Largada da GPR 250 em Santa Cruz do Sul

Moto 1000 GP: resumo de Santa Cruz do Sul

GP 1000: LUSSIANA VENCE E LEVA DECISÃO PARA ÚLTIMA ETAPA
Francês retoma liderança do campeonato na principal categoria

Na última volta do GP Petrobras o francês Matthieu Lussiana conseguiu uma ultrapassagem e garantiu a vitória da prova válida pela sétima e etapa do Moto 1000 GP, disputada neste domingo (23) em Santa Cruz do Sul (RS). O resultado colocou o piloto da Petronas Alex Barros Racing na liderança da temporada, 8 pontos à frente de Wesley Gutierrez. Luciano Ribodino, que corre pela equipe Aclat Racing, disputou as últimas curvas com Lussiana, mas ficou em segundo. O português Miguel Praia manteve no pódio a terceira posição do grid.

O pódio da GP 1000 com Gutierrez, Ribodino, Lussiana, Praia e Douglas

O pódio da GP 1000 com Gutierrez, Ribodino, Lussiana, Praia e Douglas

O vice-líder Lussiana largou na pole com a companhia do primeiro colocado na temporada logo ao lado, Wesley Gutierrez, da Motonil Motors/PDV Brasil. Gutierrez, no entanto, não fez uma boa largada e perdeu diversas posições. O argentino Ribodino, por sua vez, foi bem e, após ganhar a posição de Gutierrez, ainda ultrapassou Miguel Praia, da Center Moto Racing Team, para assumir o segundo posto da corrida.

Enquanto isso, Lussiana mantinha um bom ritmo com sua moto de número 94. Esse cenário se manteve até a volta 10, quando Ribodino passou a fazer o melhor tempo e se aproximou do líder. A perseguição durou duas voltas. O argentino pegou o traçado por dentro no final da reta dos boxes e deixou Lussiana para trás.

No mesmo local, na última volta do GP Petrobras, o francês devolveu a ultrapassagem e segurou a ponta nos últimos metros do circuito, evitando a primeira vitória do ano do bicampeão do Moto 1000 GP.

A alta temperatura na parte final da corrida e o desgaste dos pneus também foram fatores lembrados pelo terceiro colocado na prova. “Não foi nada fácil, as condições estavam muito difíceis hoje. Estava muito calor e a gente sofreu. Perdi contato com os líderes na primeira volta e depois não consegui mais anular essa diferença. Então tentei dar o máximo para descolar do grupo que vinha atrás”, analisa Miguel Praia.

Wesley Gutierrez foi o sexto e somou 13 pontos. Com os 25 da vitória, Lussiana passou para a primeira posição tem agora 120 pontos, contra 112 de Gutierrez. Apenas os dois têm chance de título na última etapa, que acontece em Cascavel no dia 14 de dezembro.

Resultado da GP 1000:
1º) Matthieu Lussiana (FRA/BMW), Petronas Alex Barros Racing, com 22min51s935
2º) Luciano Ribodino (ARG/Kawasaki), Aclat Racing, a 0s983
3º) Miguel Praia (POR/Honda), Center Moto Racing Team, a 11s829
4º) Wesley Gutierrez (PR/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil, a 15s372
5º) Alan Douglas (PR/Suzuki), Team Suzuki-PRT, a 16s415

Classificação do campeonato – GP 1000: 1º) Lussiana, 120; 2º) Gutierrez, 112; 3º) Ribodino e Praia, 84; 5º) Lewis, 82.

GP 600: SOLORZA DOMINA FIM DE SEMANA, VENCE E SEGUE 100%
Pedro Sampaio chegou em terceiro e assume a liderança na categoria

Solorza garantiu sua terceira vitória na temporada 2014

Solorza garantiu sua terceira vitória na temporada 2014

Em sua terceira etapa no Moto 1000 GP, neste domingo, o argentino Juan Solorza repetiu o resultado das corridas anteriores e venceu mais uma vez.

