DPVAT

DPVAT registra mais de 165 mil vítimas de acidentes de trânsito no primeiro semestre

DPVAT

DPVAT

A violência no trânsito brasileiro deixou 26.894 mortos só neste primeiro semestre, uma média de 147 óbitos por dia. Esta é a realidade impactante revelada pela Seguradora Líder DPVAT, administradora do Seguro DPVAT, que indeniza vítimas de acidentes de trânsito que acarretaram invalidez, morte ou demandaram algum tipo de despesa médica. E o número, que já é alto, ainda pode aumentar, visto que o acidentado tem até três anos da data de ocorrência do evento para dar entrada no seguro. Outras pessoas, porém, apesar de sobreviverem, ficam com algum tipo de invalidez permanente, tendo sua vida marcada para sempre. É o caso de 107.403 brasileiros que receberam a indenização por invalidez neste primeiro semestre. Outras 30.814 pessoas receberam reembolso de despesas médicas devido a tratamentos ou cuidados hospitalares necessários após o envolvimento em acidentes de trânsito.

Ao todo, cerca de R$ 1,1 bilhão foi destinado ao pagamento das indenizações de janeiro a junho, valor que supera em R$ 15 milhões o valor pago no mesmo período do ano passado. Houve aumento também no número de beneficiados. No primeiro semestre de 2010, cerca de 121 mil vítimas receberam o seguro, ante 165 mil em 2011. De acordo com Ricardo Xavier, diretor-presidente da Seguradora Líder DPVAT, essas estatísticas devem servir como alerta para toda a sociedade. “Não só as autoridades, como também cada cidadão, devem ter consciência ao circular. Motoristas, passageiros e pedestres devem saber quais são suas obrigações no trânsito e cumprí-las corretamente, para conseguirmos reverter essa triste realidade”, afirma, complementando que na maioria dos casos, a vítima é o pedestre.

Dos acidentes ocorridos no período, 66% envolveram motocicletas, e em 76% dos casos a vítima era do sexo masculino. A Região que mais concentrou as ocorrências de morte foi o Sudeste (38%), seguido pelo Nordeste (26%), Sul (18%), Centro-Oeste (10%) e Norte (8%). O estado com maior número de vítimas fatais foi São Paulo, concentrando 18% dos pagamentos do Seguro DPVAT em casos de morte.

Parceria com os Correios no Maranhão, Ceará e Piauí
A Seguradora Líder acaba de fazer uma parceria com os Correios, nos Estados do Ceará, Piauí e Maranhão, para ampliar o atendimento aos pedidos do Seguro DPVAT. A partir de primeiro de agosto, as agências próprias dos Correios, nos três Estados, fornecerão formulários para o requerimento do Seguro, encaminhando a solicitação gratuitamente à Seguradora Líder DPVAT, responsável pela análise dos pedidos. Todos os atendentes das agências próprias dos Correios nos Estados participantes foram treinados para fazer a checagem da documentação e encaminhar as solicitações de indenização. Os interessados receberão um folheto explicativo com os canais de atendimento do DPVAT para esclarecer as dúvidas e o comprovante de envio pelos Correios.

Com a ampliação da rede de atendimento do Seguro DPVAT no Nordeste, 546 municípios serão atendidos na Região, totalizando 1.775 pontos em todo o Brasil. Segundo o diretor-presidente da Seguradora Líder DPVAT, Ricardo Xavier, a inclusão dessas cidades facilitará o atendimento àqueles que precisarem acionar o seguro DPVAT. “Queremos aumentar a capilaridade, melhorando o atendimento no interior dos Estados do Ceará, Piauí e Maranhão. É importante lembrar que não é preciso intermediários para solicitar o seguro e todo o processo é gratuito. O DPVAT é um direito de toda vítima de trânsito no Brasil,” afirma Xavier.

De acordo com o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira, a parceria vem ao encontro do objetivo dos Correios de consolidar suas agências como pontos de acesso a serviços para os cidadãos brasileiros – a ECT está presente em todos os municípios brasileiros e em algumas localidades, é a principal representação do Governo Federal.


TAG