DSCF0741

Federação Sergipana prepara festa para o Pro Tork Motocross

Após mais de 15 anos sem receber uma etapa do Campeonato Brasileiro, o Nordeste já está em festa. A cidade de Aracaju recebe nos dias 24 e 25 de setembro a 5ª etapa do Pro Tork Motocross, e a Federação Sergipana de Motociclismo (FSM) já preparou um grande festa para receber os principais pilotos do país.

Os integrantes da equipe off-road “Oz Ureias” conseguiram descontos de 20% em bares e restaurantes da cidade para os pilotos que apresentarem a carteirinha de filiação à Confederação Brasileira de Motociclismo. Além disso, “Oz Ureias” farão também a recepção dos pilotos no aeroporto, levando-os aos hotéis.

– Estamos trabalhando para fazer tudo perfeito. O governo está colocando uma grande estrutura, tanto para o público quanto para os pilotos. O grupo “Oz Ureias” está empenhado em ajudar a federação. Além dos descontos, eles também conseguiram entrada grátis para os pilotos no Oceanário da cidade – declarou Juvenal Alves, presidente da FSM e 2º vice-presidente da CBM.

A pista do motódromo Jurinha Lobão, localizada na Praia de Atalaia, vem recebendo ajustes há semanas e promete agradar aos competidores. Além de ficar próxima a diversos hotéis, também está situada na beira da praia.

– Esperamos mais de 300 pilotos inscritos. A pista está sendo reformada e ficará com cerca de 1.300m, com uma parte de terra e outra de areia. Tenho certeza de que todos ficarão bastante satisfeitos – completou Juvenal.

A prova também já vem sendo aguardada ansiosamente pelos pilotos locais. Líder da categoria MXJr no Campeonato Sergipano, o jovem piloto Raí Arruda, de 16 anos, sabe que o evento será um marco para o motocross do Nordeste.

– Minha expectativa é muito boa. Fiz minha pré-temporada na Califórnia, nos Estados Unidos, e venho treinando forte. Estamos esperando para medir o nível dos pilotos do Nordeste com os pilotos das demais regiões do Brasil. Essa prova será um grande evento e vai valorizar muito os pilotos daqui – declarou o piloto de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco, e que vai alinhar no gate da categoria MX2.

Outro que espera com grande ansiedade pela prova é o piloto da categoria 230cc, Rui Português.

– Há 15 anos não temos provas do Brasileiro de Motocross aqui no nordeste e é um privilégio muito grande que esse evento aconteça na minha cidade – declarou o piloto, que veio para o Brasil com 24 anos. A pista de Atalaia já era boa, e agora, com a reforma que fizeram, não tenho nem palavras para definir. Será uma maravilha. Todos ficarão fascinados – completou Rui Português.

O Pro Tork Brasileiro de Motocross 2011 tem patrocínio de Pro Tork e Rinaldi. A 5ª etapa tem patrocínio da Prefeitura Municipal de Aracaju, Governo do Estado de Sergipe e Banco Banese, além de realização da Federação Sergipana de Motociclismo e da supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo.