Enduro: provas reúnem novos pilotos

O motociclismo potiguar voltou com for‡a total em 2003e desde o ano passado, foram oito meses sem nenhum evento envolvendo competi‡Æo pelas trilhas potiguares.

Mas com o total apoio da Cirne Motos Honda, foi criada a Copa Cirne de Enduro de Regularidade e a Copa Cirne de Enduro FIM, que atraiu pilotos, experientes ou novatos, de todo o Rio Grande do Norte e de outros estados do Nordeste.

“O enduro de regularidade estava meio adormecido aqui no Estado. Fazia cerca de oito meses que nÆo acontecia nenhuma prova, quando surgiu a id‚ia de fazer o campeonato”, disse Luciano David “GarapÆo”, organizador da competi‡Æo.

Duas etapas foram realizadas at‚ agora, com a participa‡Æo de cerca de 50 competidores em cada uma. As pr¢ximas etapas j  tˆm data marcada. A terceira ser  o Enduro do Mato Grande, no pr¢ximo dia 5 de outubro, com 225 Km de muita pi‡arra, areia e pedra em 7h30 de prova. O destino ser  JoÆo Cƒmara, passando por Cear -Mirim, Taipu e Po‡o Branco, com sa¡da e chegada da Cirne Motos. “Foi muito proveitoso, porque muita gente voltou a andar de moto e tem muita gente nova correndo. Os pilotos de Parnamirim, A‡u e outros estados estÆo vindo em bom n£mero e a previsÆo para a terceira etapa ‚ que se inscrevam no m¡nimo 60 atletas”, destacou GarapÆo. O destaque do campeonato est  sendo Jaime de S , que venceu as duas primeiras etapas na categoria Master. Nas demais categorias, Sˆnior, J£nior e Novatos, a briga pela lideran‡a est  equilibrada.

Enduro FIM – A Copa Cirne Motos Honda de Enduro Fim ‚ uma modalidade nova que est  atraindo muitos competidores no seu primeiro ano de realiza‡Æo. “O balan‡o das trˆs primeiras provas ‚ muito bom, pois tivemos mais de 50 pilotos inscritos em cada uma”, analisou o organizador S‚rgio Vieira.
Atletas de Para¡ba e Pernambuco tamb‚m estÆo marcando presen‡a na competi‡Æo. “ uma prova boa para quem nÆo gosta de planilha, pois ela ‚ toda marcada por setas e bumping”. O que mais atrai os competidores sÆo os trechos de velocidade, conhecidos como “especiais”. “Mesmo assim, as especiais sÆo bem travadas, exigindo muita aten‡Æo”, completou Vieira.

Restando uma etapa para finalizar a temporada, o piloto Andrel£cio Ricardo, da categoria B, ‚ o principal destaque. A £ltima etapa da Copa Cirne de Enduro FIM ser  no dia 26 de outubro, com a expectativa de mais uma prova muito boa, com 50 pilotos inscritos.