto se superou. Atual campeão, ele travou batalhas intensas com adversários e venceu as duas baterias na categoria PRÓ, conquistando o primeiro lugar na segunda etapa do circuito. A prova aconteceu no sábado passado, 30, em Ilha Comprida, interior de São Paulo. Com o resultado, o piloto da Honda Mobil assumiu a liderança do campeonato em sua principal categoria.

O duelo de saltos de Paulo Alberto e Carlos Campano, os dois últimos campeões do Arena Cross, foi um dos pontos altos da noite. Jean Ramos, colega de Yamaha Geração de Campano, também deu trabalho ao português, que com muito esforço conseguiu vencer a segunda bateria. Na primeira, os mesmos pilotos lideraram, mas Paulo teve mais folga.

Piloto português venceu as duas baterias e também levou o Duelo Arena 1x1

Piloto português venceu as duas baterias e também levou o Duelo Arena 1×1

“Foi muito tenso, pois no final achava que era o Jean que estava atrás de mim. De repente, quando chegou para disputar a curva, vi que era o Campano. Depois de um começo difícil em Jundiaí, espero ter me recuperado para lutar pelo Bi”, comentou Paulo. Tentando também o segundo título, Carlos Campano comemorou a regularidade em Ilha Comprida, mas lamentou a disputa final. “Foi uma disputa dura, mas leal. Eu tinha um bom ritmo no final, lá na última volta até cheguei a passar por fora, mas entramos juntos na caneleta e houve o toque. Como ele estava mais forte, levou a melhor”, explicou Campano.

O português também venceu o Duelo Arena 1×1, lançado há pouco tempo mas que está cativando os espectadores. Nele, competem os dois melhores colocados no classificatório da MX PRÓ em um curto duelo de duas voltas. Neste ano, Paulo Alberto foi desafiado por Hector Assunção, seu companheiro de equipe, que o venceu na pista.

Mais do que os pilotos, a solidariedade também ganhou com a prova. Os ingressos para a arquibancada eram trocados por quilos de arroz e feijão, o que gerou a arrecadação de aproximadamente 6 toneladas de alimentos. O montante será revertido pelo Fundo Social para famílias carentes da prefeitura da Estância Balneária de Ilha Comprida. A próxima etapa do Arena Cross será no dia 21 de maio em Ilhabela, litoral norte de São Paulo.

Resultados da segunda etapa:

MX PRÓ
1 – Paulo Alberto #1
2 – Carlos Campano #115
3 – Jean Ramos #10
4 – Jorge Balbi #3
5 – Adam Chatfield #407

MX2
1º Gustavo Pessoa #891
2º João Pedro Ribeiro #282
3º Enzo Lopes #16
4º Pedro Bueno #97
5º Caio Lopes #134

Júnior
1º Leonardo Cassarotti #25
2º Renan Goto #55
3º Leonardo Nunes #989
4º Bruno Schmitz #40
5º Joaquim de Oliveira #11

50cc
1º Rafael Becker #7
2º Vitor Hugo #28
3º Bruno Rodrigues #317
4º Bernardo Tibúrcio #3
5º João Torres #3 – Holeshot

65cc
1º Marcello Silva #77
2º José Antônio Pedro Filho #89
3º Henrique Henicka #202
4º Gustavo de Oliveira #55
5º Garmichel Giehl #4

Festa para Gustavo Pessoa na MX2

Festa para Gustavo Pessoa na MX2

Classificação no Arena Cross 2016:

MX PRÓ:                                                                                              MX2
1 – Paulo Alberto #1 – 65 pontos                                                    1º João Ribeiro #282 – 37 pontos
2- Jean Ramos #10 – 63 pontos                                               2º Gustavo Pessoa #291 – 33 pontos
3- Carlos Campano #115 – 57pontos                                                  3º Pedro Bueno #97 – 15 pontos
4- Adam Chatfield #407 – 56 pontos                                             4º Gustavo Pessoa #891 – 28 pontos
5- Hector Assunção #30 – 41 pontos                                             5º Caio Lopes #134 – 20 pontos

Junior                                                                                                  65CC
1º Leonardo Cassarotti #25 – 40 pontos                                      1º Marcello Silva #77 – 40 pontos
2º Renan Goto #55 – 34 pontos                                                   2º Henrique Henicka #202 – 32 pontos
3º Bruno Schmitz #40 – 26 pontos                                               3º José Pedro Filho #89 – 30 pontos
4º Joaquim de Oliveira #11 – 22 pontos                                      4º Gustavo Oliveira #55 – 23 pontos
5º Vanderlei Junior #72 – 16 pontos                                            5º Garmichel Giehl #4 – 22 pontos

50CC
1º Rafael Becker #7 – 40 pontos
2º Vitor Hugo #28 – 32 pontos
3º Bruno Rodrigues #317 – 28 pontos
4º Felipe Marques #160 – 27 pontos
5º Bernardo Eto #3 – 24 pontos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.