Ordóñez vence o Latino Americano de Trial em MG

Ordóñez vence o Latino Americano de Trial em MG

Ordóñez vence o Latino Americano de Trial em MG

A belíssima cidade histórica mineira de Catas Altas recebeu de braços abertos o Campeonato Latino Americano de Trial 2010 neste fim de semana.

Os maiores pilotos da América Latina marcaram presença nas pedras aos pés do Caraça. O guatemalteco Diego Ordóñez manteve a supremacia e novamente conquistou o título de campeão Latino Americano.

Foram duas voltas no sábado e três no domingos, disputadas num circuito de cerca de 5 quilômetros, nos quais os pilotos “enfrentavam” seções de um nível nunca visto no Brasil. O preparo dos pilotos e as motos especificamente preparadas para a pratica do esporte transpunham obstáculos dificílimos.

Com excelente presença de público e da imprensa, foram seis seções no “Poço do Bueiro” e mais cinco seções ao outro lado do Rio as margens de um pequeno córrego afluente do Rio Maquine. As dificuldades encontradas pela organização com um evento do porte e custo de um Latino Americano foram vencidas pela bela competição que tivemos nas seções.

A visão do belo Pico de Catas Altas na Serra do Caraça inspirava as manobras dos pilotos nas cerca de quatro horas de prova por dia. Do outro lado a Igreja Matriz que deu a proteção aos pilotos, sendo que não foi registrado sequer um incidente na prova com os pilotos, apesar do altíssimo nível dos obstáculos.

O favorito Diego Ordóñez, da Guatemala, fez uma prova perfeita vencendo na classe A nos dois dias. O detalhe é que foram sete pontos perdidos no sábado, e estes foram no primeiro minuto de prova na primeira seção onde o campeão “cincou” como se diz nos jargão do Trial para a perda de cinco pontos numa seção, o máximo que se perde por faltas e erros.

Ele foi penalizado em onze pontos no domingo. O venezuelano Luiz Aulestia foi o segundo nos dois dias com vinte e um pontos no primeiro dia e trinta e seis no segundo. O piloto paulista filiado em Minas Gerais Walter Fernandes (Padeiro) foi o melhor brasileiro e ficou com a terceira colocação nos dois dias com quarenta e seis pontos perdidos no sábado e cinquenta e oito no domingo.
Diego Ordóñez gostou dos dois dias de disputa, apesar da maior dificuldade do domingo. “Estou satisfeito. Valeu a pena a longa viagem. A pista estava difícil, o primeiro dia (sábado), tão bom, ontem foi mais difícil porque o terreno estava muito solto”. As seções número dois e sete foram as mais difíceis e onde os pilotos perderam mais pontos.

Na classe para pilotos com menos experiência, a B, o venezuelano Andres Sandrock encontrou um grande oponente no brasileiro Rafael Forte, mas com o segundo lugar no primeiro dia e o primeiro no segundo, ficou em primeiro. Rafael Forte ficou apenas em terceiro no segundo dia e ficou em segundo. O terceiro foi o jovem chileno Jordi Munoz.
A se destacar a receptividade da cidade, de suas autoridades e população. A crescente indústria do turismo de Catas Altas tem muito a ganhar, quinta cidade em qualidade de vida no estado segundo dados da Fundação João Pinheiro, uma enorme beleza natural, localização estratégica no Circuito do Ouro e um enorme potencial a desenvolver. A sessenta quilômetros de Ouro Preto e a cento e vinte quilômetros de Belo Horizonte.
A expectativa agora fica para o aguardado Mundial que deve ser confirmado até dezembro para acontecer no próximo ano.

Resultado final: Classe A
1º Diego Ordeñez GUA 40 pontos
2º Luiz Manuel Aulestia VEN 34 pontos
3º Walter Fernandes (Padeiro) BRA 30 pontos
4º Thiago Vermelho BRA 24 pontos
5º Luis Palmieri GUA 23 pontos

Classe B
1º Andres Sandrock VEN 37 pontos
2º Rafael Forte BRA 35 pontos
3º Jordi Muñoz CHI 28 pontos
4º Christiano Tirado BRA 23 pontos
5º Sergio Almeida BRA 17 pontos

A GAS GAS MOTOS é a marca líder mundial no Trial e colocou centenas de motos no território nacional. A marca conquistou todos os títulos nacionais da modalidade, por ser a única empresa que sempre investiu neste esporte no Brasil. Caso tenha interesse na modalidade, entre em contato com: moto@gasgas.com.br

Walter Fernandes e Thiago Vermelho são pilotos da equipe GAS GAS Racing Team e êm uma equipe de Trial que faz apresentações por todo o Brasil, para conhecer mais sobre a equipe acesse: www.trialshow.com.br