HD_XG750R_02

Conheça a XG 750R, a nova esportiva da Harley-Davidson

HD_XG750R_02

Após 42 anos de conquistas a lendária Harley-Davidson XR 750 será substituida. O novo modelo apresentado na última quinta-feira (26) pela montadora americana é a XG 750R, uma Flat-Track que utiliza o mesmo motor V2 das Street 750 com refrigeração líquida e melhorias para aumento de potência, mantendo as dimensões reduzidas do sistema de propulsão. Esse modelo é comum em competições nos Estados Unidos, realizadas em circuitos ovais, normalmente em piso de terra batida.

42 anos de evolução tecnológica separam a irmâ mais nova (esq) da irmã mais velha

42 anos de evolução tecnológica separam a irmâ mais nova (esq) da irmã mais velha

Trata-se de uma moto compacta com distância entre eixos de 1.397 mm e divisão precisa de peso entre a frente e a traseira, acondicionados em um chassi de berço de tubos de aço, mantendo o modelo tradicional apenas melhorado, que já provou ser de extrema eficiência, mesmo tendo sido projetado há 42 anos. A suspensão é Showa, composta por braço oscilante duplo sustentado por um único amortecedor.

A XG 750R em ação numa pista de Dirt Track

A XG 750R em ação numa pista de Flat-Track

A principal evolução do novo modelo foi a instalação de uma injeção eletrônica especialmente trabalhada para as pistas, com grande capacidade de ingestão de ar nas câmaras de combustão, assistidos por um acelerador de corpo duplo que torna mais fácil controlar a aceleração em altas rotações, fazendo com que o bólido entregue até 110 hp  e torque de 6,01 kgfm a 10.000 rpm.

HD_XG750R_09

Acelerador de corpo duplo especialmente desenvolvido para ela

Há muito que a Harley-Davidson vinha sendo cobrada por pilotos e equipes norte-americanos para o desenvolvimento desse novo modelo, mas só agora em 2016, após anos de desenvolvimento e testes o modelo ficou pronto e fará sua estréia no AMA Pro Flat Track, em Illinois (EUA).

A XG 750R ainda não está à venda. A moto a ser utilizado no AMA será de fábrica, no que será uma espécie de teste final do produto em situações reais de corrida, onde a exigência dos motores e componentes da moto serão levados ao extremo.

Veja mais fotos da nova XG 750R

Separador_motos



Mário Sérgio Figueredo

Motociclista apaixonado por motos há 42 anos, começou a escrever sobre motos como hobby em um blog para tentar transmitir à nova geração a experiência acumulada durante esses tantos anos. Sua primeira moto foi a primeira fabricada no Brasil, a Yamaha RD 50.