Modelo definitivo terá muitos detalhes modificados

Yamaha Ténéré 700 percorre o mundo antes do lançamento

Nem é preciso insistir muito para descobrir que o nome Yamaha Ténéré é quase sinônimo de aventura. O compromisso da Yamaha com o segmento de aventura é tão extenso quanto impressionante. A primeira moto a vencer o primeiro Rali Paris-Dakar foi a Yamaha XT 500. Isso foi lá em 1979 e ela não só foi a primeira moto, mas foi também o primeiro veículo a ser vencedor absoluto da prova. Naquela época não havia classes separadas para automóveis e motos e a valente XT 500 do francês Cyril Neveu teve outra Yamaha XT 500 em segundo e uma terceira moto – Honda – para só então aparecer o primeiro carro.

Antes de ganhar as ruas, uma "pequena" aventura pelo mundo

Antes de ganhar as ruas, uma “pequena” aventura pelo mundo

Após outra vitória no ano seguinte, a Yamaha passou a encontrar forte concorrência de outros fabricantes que viram o potencial do rali, o que levou a engenharia da fábrica de volta para as pranchetas de projeto para chegar à XT 600 Ténéré. A partir daí, o nome Ténéré tornou-se sinônimo de aventura e o mais recente capítulo desta saga teve início em novembro de 2016, quando a Yamaha revelou o conceito T7 e a chama da Ténéré reacendeu-se. A ideia era relembrar que a Yamaha não perdeu sua paixão aventureira e o desejo por ditar tendências. Um ano depois, no EICMA, a Ténéré 700 surgiu e agora um protótipo da moto roda o mundo para desenvolver a especificação final do modelo de produção. É o Yamaha Ténéré 700 World Raid.

Yamaha reforça a vocação aventureira da nova Ténéré 700

Yamaha reforça a vocação aventureira da nova Ténéré 700

O protótipo da Ténéré 700 World Raid foi concebido para aventura, “a moto ideal para correr atrás dos seus sonhos” como chama o comunicado da empresa divulgado na Europa. A moto mantém o caráter robusto para o rali apresentado no conceito T7, mas sofreu ajustes importantes. O chassi da Ténéré 700 World Raid é leve e compacto, procurando mostrar que uma bigtrail de aventura não precisa ser grande e pesada. O motor de dois cilindros de 689 cc é o mesmo da MT07 e traz ampla gama para utilização de sua força e potência. Junte um cockpit com espaço para equipamento de navegação, um conjunto de 4 faróis inspirados no Rali Dakar e mais alguns detalhes típicos de motos aventureiras e o resultado é uma moto preparada para tudo, independente da condição e do terreno.

Austrália, Argentina, e vários países da Europa estão no roteiro da nova Yamaha Ténéré 700

Austrália, Argentina, e vários países da Europa estão no roteiro da nova Yamaha Ténéré 700

O Ténéré 700 “World Raid” é um evento que quer pôr à prova a moto de aventura mais avançada da Yamaha em todos os terrenos imagináveis, sob todas as condições concebíveis e em grandes distâncias. Não se trata apenas de sair e mostrar ao mundo o que é a moto, mas também de mostrar que esta é uma moto que admite todos os sonhos de um aventureiro. A Ténéré 700 World Raid será pilotada por “embaixadores” da marca, que são alguns dos nomes mais importantes das competições off-road, pioneiros, inovadores e visionários. Confira todas as etapas que o Ténéré 700 World Raid vai percorrer.

Caráter todo-terreno da moto deve ficar evidente no lançamento, previsto para o segundo semestre de 2018

Caráter todo-terreno da moto deve ficar evidente no lançamento, previsto para o segundo semestre de 2018

Yamaha Ténéré 700 World Raid

  1. A Austrália foi o local escolhido para o Ténéré 700 “World Raid” começar e o primeiro embaixador foi o piloto da equipe de rali oficial da Yamaha, Rodney Faggotter, que tem grande conhecimento do país continente. Rodney liderou um grupo que percorreu grandes distâncias com várias Yamaha Ténéré.
  2. A segunda fase do tour ocorre no deserto marroquino, no norte da África, e será liderado pelo 13 vezes campeão do Rali Dakar, Stephane Peterhansel. Ele vai liderar o grupo pelo deserto e chegar até Merzouga, um local lendário e fez parte do histórico Rali Paris-Dakar. Lembremos que Peterhansel obteve seis de suas vitórias no Dakar com moto Yamaha Ténéré.

    Modelo definitivo terá muitos detalhes modificados

    Modelo definitivo terá muitos detalhes modificados

  3. A terceira etapa será na Argentina com a liderança de Adrien van Beveren. O piloto Yamaha acostumado aos ralis sempre com sua Yamaha YZ 450F, é uma grande promessa para as competições off-road e vai levar a Ténéré 700 World Raid aos seus limites no terreno onde esteve tão perto da vitória no início do ano, no Rali Dakar de 2018.
  4. A partir da quarta etapa o World Raid volta para a Europa e o explorador Nick Sanders vai trazer para esta experiência o seu estilo de vida aventureiro. Na sua carreira, alcançou vários feitos sobre humanos e dedicou-se a atingir o inatingível em todas as oportunidades. Vamos ver do que Sanders será capaz com a Yamaha Ténéré 700.

    Um novo horizonte para a família Ténéré

    Um novo horizonte para a família Ténéré

  5. Na quinta etapa o piloto francês David Frétigné junta-se ao tour para ensinar quem tiver vontade de aprender o estilo de vida Ténéré. David Frétigné teve uma carreira longa e bem sucedida como piloto de enduro venceu por várias vezes o campeonato francês de enduro com uma Yamaha WR 450F.
  6. Herbert Schwarz, fundador do Touratech, tem a aventura no sangue e dedicou a sua vida a ajudar outros exploradores resolutos a realizar os seus sonhos. Schwarz desenvolve equipamento de aventura há quase 30 anos e representa o espírito Ténéré na totalidade e vai juntar-se ao Ténéré 700 World Raid de 2018 na sexta fase.
  7. Na Espanha não poderia ser outro piloto que não Cristóbal Guerrero, campeão de enduro espanhol por 4 vezes consecutivas sempre com motos Yamaha trará sua sólida experiência no off-road para o Ténéré 700 World Raid de 2018.
  8. Alessandro Botturi participa na etapa italiana e traz toda sua respeitabilidade em competições avalizadas pelos seus 9 títulos do campeonato italiano de enduro. Botturi venceu o rali de Merzouga de 2015 e três entradas no Rali Dakar na sua Yamaha WR 450F. A etapa italiana marcará o final da aventura e Botturi e a equipe do Ténéré 700 World Raid de 2018 vão percorrer uma verdadeira odisseia pelas montanhas Hard Alpi, com saltos pelas trilhas mais espantosas dos Alpes, tanto na estrada como em todo-o-terreno, bem acima das nuvens e entre os picos cobertos de neve.

Para acompanhar o Ténéré 700 World Raid de 2018 clique aqui.

Fonte: Yamaha Europe

separador_tenere700



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.