Nico Terol vence em Aragón

Moto2™: Terol domina em Aragão com Redding em quarto

Nico Terol completou uma prova dominadora no Grande Prêmio Iveco de Aragão de Moto2™ neste fim-de-semana, vencendo na tarde de domingo depois de liderar desde a largada, não tomando conhecimento dos adeversários. Tito Rabat terminou em segundo, enquanto Pol Espargaró fechou o pódio após ferrenha batalha com o rival ao título Scott Redding, que terminou em quarto vindo do 13º posto no grid.

Nico Terol vence em Aragón

Nico Terol vence em Aragón

Terol fez uma largada limpa, fugindo de Redding que após minutos de prova já estava no Top 5, depois de largar em 13º no grid. Takaaki Nakagami (Italtrans Racing Team) também esteve muito bem na largada, chegando a segundo na Curva 2, antes de cair na classificação devido a erro na quarta volta; o nipônico, que foi segundo nas últimas quatro corridas, recuperou depois até ao 11º posto.

Na frente, Terol esteve intocável e garantiu a 15ª vitória da carreira com 1,7s de vantagem sobre Rabat. Espargaró levou a melhor no duelo pelo último posto do pódio, mas só depois de forte resistência de Redding; o espanhol e o inglês trocaram de posições várias vezes ao longo da segunda parte da prova, chegando mesmo a tocar-se quando o líder do campeonato fez manobra ousada na última curva. A derradeira troca de posições surgiu na penúltima volta, com Espargaró defendendo o traçado na entrada para Curva 16 enquanto o colega de equipe de Redding, Mika Kallio, assistia a tudo na quinta posição; o finlandês, entretanto, tinha já recuperado dez lugares desde a largada.

Com a vantagem de Redding no Campeonato sobre Espargaró agora reduzida a 20 pontos e com quatro corridas pela frente, o companheiro de equipe de Terol, Jordi Torres, terminou em sexto com o Campeão do Mundo de Moto3™ Sandro Cortese terminando em sétimo. Contudo, o piloto da Dynavolt Intact GP viu-se envolvido num incidente na última volta, na saída da Curva 14, que impediu Alex de Angelis (NGM Mobile Forward Racing) de terminar a prova, enquanto Dominique Aegerter (Technomag carXpert) também se viu envolvido, mas conseguiu terminar em 13º. Em 15º, Alex Mariñelarena (Blusens Avintia) marcou seus primeiros pontos em sua quinta corrida de Moto2™.

Registaram-se ainda os incidentes de Tom Lüthi (Paddock Moto2 Racing), que foi parar na área de escape da segunda curva, com Xavier Simeon tendo sua corrida interrompida após a primeira passagem pela reta oposta; felizmente o piloto da Maptaq SAG Zelos Team não foi atingido por Steven Odendaal (Argiñano & Gines Racing), que foi ao chão no mesmo local.

A Moto2™ retorna no Grande Prêmio Shell Advance da Malásia que será disputado no fim-de-semana de 11 a 13 de outubro.