713

A motocicleta é como o Natal

Há quem diga que a motocicleta é um veículo individualista, uma máquina que nasceu para uso de uma única pessoa, um veículo que supera seu pequeno tamanho pela velocidade com que transpõe o trânsito caótico das metrópoles, levando à loucura quem está preso nos automóveis. Muitos enxergam a motocicleta como algo à parte da sociedade, algo desprovido de união, enfim, um veículo egoísta.

Realmente a primeira análise da motocicleta leva a essa visão simplista. Afinal, só mergulhando no mundo da motocicleta é que poderemos alcançar o significado do seu verdadeiro espírito. Traduzir em palavras toda subjetividade que cerca o mundo da motocicleta pede que se trace um paralelo. Aproveitando a época, o paralelo será entre o espírito da motocicleta e o espírito do Natal.  O Natal também tem sua perda de virtudes aos olhos de muitos. É visto como uma festa comercial, na qual imperam as compras, os presentes, as comidas e bebidas. As pessoas deixam em segundo plano seu mais nobre valor, o espírito de Natal, algo que guarda os reais valores, valores que realmente fazem um Natal feliz.

O espírito de Natal e o da motocicleta têm como virtudes comuns a preocupação com o próximo, a irmandade e a união. O simples fato de estarmos juntos, cultivando amizades, faz da vida social o exercício do ser humano.

Cada vez mais a motocicleta tem unido pessoas e feito nascer famílias que, mesmo sem laços de sangue, se fortalecem nos laços de amizade. Grupos grandes de motociclistas vêm formando verdadeiros fenômenos sociais, festas, encontros, shows, campeonatos, sempre movidos pelo sentimento de estar juntos, confraternizando com irmão de duas rodas.

Esse dito paralelo se aproxima ainda mais com o final do ano. Os espíritos do Natal e da motocicleta movem inúmeros motociclistas a se unirem para ajudar o próximo. Doações de alimentos, remédios e até mesmo ajuda financeira fazem melhor o Natal de muitas instituições de caridade. Mas não é só isso, o mais importante é o evento de entrega, as festas de Natal que acontecem nas instituições. Motociclistas vestidos de Papai Noel, com inúmeros companheiros, trazem felicidade, não apenas pelos presentes entregues, mas pela presença física e carinho transmitido com o convívio social.

Amigos, procurem estar próximos das pessoas queridas. A motocicleta faz isso e o Natal também. Aproveite da melhor forma estes momentos, o melhor presente que podemos dar é a nossa companhia. Esse é o verdadeiro espírito da fellicidade.

Pegue sua motocicleta, chame seus amigos, pense em algo bom para fazer por alguém e tenho o Natal mais feliz da sua vida. FELIZ NATAL!