Foto: MX1 contará com duas baterias

Apucarana(PR) recebe no sábado a maior estrutura do motociclismo nacional

Foto: MX1 contará com duas baterias

Foto: MX1 contará com duas baterias

Os amantes da velocidade e da emoção têm um programa garantido neste sábado, dia 20. Apucarana (PR) recebe pela primeira vez uma etapa do Arena Cross, o maior campeonato do motociclismo nacional. Cerca de 500 pessoas, entre pilotos, equipes e organização desembarcam na cidade. Junto, uma grande estrutura para garantir a segurança e conforto de competidores e público.

Foram disponibilizados 8 mil ingressos, que devem ser trocados por 2 kg de arroz na Usso Motors (concessionária Honda – Apucarana) e Paraná Motos (concessionária Yamaha – Apucarana) ou na Kallas Motos (concessionário Honda em Arapongas). Os alimentos serão distribuídos a entidades assistenciais do município.

Depois de concluírem a montagem das arquibancadas, os organizadores trabalham na montagem da pista e da cenografia, localizada na Br 369, km 197. A pista do Arena Cross varia de etapa para etapa, buscando atender todos os gostos de pilotagem. Os obstáculos podem ser duplos, triplos, além do “top table” de chegada e da tradicional sessão de costelas.

O Arena Cross é o Campeonato Brasileiro na categoria homologado pela CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) e reúne os melhores pilotos do País. As provas serão disputadas em cinco categorias: 50cc, para pilotos com idade entre 5 e 9 anos; 65cc, para competidores de 8 a 13 anos; 85cc, destinada a jovens com idade entre 12 e 15 anos; MX2, para motos de 125cc a 250cc (4 tempos) e; MX1, onde competem as grandes feras e as grandes máquinas, motos de 250cc a 450cc.

No dia da prova, a partir das 13 horas, serão realizados os treinos livres e logo em seguida a classificação para a formação do gate de largada. Os treinos livres têm 15 minutos de duração para cada categoria e os classificatórios duram 10 minutos com todos os pilotos participando de uma só vez. O piloto que estabelecer o melhor tempo ganha um ponto extra na classificação da corrida. Já as provas têm 10 minutos de duração mais uma volta em uma única bateria para as categorias 50cc, 65cc e 85cc. Nas categorias MX1 e MX2 as provas têm 15 minutos de duração mais uma volta em bateria única.

Uma das novidades da etapa de Apucarana será o retorno do goiano Wellington Garcia na categoria MX1, que retorna as pistas depois de mais de dois meses de ausência. O piloto estava se recuperando de uma fratura e ainda tem chances de brigar pelo título. Quando se machucou, Wellington era o líder o campeonato. Agora, volta na segunda posição, 12 pontos atrás do líder, o paranaense Leandro Silva.

O patrocínio é da Honda, Gol, Co-patrocinio Yamaha, Peels Capacetes, Metzeler e Consorcio Nacional Honda