Largada Força Livre Nacional

4ª Etapa Copa Contestado Mobil – Indaial SC

Largada Força Livre Nacional

Largada Força Livre Nacional

A Copa Contestado Mobil de Velocross 2011, foi a cidade de Indaial SC, para a quarta etapa da temporada. A Copa que reúne os melhores pilotos dos estados do Paraná e Santa Catarina mostrou muito equilíbrio, numa prova onde não faltou emoção. A equipe do motoclube Takalama trabalhou intensamente, para fazer uma grande prova e num bonito final de semana de sol, os pilotos deram um show para o público, que lotou o motódromo.

Nas Especiais, Leandro Lemos foi o grande destaque, vencendo na VX2 e VX1. Na Vx1, Lui Fietz saiu na frente com Leandro logo atrás. Após algumas voltas de disputa, Lele conseguiu a ultrapassagem e acelerou até a vitória. Lui acompanhou o líder no inicio, mas foi perdendo contato no decorrer da bateria. Braz do Santos foi o terceiro na bateria, tendo que suporta a pressão imposta por Maicon Reineck.

Na VX2, Leandro Lemos assumiu a ponta já na segunda volta e acelerou forte até confirmar a vitória. Admilton Farias teve que superar Eder de Lima, para garantir a segunda colocação.

Na Vx3 Especial, a disputa foi entre Avacir Chaves o Nenê e Braz dos Santos. Avacir saiu na frente, seguido de perto por Braz. Na metade da prova, Braz conseguiu a ultrapassagem e confirmou a vitória. Correndo em casa, Geovane da Veiga completou com a terceira colocação.

Na Força Livre Nacional, Leandro Lemos saiu na frente na largada e logo distanciou, vencendo de ponta a ponta. Guilherme Pereira ficou com a segunda colocação, com Thomas Fischer e José Augusto Reinert disputando a terceira colocação. Guto foi o terceiro, João Batista o quarto e Tomas completou o pódio.

Na Nacional 230. Wandrey Niels o Baco, assumiu a ponta no inicio, e acelerou até receber a bandeirada em primeiro. Logo atrás, Eduardo Leodet e Marcos Machado fizeram uma intensa disputa pela segunda colocação. Marcos pressionou Eduardo a prova toda, mas Eduardo conseguiu segurar e garantiu a segunda colocação. Maicon Weidgenant suportou a pressão de Volnei da Fonseca para garantir a quarta colocação.

Na Nacional300, Wandrey voltou a pista e garantiu mais uma vitória, vencendo de ponta a ponta. João Batistinha não começou bem, mas logo se recuperou e terminou na segunda colocação, vencendo a disputa com Guilherme Pereira, que terminou na terceira colocação. Maicon Weidgenant e Thomas Fischer completaram o pódio.

Na Street 150, a disputa foi acirrada do inicio ao fim. Eduardo Branco liderou a maior parte da prova, sempre seguido por Ralf Schaefer. Ralf conseguiu a ultrapassagem na parte final, e garantiu a vitória. Gean da Silva venceu a disputa com Raulino Torres Neto e garantiu a terceira colocação.

Na VX3 Nacional, a disputa também foi intensa, com troca de líderes na parte final da bateria. Fabiano Waltrich acabou ficando com a vitória, com Ademir Khunen e João Silvério Francener completando os três primeiros.

Nas categorias de acesso, Vinícius Rosa venceu a Nacional230 Estreantes com boa vantagem para o segundo colocado. Luciano Miranda foi o segundo e Leonardo Anzolin completou os três primeiros. Na Trilheiros Leandro Quilante venceu a disputa com Douglas Galkoski, ficando com a vitória. Éderson Balatka completou com a terceira colocação.   Na intermediaria, vitória de João Batistinha, com Jéferson keil e Matheus Bankhardt completando os três primeiros. Na Estreantes Especial, vitória de Admilton Farias com Osmair Cipriane na segunda colocação. Eduardo Leodet teve que superar a pressão imposta por Roger Joenck para garantir a terceira colocação.

Nas categorias de base, Lucas Gadoti e João Victor da Veiga fizeram uma intensa disputa pela vitória na 85cc. João Vitor pressionou quase a prova toda, mas Lucas conseguiu segurar a ponta e garantiu a vitória. A garota Amabilly Cardoso completou com a terceira colocação.

Na 65cc, Daniel Melchert o boquinha, fez uma grande prova, e venceu sem ser ameaçado. Diego Heining garantiu a segunda colocação, tendo que suportar a pressão imposta por Vinícius Lamonato.

Na 55cc, Rian fischer garantiu mais uma vitória. A disputa pela segunda colocação foi acirrada entre Carlos Gervasi e Taylini Boetcher, com Carlos chegando com meia moto a frente de Tayline.

A próxima etapa da competição, acontece nos dias 20 e 21 de maio, na cidade de Mafra, na pista construída junto ao autódromo municipal.

A Copa Contestado Móbil de Velocross 2011, conta com aval e supervisão da Federação Catarinense de Motociclismo, com patrocínio de Móbil Super Moto, AVtec Equipamentos e Nenê Motos.


TAG