Neo, Monster, alarme, frenagem, ansioso, show, etc

Neo, Monster, alarme, frenagem, ansioso, show, etc

Neo, Monster, alarme, frenagem, ansioso, show, etc

Tite, quanto a nova Yamaha Neo, ela j  ‚ vendida no M‚xico, com o motor de 115cc. As cores sÆo show!
Adair – Joinville / SC
Obrigado pela dica, no exterior ela ‚ chamada de Nuova e ao que tudo indica no Brasil ela ter  motor 135 cc para escapar de eventual restri‡Æo …s motos abaixo de 125 nas grandes cidades.

Monster
Estava eu lendo sobre a mat‚ria da Rapom V8 e me lembrei de umas motos que vi na televisÆo a um tempo atr s. SÆo as “Boss Hoss”. Por um acaso vocˆ as conhece? SÆo motos monstruosas com motor V8 de 5.7 litros de capacidade volum‚trica como as BHC-3 ZZ4 que apresentam nada mais nada menos que 355 hp aos 5200 rpm e torque de mais ou menos 40 kgf aos 3500 rpm. E o que dizer das BHC-3 502, tambem V8, mas com 8.2 litros de capacidade volum‚trica e com 502 hp tambem aos 5200 rpm e torque de 57 kgf aos 4200 rpm. D  at‚ medo… hehehe Se tiver mais informa‡äes sobre essas motos e triciclos, que eles tamb‚m produzem, seria bacana fazer uma mat‚ria sobre “monster bikes”. Grande sugestÆo para o Paulo Couto.
Gustavo – BH – MG
Boa id‚ia, mas algumas dessas Monster-bikes sÆo cafonas demais!!!

Alarme
Grande Guru. Vi na televisÆo que uma montadora (Volksvagem) vai come‡ar a colocar em todos os ve¡culos produzidos por ela no Brasil um sistema de rastremento. Tal sistema s¢ ser  ativado se o comprador assim o desejar, escolhendo uma operadora para isso, com um custo relatimente reduzido e podendo diminuir o valor do seguro pois, no caso do Golf, o ¡ndice de recupera‡Æo foi de 100%! Caramba! Se isso nÆo tamb‚m fosse feito pelas montadora de motocicletas o n£mero de furtos/roubos diminuiria. Vocˆ acha que isso poder  acontecer?
Rog‚rio Duran – SÆo paulo – SP
Eu vi e achei bem interessante, mas nas motos acredito que s¢ se justifique nas grandes, acima de 400 cc por causa do valor agregado. Al‚m disso, os ladräes de moto sÆo muito mais  geis e conseguem “cortar” uma moto tÆo rapidamente que nÆo d  tempo de localizar.

Neo, Monster, alarme, frenagem, ansioso, show, etcFrenagem
Tite, qual ‚ a melhor maneira de parar a moto quando a parada est  programada (por exemplo, quando vemos que o sinal l  na frente est  vermelho)? Seria melhor 1) apenas tirar o p‚ do acelerador e descer as marchas? ou 2) tirar o p‚ do acelerador e freiar segurando a embreagem? ‚ verdade que a primeira alternativa gasta o sistema de engrenagens e aumenta o consumo de gasolina?
Lucas – rio de janeiro, rj
Vocˆ acelera sua moto com o PÔ? O certo, na frenagem PROGRAMADA, ‚ reduzir a acelera‡Æo, reduzir as marchas e NÇO manter a embreagem acionada. NÆo dˆ ouvidos nem fique lendo as bobagens que aparecem nas comunidades do Orkut, s¢ tem palermice espalhada por essas comunidades!

Ansioso
Grande Tite, nos revele os segredos que s¢ vocˆ sabe: esse papo de Fazer Sport e Lander SM (minhas mÆos suam de ansiedade), sÆo fato ou cogita‡äes?
Pablo – Vila Velha – E.S
Pablito, tome um Lexotan e relaxe, porque elas chegam s¢ em outubro!