Desta vez, o piloto da equipe Solorza Competition também fez a pole e a volta mais rápida da prova em Santa Cruz do Sul (RS).

O pódio com Joelsu “Mitiko” da Silva e Pedro Sampaio, em segundo e terceiro, respectivamente, modificaram a classificação do campeonato da GP 600, que tem Sampaio como novo líder.

Resultado da GP 600:
1º) Juan Solorza (ARG/Yamaha), Solorza Competition, com 20min38s788
2º) Joelsu “Mitiko” da Silva (PR/Kawasaki), Paulinho Superbikes, a 3s108
3º) Pedro Sampaio (RS/Kawasaki), Fábio Loko, a 3s206
4º) Sebastian Martinez (ARG/Yamaha), MGBikes Yamaha Racing, a 5s596
5º) André Veríssimo (SP/Yamaha), MGBikes Yamaha Racing, a 41s790

Classificação do campeonato – GP 600: 1º) Sampaio, 105; 2º) Silva, 104; 3º) Gerardo, 102; 4º) Veríssimo e Solorza, 79.

GP LIGHT: BENEDICTIS VENCE E ASSUME A LIDERANÇA
Bertagnolli comemora terceiro lugar no pódio em seu retorno ao evento

Benedictis venceu e assumiu a liderança do campeonato

Benedictis venceu e assumiu a liderança do campeonato

Em uma corrida de recuperação, Rodrigo Benedictis, da equipe Motonil Motors/PDV Brasil, saiu da sexta posição no grid para a vitória no GP Petrobras, ganhando também um ponto adicional pela volta mais rápida da corrida.

Com o resultado, o piloto paulista assumiu a liderança da temporada, que vale pelo Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, com 15 pontos de vantagem para o segundo colocado. O argentino Nicolas Tortone e o gaúcho Rafael Bertagnolli terminaram em segundo e terceiro, respectivamente.

Resultado da GP Light:
1º) Rodrigo de Benedictis (SP/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil, com 20min35s999
2º) Nicolas Tortone (ARG/Yamaha), MGBikes Yamaha Racing, a 4s691
3º) Rafael Bertagnolli (RS/Kawasaki), Fábio Loko, a 24s144
4º) Lucas Teodoro (SP/BMW), BMW Motorrad Alex Barros Racing, a 26s415
5º) Alen Modesto (BA/Kawasaki), Aclat Racing, a 26s584

Classificação do campeonato – GP Light: 1º) Benedictis, 114; 2º) Tortone, 99, 3º) Castro, 98; 4º) Testa, 92; 5º) Teodoro, 78.

GPR 250: LUCAS TORRES VENCE E SE APROXIMA DO LÍDER
Meikon Kawakami, líder, chega em segundo e título será decidido em Cascavel

Largada da GPR 250 em Santa Cruz do Sul

Largada da GPR 250 em Santa Cruz do Sul

Lucas Torres venceu o GP Petrobras deste domingo em Santa Cruz do Sul (RS) e levou a disputa do campeonato da GPR 250 para a última etapa, em Cascavel.

O piloto da Estrella Galicia Racing by Alex Barros fez uma corrida de recuperação após largar em sétimo e chegou na frente de Meikon Kawakami, da Playstation/PRT, que segue líder da temporada com o segundo lugar na corrida gaúcha. A diferença, que era de 14 pontos antes da prova, agora é de apenas 9. O gaúcho Giovandro Tonini, da Santin Racing, terminou em terceiro.

Resultado da GPR 250:
1º) Lucas Torres (SP/Honda), Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, com 17min10s191
2º) Meikon Kawakami (SP/Honda), Playstation-PRT, a 0s097
3º) Giovandro Tonini (RS/Honda), Santin Racing, a 5s056
4º) Rafael Portaluppi (RS/Honda), Portaluppi Race Team, a 7s262
5º) José Duarte (CE/Honda), Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, a 7s584

Classificação do campeonato – GPR 250: 1º Meikon, 133; 2º Lucas, 124; 3º Giovandro, 87; 4º Duarte, 86; 5º Brian, 78.