Condições do trânsito podem determinar o tempo de vida útil da vela de ignição

As situações do trânsito e de uso do carro são fatores determinantes para o bom funcionamento e a frequência de manutenção do sistema de ignição.

Comum nos grandes centros urbanos, as ruas congestionadas exigem que o veículo funcione, na maior parte do tempo, nas condições de maior desgaste para as velas de ignição. A NGK, maior fabricante e especialista em velas de ignição, alerta o motorista para a relevância da revisão preventiva, levando em conta as condições de utilização do automóvel.

“A manutenção é a melhor maneira de evitar contratempos e gastos desnecessários. A verificação preventiva dos componentes do veículo consegue, muitas vezes, detectar o surgimento de problemas antes que prejudiquem o bom funcionamento do motor”, afirma Ricardo Namie, chefe da Assistência Técnica da NGK.

Outra recomendação é que o motorista deve ficar atento e saber avaliar as diversas condições de direção. Carros que não transitam com muita frequência e percorrem trechos curtos também necessitam de revisão, pois a pouca circulação não permite que o veículo alcance a temperatura ideal de trabalho, podendo refletir no desempenho do sistema de ignição.

A checagem das velas deve acontecer de acordo com as orientações do fabricante ou de acordo com a Tabela de Aplicação da NGK. A empresa recomenda a revisão a cada 10 mil quilômetros, ou anualmente, para veículos movidos a gasolina, álcool ou GNV (Gás Natural Veicular). Para motocicletas, a empresa orienta a verificação a cada 3 mil quilômetros percorridos ou em seis meses.

A vela de ignição tem a função de conduzir corrente elétrica sob alta tensão para o interior da câmara de combustão, convertendo-a em faísca para inflamar a mistura ar/combustível. Quando utilizado com a vida útil ultrapassada, o equipamento pode ocasionar a queda do rendimento, dificuldades na partida, falhas no motor, aumento no consumo de combustível e de emissão de poluentes.

Para mais informações, a NGK oferece o Serviço de Atendimento ao Cliente, por meio do número 0800 197 112 (ligação gratuita).