Show
Show de bola o que a yamaha esta preparando. ate que enfim!os lisarbianos agradecem desde ja.passou da hora da yamaha mostrar seu potencial no lisarb.porque a honda a dona da bola so me decepcionou com uma tal de 150 que de motor nao tem qualidade nenhuma.uma fan de r$5.500 uma tal de popssss que so serve para ir ate a padaria comprar um paozinho ha r$4.400.
Max – serra es

Reciclagem
Tite, nesses tempos de grande preocupa‡Æo ecol¢gica me surgiu uma d£vida lendo seus artigos sobre manuten‡Æo e conserva‡Æo das motocas. Temos ouvido falar muito ultimanente sobre o problema ambiental causado pelos pneus velhos, mas estes nÆo sÆo os £nicos componentes periodicamente substitu¡dos em uma motocicleta. Qual ‚ (ou qual deveria ser) o destino das pe‡as e componentes inutilizados de uma moto?
Wagner – Santa Maria, DF
A maioria dos componentes ‚ recicl vel, diria que quase 100%, porque os materiais sÆo pl stico, alum¡nio, a‡o e borracha! Eu sou um reciclador atuante porque nÆo jogo nenhuma pe‡a fora, sempre h  uma forma de reaproveitar em outra fun‡Æo ou destinada … reciclagem.

Financiamento
Tite e Paulo, recomendo colocarem uma observa‡Æo que esta ocorrendo com os financiamentos. O Banco Central aprovou uma instru‡Æo normativa possibilitando que eles cobrem uma taxa por antecipa‡Æo de pagamento, ou seja, se vc quiser pagar uma parcela do seu financiamento adiatado eles cobram uma taxa, por ex.: 6% do valor da presta‡Æo, se tiver uma presta‡Æo de R$ 100,00 d  R$ 6,00. Ou seja, se vc pagar antecipado mas o desconto da menos de R$ 6,00 vc paga o valor da parcela integral, independente se esta antecipando o pagamento em 1 ano. Outra questÆo ‚ a taxa de emissÆo do carnˆ, isto perante ao Procon nÆo pode, ‚ abusivo, tem financiadoras que cobram R$ 4,00 o que num financimento de 48 meses da R$ 192,00, assim para um bem de R$ 5000 como uma moto da o valor de at‚ duas presta‡äes. Isto nÆo ‚ uma abuso por parte dessas empresas. o pior que nÆo se tem escapat¢ria quando nÆo se tem o valor total do bem desejado.  s¢ algumas observa‡äes para complementar o que o Paulo informou.
Fernando – Cascavel – PR

Ano/modelo
Xar , Estava eu pensando aqui com meus botäes, e pergunto … vocˆ: O que as montadoras fazem com a sobra do estoque do ano anterior, vendem como 2006 ou mudam o chassi para 2007? Ex. Uma moto fabricada em dez/2006, mas que acaba ficando no p tio, o que acontece com este modelo, ela ‚ vendida como 2006, pois o chassi grava tamb‚m o ano de fabrica‡Æo, ou como 2007? Isto acontece tamb‚m com os carros? Espero ter sido claro com minha d£vida.
Geraldo J£nior – SP-SP
Quem responde ‚ Ryo Harada: “Aqui entra o famoso modelo fabrica‡Æo/ano modelo. Mas nÆo ‚ dif¡cil iniciar a produ‡Æo em novembro com numera‡Æo de janeiro ano novo, modelo novo.  perfeitamente poss¡vel pela programa‡Æo existente de compra e controle de estoque das revendas. As lojas de certas marcas, sÆo obrigadas a informar estoque dispon¡vel. O que nÆo tem controle e problemas com fornecedores (acidente, incˆndio etc). Neste caso surgem as famosos modelos “exclusivos especiais”.

Raios
Parab‚ns por seu artigo, o perigo que vem dos c‚us. Infelizmente, o cerol nÆo ‚ a £nica praga que mata motociclistas, raios sÆo tamb‚m freqentes. O motociclista pensa que est  isolado pelos seus pneus, o que ‚ falso. O carro tamb‚m nÆo est , por‚m ele ‚ uma “gaiola de Faraday”, ou seja, se um raio cair no seu carro, ou em um aviÆo ou navio, mesmo que vocˆ esteja em contato com suas partes met licas (desde que vocˆ esteja em seu interior), a energia vai dispersar-se para o solo sem afet -lo. Em uma moto (ou bicicleta, ou pedestre), a energia vai dispersar-se atrav‚s do motociclista. Isso pode ser um artigo interessante a ser desenvolvido, pois muitos pensam que pneus, solados de borracha e at‚ sand lias havaianas isolam contra raios, que atravessam 15 km de diel‚trico isolante (que ‚ o ar) sem problemas. Al‚m do mais, contrariamente ao que se pensa, o raio nÆo cai ele flui de baixo para cima em um primeiro momento, para depois fazer diversas idas e voltas pelo mesmo caminho.
Chris (Ferro), Vice-Presidente
Bar da Cobra Motoclube